• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2009.tde-03122009-124057
Documento
Autor
Nome completo
Hildenêr Nogueira de Lima e Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Durigon, Edison Luiz (Presidente)
Arruda Neto, Eurico de
Casseb, Jorge Simão do Rosário
Mehnert, Dolores Ursula
Passos, Saulo Duarte
Título em português
Variabilidade genética da proteína SH (Small hydrophobic protein) do vírus sincicial respiratório humano isolado de crianças na cidade de São Paulo.
Palavras-chave em português
Crianças
Filogenia
Microbiologia
Proteína SH
Proteínas G
Respiração
Variação genética
Virologia médica
Vírus sincicial respiratório
Resumo em português
O vírus sincicial respiratório humano (VSRH) é o agente viral mais freqüentemente relacionado a doenças do trato respiratório inferior em crianças abaixo de um ano de idade. Analíse da varibilidade antigênica e gênica mostraram que o VSRH pode ser divido em dois grupos: A e B. O vírus é um membro do gênero Pneumovirus pertencente a família Paramyxoviridea, e possui três principais proteínas que são: glicoproteina F (fusão), glicoproteina G (adesão), glicoproteina SH (pequena proteína hidrofóbica). A proteína F é responsável pela fusão da célula ao vírus, enquanto a proteína G tem papel fundamental na replicação do vírus, porém a função da proteína SH, ainda não está bem definida, estudos recentes mostram-na como responsável por inibir a sinalização do fator de necrose tumoral alfa (TNF-a). Neste estudo foram colhidas amostras de 965 crianças, entre os anos de 2004 e 2005, dentre as quais 424 foram positivas. 117 amostras foram seqüenciadas a proteína SH e G e comparadas com amostras que circularam mundialmente. A analíse filogenética mostrou uma baixa variabilidade entre os genótipos estudados tanto do grupo A quanto do B.
Título em inglês
Genetic variability of protein SH of human respiratory syncytial virus (HRSV) of samples collected the children in São Paulo City.
Palavras-chave em inglês
Breath
Children
Genetic variation
Medical Virology
Microbiology
Phylogeny
Protein G
Protein SH
Respiratory syncytial virus
Resumo em inglês
The human respiratory syncytial virus (HRSV) is the major cause of lawer respiratory tract infections in infantis, young children and elderly. Analysis of the antigenic and genetic variability has shown that there are two groups of the virus HRSV, A and B. The virus (HRSV) is a member of the genus pneumovirus in the paramyxoviridae family. The virus encodes three membrane-bound glicoproteins, namely the fusion (F) attachment (G) and small hydrophobic (SH) proteins. The F mediates fusion of the virus and cell membranes and the G proteins is involved in virus attachment. The biological properties of the F and G glicoproteins and role that they play during virus replication relatively well understood, however the functional significance of the SH protein during replication remains unclear, although recent study shown that it can inhibit TNF-alpha. In this study, HRSV strains were isolated from nasopharyngeal aspirates collected from 965 children between 2004 and 2005, yielding 424 positive samples. We sequenced the small hydrophobic protein (SH) gene and protein (G) of 117 samples and compared them with other viruses identified worldwide. The phylogenetic analysis showed a low genetic variably among the isolates but allowed us to classify the viruses into different genotypes for the A and B HRSV strains.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.