• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Milena Fernandes de Freitas
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Chacur, Marucia (Presidente)
Frazão, Renata
Giorgi, Renata
Pagano, Rosana de Lima
Sousa, Ângela Maria
Título em português
Avaliação do envolvimento de células microgliais e citocinas em modelo de dor musculoesquelética.
Palavras-chave em português
Alodinia
Células gliais
Dor muscular
Fractalquina
Hiperalgesia
Inflamação
Interleucinas
Miosite
Resumo em português
Nos últimos anos, os estudos de nosso grupo foram focados na área de dor, avaliando diferentes modelos experimentais de dor aguda, neuropática e muscular. A busca por mecanismos moduladores destes tipos de dores são alvo de grande estudo, uma vez que o fenômeno da dor é peculiar e torna-se de difícil tratamento em muitos casos. Distúrbios (VER) musculoesqueléticos são as principais causas de incapacidade nas pessoas durante seus anos de trabalho. Diversos estudos tem sido realizados lesionando o músculo gastrocnêmio como modelo experimental em diferentes animais para melhor entendimento deste tipo de dor. O nosso objetivo foi observar possíveis alterações histológicas no tecido muscular, avaliar a alteração na sensibilidade nociceptiva e a atividade locomotora dos animais após a indução de dor muscular crônica, bem como observar o envolvimento das células gliais na medula espinal destes animais. Em adição, avaliamos a participação de determinadas citocinas com o intuito de obter um perfil inflamatório em nosso modelo experimental. Nossos resultados demonstraram um quadro de inflamação instalada no tecido muscular de animais com miosite crônica através das analises histológicas realizadas. Os testes comportamentais tanto para hiperalgesia mecânica como térmica e alodinia confirmaram a instalação do quadro álgico uma vez que os animais com miosite apresentaram uma queda em seus limiares nociceptivos em relação aos grupos controle. A atividade locomotora dos animais também se demonstrou comprometida após a indução de miosite. Em relação à participação das células gliais neste modelo, demonstramos que houve um aumento na expressão de GFAP e OX-42, correspondentes à marcação astrócitos e células da microglia na porção lombar da medula espinal dos animais com miosite, quando comparados ao grupo controle. Quanto à participação dos mediadores sistêmicos, observamos um aumento nos níveis de IL-1β e fractalquina (FKN) no sangue dos animais, enquanto o nível de IL-10 permaneceu baixo em relação ao grupo controle. Com nossos achados esperamos colaborar com o aprimoramento de estratégias terapêuticas para tratamento de dores musculares.
Título em inglês
Evaluation of microglia cells and cytokines involvement in a musculoskeletal pain model.
Palavras-chave em inglês
Alodinia
Fractalkine
Glial cells
Hyperalgesia
Inflammation
Interleukins
Muscle pain
Myositis
Resumo em inglês
In the last years, the studies of our group were focused on the area of pain, evaluating different experimental models of acute, neuropathic and muscular pain. The search for mechanisms modulating types of pain are the subject of great study, since the phenomenon of pain is peculiar and becomes difficult in many cases. Musculoskeletal (VER) disorders are the leading causes of disability in people during their working years. Several studies have been carried out with the model of experimental model in different animals to better understand this type of pain. Our objective was to observe the non-muscular histological changes, to evaluate the nociceptive sensitivity and a locomotor activity of the animals after an induction of chronic muscular pain, as well as to observe the involvement of the glial cells in the spinal cord of the animals. In addition, we evaluated the participation of certain cytokines in order to obtain an inflammatory profile in our experimental model. Our results demonstrated a picture of inflammation installed without muscle tissue of animals with chronic myositis through histological analysis. Behavioral tests for both mechanical and thermal hyperalgesia and allodynia confirmed the onset of pain since animals with myositis showed a decrease in their nociceptive thresholds in relation to the control groups. The locomotor activity of the animals was also shown to be impaired after an induction of myositis. Regarding the participation of glial cells in this model, we demonstrated that there was an increase in the expression of GFAP and OX-42, corresponding to marking astrocytes and microglia cells in the portion of the spinal cord of animals with myositis, when compared to the control group. Regarding the participation of systemic mediators, we observed an increase in the levels of IL-1β and fractalkin (FKN) in the blood of the animals, while the level of IL-10 remained low in relation to the control group. With the findings we hope to collaborate with the improvement of therapeutic strategies for the treatment of muscular pain.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-02-23
Data de Publicação
2018-02-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.