• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2006.tde-23082007-152334
Documento
Autor
Nome completo
André Frazão Helene
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Xavier, Gilberto Fernando (Presidente)
Ades, Cesar
Bueno, Orlando Francisco Amodeu
Ranvaud, Ronald Dennis Paul Kenneth Clive
Sameshima, Koichi
Título em português
Aquisição e uso de memória implícita
Palavras-chave em português
Aprendizado
História da neurociências
Memória
Memória implícita
Simulação mental
Resumo em português
A idéia de que memória possa ser segregada em diferentes sistemas e processos possui uma longa história. O desenvolvimento desta concepção esteve associada a casos clínicos envolvendo pacientes amnésicos, estimulando a noção da existência de funções cognitivas específicas relacionadas ao funcionamento de regiões específicas do sistema nervoso. Considerando o contexto histórico no qual se inserem os modelos de memória de longa duração explícita e implícita, a proposta do presente trabalho foi avaliar (1) a extensão da aquisição de conhecimento implícito percepto-motor por meio da imaginação vista aqui como um mecanismo de manipulação de informações na memória operacional, por controle da atenção, e (2) se conhecimento implícito adquirido num dado contexto de treino pode ser utilizado em novos contextos, contrariando conceitos estabelecidos na área, de que esse tipo de conhecimento está firmemente associado ao contexto em que se deu a aquisição. O Experimento 1 mostrou inequivocamente que há aquisição de habilidades motoras por meio de treino imaginativo e, adicionalmente, que essa aquisição segue um curso temporal idêntico àquele observado na aquisição por treino real, sugerindo que ambos os tipos de aquisição exibem propriedades similares, podendo ser equivalentes. O Experimento 2 mostrou que a aquisição de conhecimento implícito envolvendo leitura de texto cujos caracteres foram submetidos a variados tipos de rotação favorece o desempenho na leitura de texto com rotação completamente nova, indicando que o conhecimento implícito adquirido previamente foi flexivelmente empregado no desempenho da nova tarefa. No conjunto, esses resultados mostram que a manipulação de conteúdos na memória operacional permite adquirir conhecimento implícito “de-cima-para-baixo” e que a utilização desse tipo de conhecimento não está restrita ao contexto de sua aquisição, podendo ser empregado flexivelmente em novas situações. Esses resultados indicam para a necessidade de revisão dos conceitos vigentes sobre a interação entre sistemas de memória e sobre as propriedades do sistema de memória implícita
Título em inglês
Implicit memory: acquisition and use
Palavras-chave em inglês
Implicit memory
Learning
Memory
Mental simulation
Neuroscience history
Resumo em inglês
The notion that memory may be dissociated in distinct systems is antique. The development of this assumption seems to be associated with studies involving amnesic patients, which contributed for the notion that specific cognitive functions are underlied for specific brain regions. Taking into account the historic context in which the models for explicit and implicit long-term memory developed, the aims of this study was to evaluate (1) to which extent there is acquisition of perceptual-motor implicit knowledge by way of imagery - seen here as a manner of handling information in working memory by control of attention, and (2) to which extent implicit knowledge acquired in a specific context may be used to solve problems in novel contexts, confronting established assumptions that this type of knowledge is strongly associated to the context of its acquisition. The Experiment 1 showed that there is acquisition of perceptual-motor implicit knowledge by way of imagination; the time-course for this acquisition is similar to that seen when acquisition occurs by actual task performance, suggesting that similar properties underlie both types of acquisition. The Experiment 2 showed that prior implicit knowledge acquisition related to reading rotated texts favors performance for reading texts with completely novel types of rotations, indicating the occurrence of transfer of training and, more importantly, that implicit knowledge was flexibly used for performance of a novel task. Taken together, these results show that handling information in working memory promotes “top-down” acquisition of perceptualmotor implicit knowledge and that this type of knowledge is not strictly associated to the specific context of its acquisition, being used for novel tasks. These results indicate the need for a review of the current assumptions about the interaction of memory systems and about the admitted properties of the implicit memory system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.