• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2008.tde-26092008-133514
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Camargo Martensen
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Metzger, Jean Paul Walter (Presidente)
Batista, João Luis Ferreira
Frische, Cintia Cornelius
Título em português
Conservação de aves de sub-bosque em paisagens fragmentadas: Importância da cobertura e da configuração do hábitat
Palavras-chave em português
Área funcional
Aves
Conectividade funcional
Configuração
Mata Atlântica
Proporção de habitat
Resumo em português
A quantidade de habitat remanescente, a conectividade e o tamanho dos fragmentos são sugeridos como determinantes para a manutenção de espécies em paisagens fragmentadas, e dessa maneira é essencial entendermos e modelarmos tais relações para o embasamento de políticas de conservação. Para analisarmos tais efeitos na riqueza e abundância de aves de sub-bosque e na abundância de 29 espécies de aves da Mata Atlântica, construímos modelos com variáveis representando o tamanho do fragmento e graus diversos de conectividade funcional em três paisagens com diferentes proporções de habitat (14, 31 e 45% de habitat). Posteriormente, confrontamos tais modelos com dados provenientes de amostragens com redes de neblina (4.818 indivíduos) com um esforço amostral total de quase 34.000 horas-rede em 53 fragmentos de diferentes tamanhos (2 a 159 ha) e graus de conectividades (considerando conexões por corredor ou por curtas distâncias pela matriz). Em seguida, hierarquizamos tais modelos através do critério de Informação de Akaike. Um total de 117 espécies foi capturado, e a paisagem com maior riqueza foi aquela de maior proporção de mata (87), enquanto as outras duas apresentaram riquezas semelhantes e menores (62 e 70), o que sugere um limiar de habitat entre 32 e 44% para a perda de um grande número de espécies. Além disso, os aspectos de configuração foram importantes em todas as paisagens, contudo, diferentes características foram relevantes em cada um dos casos. Enquanto na paisagem com menor proporção de habitat o tamanho dos fragmentos foi extremamente influente na determinação da riqueza e da abundância de espécies, os aspectos relacionados à conectividade foram mais importantes nas paisagens com 31 e 45% de proporção de habitat. Dentre as variáveis de conectividade, as que representam conectividade por corredores foram particularmente importantes, seguidas pelas de pequenos cruzamentos pela matriz (20 m). Modelos que levaram em consideração cruzamentos de 40 m pela matriz foram bem menos plausíveis que os demais. Os modelos para abundância das 29 espécies também resultaram em um padrão similar ao observado para a comunidade. No entanto, a importância relativa do tamanho do fragmento e da conectividade mudou em função da proporção de habitat, de acordo com a espécie abordada. Os resultados aqui apresentados são importantes para o embasamento de políticas de manejo para a conservação, e ressaltam a influência relativa das variáveis de configuração ao longo do gradiente de quantidade de hábitat, e devem ser consideradas quando na seleção de áreas para conservação, restauração ou qualquer forma de manejo voltado para a conservação.
Título em inglês
Influence of habitat amount, fragment size and connectivity in Atlantic Forest bird species conservation
Palavras-chave em inglês
Amount of habitat
Atlantic forest
Configuration
Functional area
Functional connectivity
Resumo em inglês
Landscape aspects such as habitat amount, fragment size and connectivity, have been suggested as key features for maintaining species in altered landscapes, and thus are essential to be modeled and comprehended for management and conservation purposes. To test their effects on understory Atlantic forest bird species, we built models with variables representing fragment size and functional connectivity in 3 landscapes with different proportions of forest (14, 31 and 45%), and confronted with data from more than 4,818 individuals captured in 53 fragments of different sizes (2.06 to 158.45 ha) and connectivitys (connected by corridors, or by short distances), and then we ranked under a model selection approach (AIC). A total of 117 species were recorded, and the landscape with higher amount of forest was richer (87) than the two others which presented a similar lower richness (62 and 70), what suggests a threshold amount of habitat between 32 to 44%. Configuration aspects were important in all cases; however, different characteristics influenced species richness and abundance in each landscape. Patch size was important in determining species richness and abundance in the landscape with low amount of habitat, while connectivity aspects were crucial in the landscapes with higher amounts of habitat. Within the connectivity models, particularly the ones that take in to account the connectivity by corridors, but also the ones that consider short movements through the matrix are far better supported, then the ones by longer distances gaps. Moreover, specieslevel analyses yielded results similar to the pattern found for the whole assemblage, and the configuration variable influence varied along the habitat conversion gradient. The results presented here are important for management planning towards conservation, and should be considered in site selection for conservation, restoration or any other kind of management.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Martensen.pdf (744.44 Kbytes)
Data de Publicação
2008-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.