• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2018.tde-20092018-130039
Documento
Autor
Nome completo
Bianca de Medeiros Vendramini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Brandimarte, Ana Lucia (Presidente)
Bianchini Junior, Irineu
Júnior, José Francisco Gonçalves
Uieda, Virginia Sanches
Título em português
Macroinvertebrados e degradação de detrito foliar em riachos de Mata Atlântica e cerrado: o que esperar das mudanças climáticas?
Palavras-chave em português
Croton floribundus
Decomposição
Ecologia aquática.
Grupos funcionais alimentares
Savanização
Resumo em português
O material vegetal alóctone se configura como uma das principais vias energéticas mantenedora do funcionamento de ambientes lóticos, sendo que seu processamento é essencial na ciclagem de nutrientes e envolve diversos organismos. Esse estudo pretendeu verificar a participação de macroinvertebrados aquáticos no processo de degradação de material vegetal ao longo do tempo, bem como acompanhar a colonização deste material em dois riachos subtropicais localizados em biomas distintos: Mata Atlântica e cerrado. Folhas de Croton cf. floribundus (Euphorbiaceae) foram incubadas em litter bags. Avaliou-se a composição da fauna (nos aspectos taxonômico e funcional), o decaimento de massa foliar e a composição química do material ao longo do período de 7, 15, 30, 60 e 90 dias de exposição em dois tratamentos distintos, quanto ao grau de acesso dos macroinvertebrados às folhas. O percentual de perda de massa e as taxas de decaimento foram semelhante nos dois ambientes e entre os tratamentos, o que indica que nessas localidades a influência de macroinvertebrados é inferior à da ação da lixiviação e condicionamento por bactérias e fungos durante o processo de degradação. A dinâmica da composição química dos detritos também seguiu trajetórias similares nos dois ambientes. No entanto, os grupos funcionais dominantes variaram ao longo do tempo em cada uma das situações, assim como a abundância total de organismos. Os resultados demonstram que distinções mais notáveis se relacionam não à velocidade de degradação em cada tipo de bioma, uma vez que as eficiências de processamento foram semelhantes, mas sim à composição da comunidade que utiliza o recurso vegetal como substrato para alimentação e/ou abrigo. Dessa forma, levando em conta o cenário de transição das áreas úmidas de mata a ambientes savânicos, pelo avanço do cerrado, frente a mudanças climáticas globais, a dinâmica de degradação foliar, com base em C. cf. floribundus, se manteria similar nos ambientes lóticos, mas uma possível fragilidade seria a redução da diversidade de famílias de macroinvertebrados aquáticos
Título em inglês
Macroinvertebrates and leaf litter degradation in cerrado and Atlantic Forest streams: what to expect from climate change?
Palavras-chave em inglês
Aquatic ecology.
Croton floribundus
Decomposition
Functional feeding groups
Savanization
Resumo em inglês
The allochthonous plant material is one of the main energetic pathways that maintains lotic environments functioning, and its processing is essential on nutrients cycling, involving several organisms. This study aimed to verify the participation of aquatic macroinvertebrates in the decay process of plant material over time, as well follow the colonization of this debris in two subtropical streams located in distinct biomes: Atlantic Forest and cerrado (Brazilian savanna). Leaves of Croton cf. floribundus (Euphorbiaceae) were incubated in litter bags. The fauna composition (in taxonomic and functional aspects), leaf mass decay and chemical composition of the material during the period of 7, 15, 30, 60 and 90 days of exposure in two different treatments, which one with a degree of access to the leaves by macroinvertebrates, were evaluated. The mass loss percentage and decay rates were similar in both environments and between treatments, indicating that the influence of macroinvertebrates is lower than that of leaching and conditioning by bacteria and fungi during the decay process. The dynamics of the chemical composition of the debris also followed similar trajectories in both environments. However, dominant functional groups varied over time in each of the situations, as did the total abundance of organisms. Those results show that the most notable distinctions are related not to the decay rate in each biome, since the processing efficiencies were similar, but to the composition of the community using the vegetal resource as a substrate for food and/or shelter. Thus, taking into account the transition scenario from forest wetlands to savanna environments, due to the advance of the cerrado, in the face of global climatic changes, the dynamics of leaf decay, based on C. cf. floribundus, would remain similar in the lotic environments. However, a possible fragility would be the reduction on aquatic macroinvertebrate families diversity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.