• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2004.tde-18012005-123526
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Pivari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Rosso, Sergio (Presidente)
Santos Filho, Persio de Souza
Simao, Sheila Marino
Título em português
Caracterização das emissões sonoras de Sotalia fluviatilis (Gervais, 1853) (Cetacea, Delphinidae) durante o comportamento alimentar em duas praias do estuário de Cananéia, São Paulo.
Palavras-chave em português
Assobios
Clicks
Emissões sonoras
Sotalia fluviatilis
Tucuxi
Resumo em português
O estudo aqui apresentado teve dois objetivos: a descrição das emissões sonoras de S. fluviatilis e a classificação dos assobios analisados. Durante os meses de agosto e dezembro de 2002, foram gravadas emissões sonoras de indivíduos solitários e grupos de 2 a 10 animais que se aproximavam das praias do Pereirinha (Ilha do Cardoso) e da Ponta da Trincheira (Ilha Comprida) no complexo estuarino-lagunar de Cananéia, São Paulo para se alimentar. Para tal utilizou-se um hidrofone (HTI SSQ 94) acoplado a um gravador profissional analógico (SONY TCM 5000ev). Em cerca de 22h de gravações foram reportados 3.188 assobios (74,5%), 689 seqüências de clicks de ecolocalização (16%) e 406 sons pulsantes explosivos (9,5%), totalizando 4.283 emissões sonoras. Isto significa 0,93 emissões/minuto/indivíduo. Apenas as emissões de clara visualização previamente classificadas e abaixo de 20kHz de freqüência foram analisadas (61%). Os assobios foram classificados de duas formas, primeiramente pela técnica de observação humana e em um segundo momento através da aplicação de análise multivariada. Pelo método de observação humana 1.592 assobios foram classificados qualitativamente em 5 categorias de acordo com a forma física do contorno dado pelo número de pontos de inflexão apresentados. Foram encontrados assobios de 0 a 4 pontos de inflexão. A maior parte (89%) não apresentou pontos de inflexão e os assobios ascendentes foram os mais representativos (87%). Foram descritos apenas 213 (13,3%) assobios com harmônicos. A média de tempo de duração dos 1.592 assobios analisados foi de 0,23s (variação entre 0,04 e 0,64s). Já a variação de freqüência dos assobios encontrados neste trabalho esteve entre 1,01 e 19,98kHz. A média de modulação de freqüência encontrada para os indivíduos gravados em Cananéia foi de 7,22kHz. Foram encontradas variações quando se comparou este trabalho com outros estudos desenvolvidos com S. fluviatilis, mas isso se deve principalmente à utilização de diferentes métodos e equipamentos de gravação e análise de dados. Além disso, diferenças de hábitats, do contexto ecológico e comportamental entre os ecótipos fluvial e marinho devem ser levadas em consideração. Os resultados da análise multivariada aplicada para os 1.592 assobios de S. fluviatilis foram diferentes dos resultados encontrados pela a técnica de observação visual baseada no número de inflexões de cada assobio (análise univariada). A técnica multivariada associa todos os parâmetros acústicos mensurados e, a partir dessas associações, forma os grupos de assobios. Os 4 grupos apresentados pela técnica multivariada mostraram assobios com variados números de pontos de inflexões. São poucos os trabalhos que classificam os assobios de odontocetos de acordo com análise multivariada. A descrição qualitativa e quantitativa de assobios dos golfinhos faz-se necessária para futuras comparações entre populações de diferentes regiões geográficas ao longo da distribuição das espécies. Tais estudos reportam importantes relações ecológicas das populações estudadas e podem contribuir para os esforços de preservação das mesmas.
Título em inglês
Sotalia fluviatilis (Gervais, 1853) sound emissions characterization e during feeding behaviour in two beaches in Cananéia estuary, São Paulo.
Palavras-chave em inglês
Clicks
Sotalia fluviatilis
Sound emissions
Tucuxi
Whistles
Resumo em inglês
This study had two objectives: to describe the sound emissions of Sotalia fluviatilis and to classify the analyzed whistles. During August and December, 2002, whistle emissions were recorded from solitary individuals and groups of 2 to 10 individuals that, in order to capture preys, approached Pereirinha (Ilha do Cardoso) and Ponta da Trincheira (Ilha Comprida) beaches in Cananéia estuarine complex, São Paulo. A hydrophone (HTI SSQ 94), connected to a professional analog audio tape recorder (SONY TCM 5000ev) was used to capture the emissions. In 22 hours of acoustic data, 3.188 whistles (74,5%), 689 echolocation click sequences (16%) and 406 burst pulses (9,5%) were reported; totalling 4.283 sound emissions. This represents 0,93 emissions/minute/individual. Only the emissions with clear visualization and up to 20kHz were analyzed (61%). The whistles were classified in two ways: by human observation technique and through the multivariate analysis. Using human observation, 1.592 whistles were quantitatively classified in 5 categories, according to the physical shape of the contour resulting from the number of inflection points presented in the whistle. Whistles with up to 4 inflection points were found. Most of the whistles (89%) did not show inflection points; moreover, there were considerably more whistles with rising frequency. (87%). Only 213 (13,3%) whistles had harmonics. The average duration of the 1.592 whistles was 0,23s (but varied between 0,04 and 0,64s). The frequency modulation of the whistles varied between 1,01 and 19,98 (mean = 7,22kHz). Variations were found when compared to other studies carried out on S. fluviatilis; nevertheless, this occurred due to differences in methodology, recorder equipment and data analysis. Furthermore, varieties of habitats and the ecological and behavioral context between freshwater and marine ecotypes of S. fluviatilis must be considered. The results of the multivariate analysis, applied to the 1.592 whistles, were very different to the results of the human observation technique (univariate method). The multivariate analysis links all measured acoustics; forming whistle groups. Four groups were formed by this method; they showed whistles with varying numbers of inflection points. There are few studies that classify whistles of odontocetes according to multivariate analysis. This kind of study is important to comparisons between different populations. The qualitative and quantitative descriptions of the whistles are necessary for future comparisons among populations from different geographic regions along the species distribuition. This study reported important ecological relationships and can contribute to the efforts of preservation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-05-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.