• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2004.tde-14012005-084048
Documento
Autor
Nome completo
Gerardo Kuntschik
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Bitencourt, Marisa Dantas (Presidente)
Delitti, Welington Braz Carvalho
Kuplich, Tatiana Mora
Sano, Edson Eyji
Santos, João Roberto dos
Título em português
Estimativa de biomassa vegetal lenhosa em cerrado por meio de sensoriamento remoto óptico e de radar
Palavras-chave em português
Cerrado
Estimativa de biomassa
Sensoriamento Remoto
Resumo em português
O objetivo do presente estudo é avaliar a possibilidade de utilizar o sensoriamento remoto óptico e o sensoriamento remoto por microondas de modo complementar na estimativa de biomassa vegetal aérea em áreas de cerrado no estado de São Paulo. A metodologia proposta visa quantificar biomassa de forma não destrutiva, rápida e a baixo custo. O trabalho foi desenvolvido em uma área com remanescentes de cerrado ao Sudoeste do estado de São Paulo. Utilizaram-se imagens Índice de Vegetação Diferença Normalizada – IVDN e Índice de Vegetação Realçado - IVR, produzidas a partir de imagens do sensor Enhanced Thematic Mapper - ETM+ a bordo do satélite Landsat7 para estimar Índice de Área Foliar - IAF em áreas de vegetação aberta de cerrado. Também foi utilizada uma imagem de radar, banda L, do satélite Japanese Earth Resources Satellite - JERS-1. Os resultados de estimativa de IAF através de imagens IVDN e IVR não foram satisfatórios, devido à inadequabilidade da técnica de amostragem no campo para as áreas abertas. A estimativa de biomassa lenhosa aérea por imagens de radar forneceu resultados significativos. Estes resultados permitiram determinar uma equação que descreve o comportamento do sinal de radar em função da quantidade de biomassa lenhosa aérea em fisionomias florestais do bioma cerrado. Esta equação pode ser útil na estimativa de biomassa em outras áreas de cerrado.
Título em inglês
Estimative of aboveground wood biomass in Brazilian savanna using optical and radar remote sensing
Palavras-chave em inglês
biomass estimation
Brazilian savanna
remote sensing
Resumo em inglês
The objective of this study is to evaluate the feasibility of using radar and optical remote sensing in a complementary way to estimate above ground vegetal biomass. Two non destructive, fast and low cost methodologies for biomass quantification of different physiognomies of cerrado were proposed. The work was carried out in an area with remnants of cerrado in the Southwest of São Paulo State. Normalized Difference Vegetation Index - NDVI and Enhanced Vegetation Index - EVI images from Enhanced Thematic Mapper ETM+ sensor on board of Landsat7 satellite were used to estimate Leaf Area Index - LAI in open cerrado areas. A L band radar image was also used for dense woody biomass estimation. The sampling technique used in the field shown to be unsuitable for the open physiognomies of cerrado. As a consequence, results of LAI estimation through IVDN and IVR images were not satisfactory. Aboveground woody biomass estimation through radar image yield significant results. Based on those data, as equation that describes the behavior of the of radar signal as a function of the amount of aboveground woody biomass in cerradão was found. This equation can be useful to estimate aboveground woody biomass in other cerrado areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_revisada.pdf (3.73 Mbytes)
Data de Publicação
2005-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.