• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2012.tde-24082012-115339
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Cristina Bertacini de Moraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Sergio Luiz de Siqueira (Presidente)
Santos, Sandro
Tavares, Marcos Domingos Siqueira
Título em português
Descrição da morfologia externa dos jovens recém-eclodidos de Aegla paulensis Schmitt, 1942 e de Aegla perobae Hebling & Rodrigues, 1977 (Crustacea, Decapoda, Aeglidae)
Palavras-chave em português
Anomura
Cerdas
Desenvolvimento
Microscopia eletrônica de varredura
Poros
Resumo em português
O gênero Aegla Leach, 1820 representa o único táxon dentro de Decapoda Anomura com representantes adaptados exclusivamente a ambientes de água doce. As eglas são endêmicas da América do Sul e vivem em ambientes lóticos com alto nível de oxigenação. Estudos comparativos da morfologia de jovens recém-eclodidos podem contribuir para estabelecer relações de afinidade entre as cerca de 70 espécies já descritas que compõem a família Aeglidae. Porém, o número de trabalhos que descrevem a morfologia em detalhe nesta fase de vida é ainda escasso. O objetivo do presente estudo foi descrever detalhadamente a morfologia externa dos jovens recém-eclodidos das espécies Aegla paulensis e Aegla perobae, com base em Microscopia Óptica e em Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Fêmeas ovígeras foram coletadas e transferidas para o laboratório a fim de se obter os jovens recém-eclodidos dos ovos. A descrição detalhada da morfologia do jovem recém-eclodido incluiu a carapaça, o abdome, os apêndices cefalotorácicos (antênula, antena, mandíbula, maxílula, maxila, maxilípedes, pereópodes) e a região do télson juntamente com os urópodes. As cerdas foram analisadas em detalhe quanto ao número, localização e tipo morfológico com o auxílio da MEV. Os resultados obtidos foram analisados e comparados com os das espécies que já tiveram seus jovens recém-eclodidos descritos e também com os adultos. As principais descobertas do estudo foram: as lineae aeglicae, os pleópodes rudimentares, a riqueza de tipos de cerdas e os poros sensoriais
Título em inglês
Description of the external morphology of the newly-hatched juveniles of Aegla paulensis Schmitt, 1942 and Aegla perobae Hebling & Rodrigues, 1977 (Crustacea, Decapoda, Aeglidae)
Palavras-chave em inglês
Anomura
Development
Pores
Scanning electron microscopy
Setae
Resumo em inglês
Genus Aegla Leach, 1820 represents the one taxon within Decapoda Anomura with representatives exclusively adapted to freshwater environments. Aeglids are endemic to South America and they live in lotic environments with high levels of dissolved oxygen. Comparative studies of the newly-hatched juvenile morphology may contribute to establish affinity relations among the 70 species of the Aeglidae family already described. However, the number of studies which describe the morphology at this life phase in detail is still scarce. The objective of this study was to describe the external morphology of the newly-hatched juvenile of Aegla paulensis and Aegla perobae in detail, using Light Microscopy and Scanning Electron Microscopy (SEM). Newly-hatched juveniles were obtained from ovigerous females kept under laboratory conditions. Detailed description of the newly-hatched juveniles included the carapace, the abdomen, the cephalothoracic appendages (antennule, antenna, mandible, maxillule, maxilla, maxillipeds, pereiopods), and the telson-uropods region. SEM was used to analyze setae number, location and type. The results were analyzed and compared with those from newly-hatched juveniles already described and with adults. The main findings in this study were: lineae aeglicae, rudimentary pleopods, setae morphology diversity, and pores sensilla.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.