• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2002.tde-21052002-125049
Documento
Autor
Nome completo
Tito Monteiro da Cruz Lotufo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Sergio de Almeida (Presidente)
Amaral, Antonia Cecilia Zacagnini
Migotto, Alvaro Esteves
Nonato, Edmundo Ferraz
Rocha, Rosana Moreira da
Título em português
"Ascidiacea (Chordata: Tunicata) do litoral tropical brasileiro"
Palavras-chave em português
Ascidiacea
Ascídias
Tunicata
Resumo em português
Embora tenham sido muito estudadas em diversos pontos do globo, as ascídias do litoral brasileiro são pouco conhecidas. A maior parte do litoral brasileiro está incluída na região tropical, para qual as informações são mais escassas. Com o intuito de se conhecer a fauna de ascídias do litoral tropical brasileiro foram realizadas diversas coletas em diferentes pontos desta região, abrangendo desde a zona entremarés até o infralitoral raso. Outro objetivo do presente trabalho foi o de organizar as informações já existentes a partir de revisão bibliográfica e visitas a algumas instituições que continham coleções representativas. Foram realizadas ao todo 61 coletas em pontos distribuídos entre os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Os animais foram coletados, examinados e identificados até o nível de espécie. Para cada espécie se procurou fazer um extensa revisão taxonômica, tanto a partir da literatura como do exame de tipos depositados em diferentes instituições. O presente trabalho inclui listas sinonímicas, descrições e comentários para cada espécie estudada, com fotografias para a maior parte. Foram adicionadas ainda chaves dicotômicas para todos os táxons, em todas as categorias. Até a realização deste trabalho, 90 espécies de ascídias haviam sido registradas no litoral brasileiro, das quais 54 estão listadas para o estado de São Paulo. Com a realização das campanhas de coletas foram identificadas 67 espécies que, juntamente com uma revisão criteriosa da literatura e o exame de vários tipos e outros exemplares de outras regiões do mundo, fizeram com que a lista atualizada inclua 98 espécies. Estas espécies estão distribuídas entre as 2 ordens e 3 subordens da classe, com um total de 31 gêneros incluídos em 14 dentre as 23 famílias propostas atualmente. Como resultado imediato foram registradas 9 novas ocorrências para o litoral brasileiro, com a descrição de 1 gênero e 10 espécies novas. Além disso, 8 espécies tiveram sua situação alterada por sinonimia ou separação. Juntamente com outros dados da literatura, as tabelas de ocorrências foram submetidas a uma análise de agrupamento e uma análise de endemicidade por parcimônia. As análises evidenciaram um padrão de distribuição semelhante àquele observado para outros grupos bentônicos sésseis, com a divisão da região estudada em duas províncias, a Província Brasileira e a Província Paulista.
Título em inglês
"Ascidiacea (Chordata: Tunicata) from brazilian tropical coast"
Palavras-chave em inglês
Ascidians
Brazil
Resumo em inglês
Although ascidians are well known in many regions of the globe, information about the group on Brazilian coast are very scanty. Most of the Brazilian coastline is included on the tropical region, which is the poorest known. In order to obtain an inventory of ascidians species on the Brazilian tropical coast, surveys were conducted in different points, ranging from the intertidal to the shallow subtidal depths. Another goal of the present work was to organize all available information through a revision of bibliography and visits to institutions that held representative collections. 61 visits were conducted in places along the coast of the states of Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Specimens were collected, examined and identified to the species level. An extensive taxonomic revision was made for every species, by means of literature as well as examination of types and other specimens deposited in different institutions. The present work includes synonymy lists, descriptions, pictures and remarks for each species studied. Keys for all taxa an every category were also included. Up to the present work, 90 species of ascidians had been recorded for Brazil, of which 54 are listed to the State of São Paulo. The surveys revealed a total of 67 species, expanding the list to 98 Brazilian species. Those species are distributed in 2 orders and 3 suborders of the class, with a total of 31 genera included in 14 of the 23 families currently accepted. As an immediate result, were registered 9 new records for Brazilian coast, along with the description of 1 new genus and 10 new species. Furthermore, 8 species have had its taxonomic situation altered by synonymy or separation. The present results, together with data from literature generated tables which were submitted to cluster analysis and a parsimony analysis of endemycity. These analyses revealed a distribution pattern similar to others observed for different benthic taxa. The region studied comprises two provinces, Brazilian Province and Paulista Province.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tmlotufo.pdf (7.68 Mbytes)
Data de Publicação
2005-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.