• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2014.tde-15122014-135207
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia Tangerino Olivares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Marques, Fernando Portella de Luna (Presidente)
Boeger, Walter Antonio Pereira
Reyda, Florian
Título em português
Diversidade filogenética de Potamotrygonocestus Brooks & Thorson, 1976 (Eucestoda: Onchoproteocephalidea)
Palavras-chave em português
Otimização direta
Potamotrygonocestus
Sistemática
Resumo em português
Arraias da família Potamotrygonidae (Chondrichthyes: Myliobatoidei) são elasmobrânquios endêmicos dos sistemas fluviais da região Neotropical. Nestes hospedeiros residem uma diversa fauna parasitária que inclui vários gêneros de cestóideos. Tanto as arraias como seus cestóideos são derivados de ancestrais marinhos. A taxonomia e sistemática do sistema hospedeiro/parasita, no entanto, é pouco conhecida. Neste contexto, este estudo documenta, pela primeira vez a diversidade molecular das linhagens de Potamotrygonocestus empregando a otimização direta do genes 28S rDNA, ITS1 rDNA, Calmodulina e Citocromo Oxidase I. Objetiva-se avaliar o posicionamento filogenético de seus membros dentro de uma análise cladística. Os resultados corroboram a monofilia do gênero Potamotrygonocestus e recuperaram dois clados principais que correspondem a agrupamentos morfologicamente diagnosticados com base na morfologia do gancho. A hipótese filogenética apresentou indícios que P. chaoi e P. marajoara são sinônimos júnior de P. travassosi, e que P. orinoconoensis é uma espécie válida. Adicionalmente, os resultados indicam a existência de 14 novas linhagens que podem ser elevadas ao nível de espécie. Os membros Potamotrygonocestus revelaram ser mais especialistas aos seus hospedeiros do que se acreditava e, em relação à biogeografia, a hipótese filogenética apresentou padrões biogeográficos semelhantes a diversos membros da ictiofauna neotropical. A ampliação da representatividade biogeográfica bem como a inclusão de dados moleculares à sistemática do gênero possibilitou reconhecer padrões de distribuição e de infestação que antes eram desconhecidos. Esse refinamento pode contribuir de forma interessante para os outros gêneros parasitas de potamotrigonídeos
Título em inglês
Phylogenetic diversity of Potamotrygonocestus Brooks & Thorson, 1976 (Eucestoda: Onchoproteocephalidea)
Palavras-chave em inglês
Direct optimization
Potamotrygonocestus
Systematics
Resumo em inglês
Stingrays of the Potamotrygonidae family (Chondrichthyes: Myliobatoidei) are endemic elasmobranchs of river systems in the Neotropics. In these hosts a reside diverse fauna of parasite which includes many genera of tapeworms (Cestoda). Both stingrays and their cestodes are derived from marine ancestors. However, the taxonomy and systematics of this host/parasite system is poorly known. This study documents, for the first time, the molecular diversity of Potamotrygonocestus lineages by employing the direct optimization of 28S rDNA, ITS1 rDNA, Calmodulin and Cytochrome Oxidase I genes. The goal of this study is to understand the phylogenetic position of its members within a cladistic analysis. The results support the monophyly of the genus Potamotrygonocestus and recovered two main clades morphologically diagnosed based on hook morphology hook. The phylogenetic hypothesis presented supports the contention that P. chaoi and P. marajoara are junior synonyms of P. travassosi, and P. orinoconoensis should be considered a valid specie. Additionally, the results suggest that there are 14 new lineages that can be raised to the level of species. Members of Potamotrygonocestus proved to be more host specific than previously thought and, in relation to its biogeography, the phylogenetic hypothesis presented mirrors similar patterns of area association reported for many members of the Neotropical ichthyofauna. The expansion of biogeographical representativeness and inclusion of the molecular data in systematics of the genus allowed the recognition of distribution and infestation patterns that were previously unknown. This refinement could be interesting for other potamotrigonids genus parasites
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Claudia_Olivares.pdf (3.50 Mbytes)
Data de Publicação
2015-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.