• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2019.tde-13122018-090620
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Antonio Gonçalves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Brescovit, Antonio Domingos (Presidente)
Labarque, Facundo Martín
Ott, Ricardo
Título em português
Revisão taxonômica e análise cladística do gênero de aranhas neotropicais Epicratinus Jocqué & Baert, 2005 (Araneae: Zodariidae)
Palavras-chave em português
Epicratinus
Espécies Novas
Filogenia
Storeninae
Zodariidae
Resumo em português
A família Zodariidae apresenta 85 gêneros e 1141 espécies descritas atualmente no mundo. Aranhas desta família ocorrem em todas as regiões tropicais e subtropicais da América do Sul, África, Madagascar, Austrália, Nova Guiné, Nova Zelândia, Arábia, subcontinente indiano e Europa. Pode ser diagnosticada pela ausência de sérrula, dentes lateralmente posicionados nas unhas dos tarsos, garras das quelíceras pequenas, fiandeiras anteriores longas, processo tibial prolateral em todas as pernas de machos e fêmeas e hábito fossóreo. Compreendem aranhas de pequeno a médio porte, caracterizadas pela rapidez dos seus movimentos. Apresentam semelhanças morfológicas e comportamentais com as espécies de formigas que predam, o que em geral permite acesso aos formigueiros sem serem molestadas. O gênero Epicratinus, está inserido em Storeninae, subfamília caracterizada por possuir tufos ventrais no metatarso com cerdas em forma de cinzel ocas, e apresenta 5 espécies descritas sendo uma na Guiana, uma na Bolívia e três no Brasil. O gênero é diagnosticado por apresentar fila ocular posterior fortemente procurva, fiandeiras médias e laterais posteriores fusionadas nas fêmeas e ausência total dessas fiandeiras nos machos. Esse trabalho propõe uma revisão do gênero Epicratinus, incluindo 11 espécies novas recentemente detectadas em coleções, todas com machos e fêmeas descritos, com ocorrência no Brasil, nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Sergipe e Tocantins. Propõe-se também uma nova filogenia com todos os táxons, com uma árvore mais parcimoniosa com pesagem implícita (K = 10) com 176 passos (L) (IC = 33 e IR = 61), apresentando Epicratinus como gênero monofilético. Também é descrita, ilustrada, registrada e mapeada a distribuição das espécies novas, além de uma nova distribuição para as espécies já descritas. É também proposta a transferência para Epicratinus de uma espécie anteriormente descrita no gênero Tenedos, bem como sua sinonimização e, por fim, feita a primeira descrição do macho da espécie E. petropolitanus, descrito inicialmente somente pela fêmea
Título em inglês
Taxonomic review and cladistic analysis of the genus of neotropical spiders Epicratinus Jocqué & Baert, 2005 (Araneae: Zodariidae)
Palavras-chave em inglês
Epicratinus
New Species
Phylogeny
Storeninae
Zodariidae
Resumo em inglês
The Zodariidae family presents 85 genres and 1141 species in described the world. Spiders of this family occurs in all tropical and subtropical regions of South America, Africa, Madagascar, Australia, New Guinea, New Zealand, Arabia, Indian and European subcontinents. The family is identified by the absence of serrula, teeth laterally positioned in the tarsal nails, small chelicerae claws, long anterior spinnerets, prolateral tibial process in all the legs of males and females and fossorial in habits. They comprise spiders from small to medium sizes, characterized by the quickness of their movements. They exhibit morphological and behavioral similarities with the ant species they prey, which usually allows access to anthills without being disturbed. The genus Epicratinus, is inserted in Storeninae, subfamily characterized by owning ventral metatarsal hair tufts with hollow chisel shaped hairs, and presents 5 described species, one in Guyana, one in Bolivia and three in Brazil. The genus is diagnosed for having posterior ocular row strongly procurved, medium and lateral posterior spinnerets fused in females and total absence of these spinnerets in the male. This work proposes a review of the Epicratinus genus, including 11 new species recently found in collections, all with males and females described, occurring in Brazil, in the states of Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Sergipe and Tocantins. It is also elaborated a new phylogeny with all the taxa, where one tree was more parsimonious with implied weighting (K = 10) with 176 steps (L) (CI = 33 and RI = 61), presenting Epicratinus as monophyletic. In addiction it is described, illustrated, recorded and mapped the distribution of the new species, as well as a new distribution for the species already described. Lastly it is proposed to transfer to Epicratinus a species that was previously described in the genus Tenedos and synonymize this same species that had been described as new one and is described for the first time the male of E. petropolitanus, described initially only by the female
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-12-12
Data de Publicação
2019-01-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.