• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2008.tde-10072008-183234
Documento
Autor
Nome completo
Ives Simoes Arnone
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Trajano, Eleonora (Presidente)
Bichuette, Maria Elina
Gregorin, Renato
Título em português
Estudo da comunidade de morcegos na área cárstica do Alto Ribeira-São Paulo. Uma comparação com 1980
Palavras-chave em português
Cavernas
Chiroptera
Mata Atlântica
PETAR
Resumo em português
A investigação sobre morcegos cavernícolas brasileiros foi iniciada por TRAJANO (1981) que entre 1978 e 1980, estudou a comunidade que utiliza cavernas na área cárstica do Alto Ribeira, Sul do Estado de São Paulo. Seguiram-se estudos no norte de São Paulo, Distrito Federal e Bahia, sendo que trabalhos recentes estão sendo realizados em novas áreas, preenchendo uma lacuna importante no país. O presente estudo teve como objetivo realizar um novo levantamento da quiropterofauna do Alto Ribeira, complementando o levantamento prévio e verificando possíveis alterações devidas a perturbações antrópicas na área. Para tal, foram amostrados 13 pontos em áreas epígeas e 12 cavidades, das quais 10 foram estudadas mensalmente. O trabalho de campo consistiu de viagens mensais ao longo de um ano, com duração de cerca de 10 dias cada, com início em fevereiro de 2006 e término em janeiro de 2007. Todos os procedimentos seguiram, na medida do possível, os métodos adotados por Trajano (1981), sendo as redes colocadas nos mesmos locais amostrados há mais de duas décadas. No presente estudo, foram realizadas 121 noites de amostragem, com um esforço total de 25.320 m2 de rede x hora. No total, foram capturados 1.493 morcegos pertencentes a 35 espécies, representando cinco famílias (Emballonuridae, Furipteridae, Natalidae, Phyllostomidae e Vespertilionidae). No conjunto das doze cavernas foram obtidas 29 espécies, algumas delas representando os primeiros registros em caverna no Brasil, como Lasiurus ega e Chiroderma doriae. Nas localidades epígeas, foram registradas 24 espécies com algumas exclusivas desse ambiente, como Artibeus glaucus, Eptesicus furinalis, Eptesicus taddeii, Histiotus velatus, Vampiressa pusilla e Phylloderma stenops. Dos 1.493 morcegos capturados, 1.091 foram marcados com anilhas no antebraço, dos quais 330 foram recapturados pelo menos uma vez, havendo recapturas múltiplas, totalizando 519 recapturas. Em uma das recapturas, um espécime de Artibeus lituratus chamou a atenção por representar o maior deslocamento já registrado no país com 113 km de distância em 443 dias. As espécies com maior número de captura foram L. aurita (N = 508), seguida de D. rotundus (N = 223) e Carollia perspicillata (N = 217) e aquelas com maior número de recapturadas foram Lonchorhina aurita (N = 189), Desmodus rotundus (N = 166) e Diphylla ecaudata (N = 98); para estas últimas foi estimado o tamanho das populações em uma área de 113 km2: L. aurita, 1.639 indivíduos, D. rotundus, 548 indivíduos e D. ecaudata, 206 indivíduos. Na comparação com o estudo de TRAJANO (1981), para o mesmo esforço de coleta, foram considerados, no presente estudo, 483 indivíduos de 21 espécies (Emballonuridae, Natalidae e Phyllostomidae), sendo Lonchorhina aurita (N = 155) a espécie mais freqüente, seguida de Desmodus rotundus (N = 89) e Diphylla ecaudata (N = 71). A partir desses dados, verificaram-se diferenças no número de capturas, abundância relativa das espécies e posições no ranking de abundância entre os dois estudos, porém não na riqueza da quiropterofauna cavernícola. Dessa forma, o turismo crescente na região pode estar provocando efeitos negativos sobre algumas espécies provavelmente mais sensíveis, como os insetívoros Furipterus horrens, Micronycteris megalotis e Myotis nigricans, porém ainda não vem causando alterações significativas na riqueza e abundância total dos morcegos cavernícolas no Alto Ribeira.
Título em inglês
Study of the community of bats of a cárstic area of Alto Ribeira -SP. A comparison with 1980
Palavras-chave em inglês
Atlantic rain forest
Caves
Chiroptera
PETAR
Resumo em inglês
The survey on Brazilian cave bats was initiated by TRAJANO (1981) that between 1978 and 1980, studied the community that uses caves in a carstic area of Alto Ribeira, south of the State of São Paulo. Another studies had been followed in the north of São Paulo, Distrito Federal and Bahia, and recent works are being carried through in new areas, filling an important gap in the country. The present study it had as objective to carry through a new survey of quiropterofauna of the Alto Ribeira, being complemented the previous survey and verifying possible changes due the antropics disturbances in the area. For such, was sampled 13 points in epígeas areas and 12 caves, of which 10 had been studied monthly. The field work consisted of monthly trips throughout one year, with duration of about 10 days each, with beginning in February of 2006 and ending in January of 2007. All the procedures had followed, in the measure of the possible one, the methods adopted for TRAJANO (1981), being the nets placed in the same sampled places have two decades more than. In the set of the twelve caves 29 species had been gotten, some of them representing the first registers in cave in Brazil, as Lasiurus ega and Chiroderma doriae. In the epigeas localities, they had been registered 24 species with some exclusive of this environment, as Artibeus glaucus, Eptesicus furinalis, Eptesicus taddeii, Histiotus velatus, Vampiressa pusilla and Phylloderma stenops. Of the 1.493 captured bats, 1.091 had been banded with metal and plastic bands in forearm, of which 330 had been recaptured at least one time, having recapture multiple, totalizing 519 recapture. One recapture of a specimen of Artibeus lituratus called the attention for representing the biggest registered movement already in the country with 113 km of distance in 443 days. The species with larger number of capture had been L. aurita (N = 508), followed of D. rotundus (N = 223) and Carollia perspicillata (N = 217), and those with larger number of recaptured had been L. aurita (N = 189), Desmodus rotundus (N = 166) and Diphylla ecaudata (N = 98); for these last ones km2 was estimated the size of the populations in an area of 113: L. aurita, 1,639 individuals, D. rotundus, 548 individuals and D. ecaudata, 206 individuals. In the comparison with the study of TRAJANO (1981), for the same collection effort, they had been considered, in the present study, 483 individuals of 21 species (Emballonuridae, Natalidae and Phyllostomidae), being Lonchorhina aurita (N = 155) the species most frequent, followed of Desmodus rotundus (N = 89) and Diphylla ecaudata (N = 71). With these data, differences in the number of captures, relative abundance of the species and position in ranking of abundance between the two studies had been verified, however not in the richness of cave bats. Therefore, the increasing tourism in the region can be causing negative effect on some species probably more sensible, as the insectivorous Furipterus horrens, Micronycteris megalotis and Myotis nigricans, however still it does not come causing significant alterations in the richness and total abundance of the cave bats in the Alto Ribeira.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ives_arnone.pdf (1.80 Mbytes)
Data de Publicação
2008-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.