• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2014.tde-09032015-080107
Documento
Autor
Nome completo
Thiago Vernaschi Vieira da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silveira, Luis Fábio (Presidente)
Nihei, Silvio Shigueo
Carvalho, Marcelo Rodrigues de
Gonzaga, Luiz Antonio Pedreira
Posso, Sergio Roberto
Título em português
Osteologia e filogenia das Aves Caprimulgiformes, com ênfase em Nyctibiidae e Caprimulgidae
Palavras-chave em português
Caprimulgidae
Caprimulgiformes
Filogenia
Nyctibiidae
Osteologia
Sistemática
Resumo em português
As aves Caprimulgiformes formam um grupo bastante heterogêneo morfologicamente, a despeito da superficial similaridade de plumagem e dos hábitos noturnos. A maioria das hipóteses filogenéticas atuais são incongruentes entre si quanto ao relacionamento entre as famílias que compõem a ordem, exceto quanto ao posicionamento da família Aegothelidae, considerada mais próxima da ordem Apodiformes. Devido aos conflitos entre os estudos sistemáticos dessa ordem, e do aventado relacionamento próximo de alguns de seus representantes com a ordem Apodiformes, os objetivos desse estudo foram propor uma hipótese filogenética para as ordens Caprimulgiformes e Apodiformes com base em 120 caracteres osteológicos, utilizando-se representantes das ordens Psittaciformes, Strigiformes, Coraciiformes e Trogoniformes como grupos-externos na análise. Uma única árvore mais parcimoniosa demonstrou Steatornithidae e Podargidae como sucessivamente basais dentro da ordem, irmãs das demais famílias; um alto suporte ao clado composto pelas famílias Caprimulgidae e Nyctibiidae; e o relacionamento da família Aegothelidae com os Apodiformes, indicando o parafiletismo da ordem. A variação osteológica dentro das famílias é bastante notável, e importante fonte de caracteres para análises filogenéticas. Dessa forma, são propostas hipóteses filogenéticas para as famílias Nyctibiidae (incluindo fósseis) e Caprimulgidae, com base em 37 e 112 caracteres osteológicos, respectivamente. Com relação à primeira família, o padrão de relacionamento encontrado corrobora em parte os estudos moleculares prévios, particularmente quanto à posição basal de N. bracteatus. A variação osteológica entre as espécies daquela família indica que a atual sistemática da família, na qual todas as espécies são incluídas no gênero Nyctibius, deve ser revista. Com relação à família Caprimulgidae, a hipótese filogenética baseada nos caracteres osteológicos demonstrou: o parafiletismo das subfamílias tradicionalmente reconhecidas (Eurostopodinae, Chordeilinae e Caprimulginae); a posição basal dos gêneros Lyncornis e Eurostopodus (com baixo suporte ao parafiletismo desse último); um alto suporte ao gênero Chordeiles e indicação da revalidação dos gêneros Podager e Nannochordeiles; a posição basal de Nyctiprogne, Lurocalis e Nyctidromus, sucessivamente irmãs das demais espécies; e a existência de três clados, sendo um composto por espécies sul-americanas; um por espécies sul-, centro- e norte-americanas; e outro por espécies do velho mundo. Esses resultados corroboram em parte os estudos moleculares prévios e reforçam a importância da osteologia para o estabelecimento das relações filogenéticas nessa família, assim como o observado para a família Nyctibiidae e entre as famílias que compõem a ordem Caprimulgiformes
Título em inglês
Osteology and phylogeny of the avian order Caprimulgiformes, with special emphasis o Nyctibiidae and Caprimulgidae
Palavras-chave em inglês
Caprimulgidae
Caprimulgiformes
Nyctibiidae
Osteology
Phylogeny
Systematics
Resumo em inglês
The avian order Caprimulgiformes is a morphologically heterogeneous group, in spite of their superficial resemblance and common nocturnal habits. The majority of the recent phylogenetic hypotheses are incongruent regarding the relationships among the families that compose the order, except regarding the position of Aegothelidae, which is considered more close related to the Apodiformes than to the remaining Caprimulgiformes. Due to the conflicts among recent studies, and the relationship of this order with the Apodiform birds, the main goal of this study was to propose a phylogenetic hypothesis of the Apodiform and Caprimulgiform families based on 120 osteological characters, with representatives of the orders Psittaciformes, Strigiformes, Coraciiformes and Trogoniformes as outgroups. A single most parsimonious tree revealed: Steatornithidae and Podargidae as basal taxa, nested at the base of the clade including all caprimulgiform and apodiform families; a strong support to a clade including Nyctibiidae and Caprimulgidae; and the close link of Aegothelidae to the Apodiform families, reinforcing the paraphyly of the order as mentioned in the literature but with an unprecedented morphological support. The remarkable variation among families strongly suggests the elevation of all families to the ordinal level. The noteworthy osteological variation observed within the families is also an important source of data to shed some light on the relationships among genera and species. Therefore, I propose the first phylogenetic hypotheses for the families Nyctibiidae (including fossils) and Caprimulgidae based on 37 and 112 osteological characters, respectively. Regarding Nyctibiidae, the relationships among species corroborate to some extent the previous molecular studies, mainly concerning the basal position of N. bracteatus, and suggest that the current systematics of the family, in which all species are included in the single genus Nyctibius, must be reviewed. Regarding the family Caprimulgidae, the data revealed: the paraphyly of the traditionally recognized subfamilies (Eurostopodinae, Chordeilinae and Caprimulginae); the basal position of the genera Lyncornis and Eurostopodus (with a weak support for the paraphyly of the latter); a strong support to the genus Chordeiles and the need for revalidation of Podager and Nannochordeiles; The basal position of Nyctiprogne, Lurocalis and Nyctidromus, nested at the base of a clade including all the remaining species; and the support of three clades, one including South American species; another one including South, Central and North American species; and another including old world species. These results corroborate to some extent previous molecular studies and emphasize the importance of the use of detailed osteological characters to the elucidation of the phylogenetic relationships in this family, as observed in Nyctibiidae and also among the families that compose the order Caprimulgiformes
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Thiago_Costa.pdf (16.27 Mbytes)
Data de Publicação
2015-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.