• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Thalles Platiny Lavinscky Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Nihei, Silvio Shigueo (Presidente)
Ament, Danilo Cesar
Brown, Brian Victor
Carrijo, Tiago Fernandes
Marinho, Marco Antonio Tonus
Título em português
Análise cladística das moscas parasitoides de formigas dos gêneros Neodohrniphora Malloch 1914, Cremersia Schmitz 1924 e Eibesfeldtphora Disney 2009 (Diptera, Phoridae, Metopininae)
Palavras-chave em português
Cladistica
Formicidae
Parasitóides
Phoridae
Resumo em português
Os dípteros da família Phoridae possuem grande diversidade, bem como apresentam entre seus gêneros e espécies uma das maiores plasticidades de papeis no ecossistema, atuando como herbívoros, decompositores, polinizadores, parasitoides etc.. Alguns grupos são conhecidos como parasitoides de formigas como os gêneros Cremersia Schmitz 1924, Eibesfeldtphora Disney 2009 e Neodohrniphora Malloch 1914. Em termos filogenéticos, a primeira hipótese cladistica proposta recuperou Cremersia Schmitz e Neodohrniphora Malloch como gêneros irmãos. Posteriormente, Neodohrniphora foi classificado em três subgêneros: N. (Eibesfeldtphora Disney), N. (Neodohrniphora Malloch) e N. (Wallerphora Disney). Mais recentemente, o subgênero Eibesfeldtphora foi elevado ao nível de gênero e os gêneros Cremersia e Neodohrniphora foram sinonimizados como único grupo, baseado em análises morfológicas. Tais mudanças foram justificadas com base nas características do ovipositor. Portanto, os objetivos do presente trabalho foram no capítulo 1, reconstruir as relações filogenéticas entre os gêneros Cremersia, Eibesfeldtphora e Neodohrniphora revisando amplamente os caracteres morfológicos de genitália e estudar as relações coevolutivas com seus hospedeiros, e no capítulo 2 revisar taxonomicamente o gênero Neodohrniphora. A maior parte do material estudado e analisado morfologicamente foi proveniente principalmente das coleções LACM (Los Angeles - EUA) e MZSP (São Paulo - Brasil). O resultado da análise filogenética recuperou os gêneros como monofiléticos e a presença de traços coevolutivos entre os parasitoides e os hospedeiros. No segundo capítulo sete novas espécies foram descritas para o gênero Neodohrniphora. Esse estudo confirma a importância de estudos de genitália feminina para os grupos de parasitóides, tanto para informações taxonômicas como para filogenéticas. Trabalhos futuros serão importantes para elucidar melhor esses mecanismos de oviposição dos forídeos, como o estudo da musculatura do abdômen e a observação em campo do ataque dos parasitóides às formigas
Título em inglês
Cladistics analysis of the ant-parasitoid flies of the genera Neodohrniphora Malloch 1914, Cremersia Schmitz 1924 and Eibesfeldtphora Disney 2009 (Diptera, Phoridae, Metopininae)
Palavras-chave em inglês
Cladistics
Formicidae
Parasitoids
Phoridae
Resumo em inglês
The Phoridae have a great diversity, as well as presenting one of the largest plasticides of roles in the ecosystem, acting as herbivores, decomposers, pollinators, parasitoids, etc. Some groups are known as ant parasitoids like the genera Neodohrniphora Malloch 1914,. Cremersia Schmitz 1924 and Eibesfeldtphora Disney 2009. In phylogenetic studies, the first proposed cladistic hypothesis recovered Cremersia Schmitz and Neodohrniphora Malloch as sister genera. Subsequently, Neodohrniphora was classified into three subgenus: Eibesfeldtphora, Neodohrniphora and Wallerphora. More recently, the subgenus Eibesfeldtphora was raised to the genus level and the genera Cremersia and Neodohrniphora were synonymized, based on morphological analyzes. The synonym was justified based on the characteristics of the ovipositor. The objective of the present work was to reconstruct the phylogenetic relationships between the genera Cremersia, Eibesfeldtphora and Neodohrniphora, revising extensively the morphological characters of genitalia and to study the coevolutionary relations with their hosts, and in chapter 2 make a revision of the genus Neodohrniphora. Most of the material studied and analyzed morphologically came from the LACM (Los Angeles - USA) and MZSP (São Paulo - Brazil) collections. The result of the phylogenetic analysis recovered the genera as monophyletic and the presence of coevolutionary traits between the parasitoids and the hosts. This study confirms the importance of studies of female genitalia for groups of parasitoids, both for taxonomic and phylogenetic information. Future works will be important to elucidate better the oviposition mechanisms of parasitoids, as the study of the musculature of the abdomen and the field observation of the attack of the parasitoids to the ants
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-05-06
Data de Publicação
2019-07-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.