• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2009.tde-07052009-164221
Documento
Autor
Nome completo
Renata Moretti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Miguel Trefaut Urbano (Presidente)
Carvalho, Marcelo Rodrigues de
Pires, Teresa Cristina Sauer de Ávila
Silva, Vinícius Xavier da
Verdade, Vanessa Kruth
Título em português
Revisão taxonômica do gênero Coleodactylus Parker, 1926 (Squamata, Sphaerodactylidae)
Palavras-chave em português
Coleodactylus
Espécies crípticas
Sphaerodactylidae
Taxonomia
Resumo em português
O gênero Coleodactylus está distribuído pelo norte da América do Sul e reúne cinco espécies de lagartos de tamanho reduzido que habitam o folhiço da mata. A maioria dos estudos acerca do gênero não trata das variações morfológicas entre as espécies, tendo sido o trabalho de Vanzolini (1967) a última revisão feita para o grupo. Suas espécies são reconhecidamente crípticas, e com exceção das diferenças mais evidentes que separam C. amazonicus das demais do gênero, os caracteres diagnósticos estão principalmente relacionados à folidose da cabeça. Recentemente foi publicado um estudo baseado em dados moleculares que propõe hipótese de relacionamento entre as espécies e indica que a diversidade do grupo está subestimada (Geurgas e col., 2008). Guiado pela análise molecular, foi realizada aqui o estudo taxonômico do gênero, considerando dados de morfologia externa. A avaliação de 3904 exemplares, amostrados em quase toda a distribuição geográfica do gênero, indicou forte similaridade morfológica entre os clados de Coleodactylus e que estes apresentam morfologia externa conservada, apesar da acentuada diferenciação genética. O resultado do estudo, de maneira geral, é corroborado pela análise de Geurgas e col (2008), sendo as espécies diagnosticadas morfologicamente congruentes com os agrupamentos monofiléticos encontrados no estudo molecular. As variações morfológicas encontradas aqui permitiram o reconhecimento de quatro novas espécies, duas hoje alocadas em C. septentrionalis e duas em C. meridionalis, elevando para nove o número de espécies do gênero. Devido à homogeneidade de morfologia externa e tamanho reduzido dos animais, sugere-se fortemente que estudos de outra natureza (osteológica, ecológica, etc.) e de microestruturas sejam realizados a fim de se conhecer a diversidade real do gênero.
Título em inglês
Taxonomic review of Coleodactylus genus Parker, 1926 (Squamata, Sphaerodactylidae)
Palavras-chave em inglês
Coleodactylus
Cryptical species
Sphaerodactylidae
Taxonomy
Resumo em inglês
Coleodactylus genus is widespread among the north of South America and assembles five species of dimunitive lizards that live in forests leaf-leather. The majority of studies regarding this genus do not consider morphological variations between species. Vanzolini (1967) made the last revision about this group. Species from this genus are known for being cryptical. Except for more evident differences that separate C. amazonicus from other species of this genus, diagnostic characters are mainly related to the number of scales in the head. Recently, a work based on molecular data was published. It hypothesized the relationship between species and indicated that diversity in this group is underestimated (Geurgas et al., 2008). Herein we performed the taxonomic revision of the genus, guided by molecular analysis, considering external morphological data. The evaluation of 3904 specimens, which were sampled in almost the entire geographical distribution of the genus, indicated strong morphological similarity among Coleodactylus clades, showing also conserved external morphology, despite the accentuated genetic differentiation. Results from this work, in general terms, corroborated the analysis of Geurgas et. al (2008). Diagnosed species were morphologically congruous with monophyletic groups found in this molecular work. Morphological variations found here will allow the recognition of four new species, two of them allocated in C. septentrionalis and another two in C. meridionalis, increasing to nine the number of species in the genus. Due to their external morphology homogeneity and diminutive size, we strongly suggest that studies of different nature (osteological, ecological, etc) should be made in order to unravel the real diversity of the genus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Renata_moretti.pdf (9.34 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.