• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2018.tde-03042018-112705
Documento
Autor
Nome completo
Kleber Mathubara Leite
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ragazzo, Mônica de Toledo Piza (Presidente)
Lima, Flavio Cesar Thadeo de
D'Agosta, Fernando Cesar Paiva
Título em português
Estudo taxonômico de Moenkhausia cotinho Eigenmann, 1908 (Telostei: Ostariophysi: Characiformes)
Palavras-chave em português
Characidae
Moenkhausia
Revisão taxonômica
Resumo em português
Moenkhausia cotinho Eigenmann é atualmente uma espécie considerada amplamente distribuída nos rios da bacia amazônica do rio Orinoco e nas Guianas. A espécie apresenta variações morfológicas ao longo de sua distribuição, principalmente com relação à linha lateral (linha lateral completa vs. incompleta) como já relatado por outros autores. Visando compreender os limites taxonômicos de M. cotinho foram examinados 1570 espécimes de M. cotinho e de outras espécies morfologicamente similares depositados em coleções ictiológicas do Brasil (INPA; MPEG; MZSUP; UNIR; ZUEC) e norte americanas (ANSP, CAS, FMNH, INHS, MCZ; ROM), foram analisados dados de morfologia externa, dados morfométricos e merísticos. Moenkhausia cotinho difere do congêneres por apresentar mancha escura na base da nadadeira caudal (vs. ausência de mancha escura na base da nadadeira caudal), três escamas abaixo (vs. duas ou mais que três escamas) e cinco escamas acima da linha lateral (vs. mais de 5 escamas). Todos os espécimes possuem linha latera completa, dentes do pré-maxilar e do dentário com dentes com cinco cúspides, exceto por poucos exemplares das drenagens do Mazaruni e Potaro com linha lateral incompleta e com dentes do pré-maxilar e dentário com sete cúspides, essas duas condições foram observadas independentemente uma da outra. Na ausência de informações adicionais que possam indicar o reconhecimento de espécies distintas, identificamos tentativamente todos os espécimes da Guiana como M. cotinho. Além de M. cotinho, duas novas espécies foram reconhecidas: Moenkhausia sp 1 ocorre nas drenagens do rio Beni, Guaporé, Madeira e Madre de Dios, e Moenkhausia sp 2 ocorre no baixo rio Madeira, baixo Tapajós e rio Trombetas. M. cotinho é ainda amplamente distribuída nas drenagens em rios da bacia Amazônica. As novas espécies são diagnosticadas principalmente com base no padrão de colorido e no comprimento relativo de nadadeiras peitorais e dentição. Hemigrammus newboldi Fernández-Yépez, sugerido previamente como sinônimo de M. cotinho, aqui foi considerado como uma espécie válida, baseando no padrão de colorido, linha lateral incompleta, comprimento relativo de nadadeira peitoral e dentição. H. newboldi apresenta uma distribuição periférica na amazônia occidental
Título em inglês
Taxonomic study of Moenkhausia cotinho Eigenmann, 1908 (Teleostei: Ostariophysi: Characiformes)
Palavras-chave em inglês
Characidae
Moenkhausia
Taxonomic revision
Resumo em inglês
Moenkhausia cotinho Eigenmann is currently considered a widely distributed species in the Amazon and Orinoco river basins and in the rivers of the Guyana. The species presents morphological variation throughout its distribution range, and previous authors have specifically reported variation in the number of perforated scales in the lateral line (lateral line complete vs. incomplete). In order to understand the taxonomic limits of M. cotinho, 1570 specimens of M. cotinho and other species similar morphologically, from Brazilian (INPA; MPEG; MZSUP; UNIR; ZUEC) and North American ichthyological collections (ANSP, CAS, FMNH, INHS, MCZ; and ROM) were analyzed based on data from external morphology, morphometric and meristic data. Moenkhausia cotinho differs from its congeners in the presence of a dark spot on the caudal peduncle (vs. dark spot absent), three rows of scales below (vs. two or more than three) and five scales above the lateral line (vs. more than five). All specimens possess a complete lateral line, pre-maxilary and dentary teeth with five cups. Many specimens from drainages of Cuyuni, Mazaruni and Potaro have an incomplete lateral line,pre-maxilary anddentary teeth with seven cusps, with those two features varying independently from each other. In the absence of additional information that could indicate the recognition of distinct species, we tentatively identified all specimens from the Guyana as M. cotinho. In addition to M. cotinho, two new species were recognized: Moenkhausia sp. 1 from the Rio Beni, Rio Guaporé, Rio Madeira and Rio Madre de Dios drainages, and Moenkhausia sp. 2 from Rio Madeira, lower Rio Tapajós and lower Rio Trombetas. M. cotinho is still widely distributed in rivers of the Amazon and Orinoco basin. The new species are diagnosed on the basis of differences in color pattern, relative length of the pectoral fin, and number of teeth on the dentary. Hemmigrammus newbodi Fernandez-Yépez, previously suggested to be a synonym of M. cotinho, is herein considered a valid species based on differences in color pattern, by having an incomplete lateral, and a relatively long pectoral fin. This species presents a peripheral distribution in rivers of the upper Amazon and Orinoco basins. The synonymy of Knodus albolineatus Holly with M. cotinho is herein corroborated
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-04-02
Data de Publicação
2018-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.