• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Eiji Iwama
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Souza, Ana Maria de (Presidente)
Christofersen, Martin Lindsey
Fukuda, Marcelo Veronesi
Título em português
Sanguessugas parasitas da ordem Rhyncobdellida (Clitellata: Hirudinida) do território brasileiro
Palavras-chave em português
Austrobdella
Glossiphoniidae
Hirudinea
Rhyncobdella
Sanguessugas
Resumo em português
Sanguessugas são importantes componentes da comunidade de macroinvertebrados bentônicos, podendo ser parasitas ou predadoras. Apesar das propriedades terapêuticas relacionadas à secreção salivar destes animais serem conhecidas por milênios, pouca atenção taxonômica foi dada ao grupo, principalmente em regiões como América do Sul, África e Ásia. O objetivo deste trabalho foi de inventariar a hirudofauna parasita da ordem Rhyncobdellida do território brasileiro e aplicar novas técnicas de estudo taxonômico, que não são recorrentes para o grupo. Além das observações da morfologia interna e externa através de dissecções e esteomicroscópio, foi realizado o estudo do tegumento através de microscopia eletrônica de varredura e microtomografia computadorizada para o estudo anatômico. Foram encontradas 7 espécies válidas e 7 espécies novas para a ciência. As ocorrências dos gêneros Oligobdella e Placobdella são discutidas em detalhe e é sugerida a criação de dois novos gêneros, para acomodar as espécies parasitas de Glossiphoniidae bianuladas e trianuladas da América do Sul. O gênero Austrobdella é registrado pela primeira vez para o Atlântico Sul, na costa do Rio de Janeiro
Título em inglês
Parasites leeches of the order Rhyncobdellida from Brazil.
Palavras-chave em inglês
Austrobdella
Glossiphoniidae
Hirudinea
Leeches
Rhyncobdella
Resumo em inglês
Leeches are important components of the macroinvertebrates community and they have parasitic or predatory behavior. Although the therapeutic properties related to the salivary secretion are known for thousands of years, little attention was given to taxonomic studies, especially in South America, Africa and Asia. The present study aims to explore the diversity of parasitic rhyncobdelid leeches in Brazil and apply new technologies to the taxonomic study of this group. Besides the classic observation on the internal and external morphology using dissection and a stereomicroscope, Scanning Electron Microscopy and Microcomputed tomography were used to access the fine structure of the tegument and the internal morphology, respectively. seven known species and 7 species new to science were found. The occurrences of Oligobdella and Placobdella are discussed and the description of two new genera is suggested, to accommodate biannulate and triannulate parasitic glossiphonid species from South America. The genus Austrobdella is reported for the first time to the Southern Atlantic, from the coast of Rio de Janeiro
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Rafael_Iwama.pdf (7.35 Mbytes)
Data de Publicação
2018-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.