• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2007.tde-28012008-173303
Documento
Autor
Nome completo
Wellington Forster
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Souza, Vinicius Castro (Presidente)
Koehler, Samantha
Nunes, João Vicente Coffani
Salatino, Maria Luiza Faria
Sano, Paulo Takeo
Título em português
Estudo taxonômico das espécies com folhas planas a conduplicadas do gênero Octomeria R.Br. (Orchidaceae)
Palavras-chave em português
Octomeria
Orchidaceae
Pleurothallidinae
Sistemática
Resumo em português
Octomeria é um gênero neotropical que ocorre desde a América Central, Antilhas, Colômbia, Venezuela, Guiana, Suriname, Guiana Francesa, Suriname, Equador, Peru, Bolívia, Brasil, Paraguai até o Norte da Argentina. O gênero compreende aproximadamente 150 espécies, com importantes centros de diversidade, nas Guianas, Bacia Amazônica e especialmente o Sudeste e Sul do Brasil. O estudo taxonômico das espécies com folhas planas a conduplicadas do gênero Octomeria é aqui apresentada. O grupo é caracterizado por plantas de hábito geralmente epífitico, rizoma reduzido ou longo-escandente, com ramicaules curtos ou longos, as folhas distintamente conduplicadas e planas. A inflorescência fasciculada ou uniflora, sendo que as flores possuem sépalas e pétalas do muito semelhantes entre si, porém desiguais no tamanho; as sépalas laterais podem ser conadas ou livres, o polinário geralmente tem 8 polínias, exceto para uma espécie com 6 polínias. Neste trabalho são reconhecidas 64 espécies na seção, sendo quatro novas para a ciência. São apresentados uma chave de identificação, descrições morfológicas, ilustrações, período fenológico, distribuição geográfica, hábitat e comentários gerais para cada uma das espécies. A revisão revelou 17 espécies não incluídas no tratamento taxonômico por falta de informações sobre as mesmas. Foram excluídos um total de 23 táxons de Octomeria por não apresentarem os caracteres diagnósticos do gênero. O estudo filogenético foi realizado através do uso de seqüências nucleotídicas de nrDNA (ITS). A análise molecular foi feita utilizando a busca heurística e a máxima parcimônia como critério de optimização, a polarização dos caracteres foi feita pelo método do grupoexterno. A análise teve como objetivo verificar as relações entre Octomeria e gêneros próximos e o posicionamento das categorias infragenéricas estabelecidas para Octomeria. Segundo os resultados obtidos nessa análise Atopoglossum e Brachionidium emergiram numa politomia com Octomeria, os três gêneros foram indicados como monofiléticos. Dentro de Octomeria, as seções Octomeria e Teretifoliae se mostram polifiléticas, revelando não ser possível esse tratamento sistemático anteriormente proposto para o gênero. A coleta de mais dados moleculares poderá resultar em melhores árvores onde poderão ser inferidos os relacionamentos entre as espécies e estabelecer um novo tratamento infragenérico.
Título em inglês
Taxonomic study of the species with flat to conduplicate leaves of the genus Octomeria (Orchidaceae)
Palavras-chave em inglês
Octomeria
Orchidaceae
Pleurothallidinae
Systematics
Resumo em inglês
Octomeria is a Neotropical genus occurring in the Central America, Antilles, Colombia, Venezuela, Guyana, Suriname, French Guiana, Ecuador, Peru, Bolivia, Brazil, Paraguay, and Northern Argentina. The genus comprises approximately 150 species, with important centers of diversity in the Guianas, the Amazon Basin and especially Southeast and South Brazil. The taxonomic study of the species with flat to conduplicate leaves of the genus Octomeria is presented here. The group is characterized by plants usually epiphytic habit, rhizome very short to long-creeping, with short or long ramicauls, the leaves distinctly conduplicate to flat. The inflorescence is fasciculate or 1-flowered, being the sepals and petals very similaries, however unequal in size; the lateral sepals can be connate or free, the pollinaria usually has 8 pollinia, excepto by one species with 6 pollinia. We recognize 64 species, four of them new. This taxonomic study of the species with flat to conduplicate leaves of genus Octomeria is provides an identification key, morphological descriptions, illustrations, phenological period, geographical distribution, habitat and general comments of each species. The revision revealed 17 species that are poorly known and were not included in the taxonomic treatment. 23 taxa were excluded from Octomeria because they did not show the morphological features which are diagnostics for the genus. The phylogenetic study was made with nucleotide sequences of the nrDNA (ITS). The molecular analysis was done using the heuristic search and the maximum parsimony as optimization criterion, and the characters were polarized by the outgroup method. The analysis aimed to verify the relationships between the Octomeria and close genera as well as the position of the infrageneric ranks previously established within Octomeria. According to our this analysis, Atopoglossum and Brachionidium emerge in politomy with Octomeria, and all three genera were indicated as monophyletic. Within Octomeria, the sections Octomeria and Teretifoliae were indicated as poliphyletic, and therefore it is not possible this adopt this systematic treatment within the genus. The search for additional molecular data is necessary to obtain better resolved trees, especially within Octomeria which would allow inferences of the relationships between the species and establish a new infrageneric treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
wellington_Forster.pdf (67.34 Mbytes)
Data de Publicação
2008-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.