• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.41.2007.tde-05022008-150015
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Valentim Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Berchez, Flavio Augusto de Souza (Presidente)
Bitencourt, Marisa Dantas
Lopes, Natalia Pirani Ghilardi
Plastino, Estela Maria
Valentin, Yocie Yoneshigue
Título em português
Caracterização fisionômica da comunidade marinha bentônica de substrato consolidado do infralitoral no costão oeste da enseada das Palmas, ilha Anchieta, Ubatuba - SP, Brasil
Palavras-chave em português
Ecologia da Paisagem
Infralitoral
Levantamento Fisionômico
Povoamento
Substrato Consolidado
Resumo em português
Amostragens ecológicas freqüentemente requerem técnicas não destrutivas que produzem dados quantitativos da estrutura da comunidade. Muitas das dificuldades de amostragem no infralitoral estão fortemente relacionadas com limitações da técnica de mergulho, principalmente pela pequena duração do tempo de submersão. Um caminho para solucionar esse problema é desenvolver uma técnica para aumentar o número de informações obtidas durante a descida. Neste contexto, o método do levantamento fisionômico, tendo como unidade de paisagem o povoamentos foi aplicado em um trecho de 750 m, no infralitoral, a profundidade que varia até 6,5 metros, no costão oeste da Enseada das Palmas, Ilha Anchieta. Objetivou-se neste trabalho realizar as quatro abordagens deste método, que são: descrever os povoamentos e suas espécies dominantes, determinar a repartição espacial geo-referenciada dos povoamentos e ESP, determinar quantitativamente a estrutura da comunidade bentônica e avaliar qualitativamente a composição específica de cada povoamento. A área de estudo foi dividida em quadro setores e três profundidades. Na primeira abordagem foram identificados todos os povoamentos discriminados visualmente e confeccionada uma ficha para cada um. Na segunda abordagem foi utilizado um GPS para determinação do geo-posicionamento. As posições verticais foram obtidas através do uso de profundímetro. Baseado nos dados de geo-referenciamento calculou-se os dados de freqüência relativa de cada povoamento na área total, nos setores e nas profundidades. Sessenta e nove povoamentos e oito ESP foram identificados e descritos sendo 52% formados por fitobentos, a maior ocorrência de Rhodophyta, e 42% de zoobentos, a maior ocorrência de Cnidaria. A categoria Colônia foi a mais representada e a maioria dos povoamentos ocorreu de forma pontual. No verão o Tapete de Ectocarpales com Amphiroa e Jania apresentou maior freqüência (17,6%) e, no inverno, Tapete de Bacillariophyceae com Amphiroa e Jania (20,0%) para toda a área. A colônia de Palythoa foi o povoamento zoobentônico que se destacou no verão e no inverno. Houve mais de 73% de similaridade entre alguns setores e profundidades nas duas amostragens. Na terceira abordagem buscou-se caracterizar quantitativamente a estrutura da comunidade bentônica através do recobrimento percentual de fotoquadrados de 35,00 x 26,25 cm. Foram realizadas análises de repartição espacial nos modos Q e R e avaliação de heterogeneidade dos agrupamentos formados. Foram obtidos 229 elementos amostrais no verão e 232 no inverno, os quais evidenciaram 47 povoamentos e 4 ESP. Os povoamentos fitobentônicos foram mais representativos na área (55,0%). Os dados de recobrimento permitiram observar oito povoamentos distribuídos ao longo do costão no período do verão e apenas dois no período do inverno. Na quarta abordagem elaborou-se uma listagem de táxons de fito e zoobentos sésseis e semi-sésseis encontrado na área nas duas amostragens e analisou-se a possível perda de informação ao nível específico por povoamento. Foram encontrados 131 táxons, sendo 93 fitobentos e 38 zoobentos. O número de táxons foi maior no inverno (117) do que no verão (111). O povoamento com maior número de táxons no verão foi Tapete de Ectocarpales com Amphiroa e Jania com 31 e no inverno Tapete de Wrangelia com Amphiroa e Jania com 39. Os resultados revelam que os povoamentos são formados por poucos táxons dominantes.
Título em inglês
Phisiognomic characterization of marine benthic communities of infralittoral consolidated substrata on the rock shore in the west Cove of Palmas, Anchieta Island State Park, Ubatuba - SP, Brazil
Palavras-chave em inglês
consolidated substrata
infralittoral
landscape ecology
physiogonomic assessment
settlement
Resumo em inglês
Ecological samples require frequently non destructive techinques which produce quantitative date from community structure. Many of sample difficulties in the infralittoral are strongly related with diver technich restrictions, mainly by small time duration of submersion. A way to resolve this problem is develop a technich to increase the number of information obtained during the deep descent. In this context, the Physiogonomic Assessment method, having the settlement as landscape unit was applied in a 750 meters in infralittoral strech at variables deeps until 6,5 meters, in the west rock shore of the Palmas Cove, Anchieta Island. Aim in this work to realize this four approachs of this method, which are: to describe settlements and your dominant species, to determine the spatial geo-referenced cutting of settlements and Landscape Sollitary Elements (ESP), to determine benthic community structure quantitativaly and to evaluate the specific composition of each settlement. The study area was divided in four sectors and three deeps. At first approach were identifieds all visualizely discriminateds settlements and made a card. In the second approach was used a GPS to determine the geo-referenced positions. The vertical positions was obtained with use of depth gauge. Based on geo-referenced data, the relative frequency data was calculated to each settlement in total area, in sectors and depths. Clustering analysis were performed for the qualitative sectors and depths. Sixty-nine settlements and eight Solitary Elements in the Landscape were identified and described, 52% formed by phytobenthos, the greater occurrence of Rhodophyta, and 42% of zoobenthos, the largest occurrence of Cnidaria. The category Colony was the most represented and most settlements occurred so punctual form. In summer, Ectocarpales with Amphiroa and Jania Carpet presented most frequency (17.6%) and, in winter, Bacillariophyceae with Amphiroa and Jania Carpet (20.0%) for the whole area. The Palythoa Colony was the zoobenthic settlement to standed out in both summer and winter. There were more than 73% similarity between some sectors and depths in the two samples. In third approach search to caracterize the community structure qualitatively throughout 35,00 x 26,25 cm photoquadrats percent cover. Was realized spatial cutting analysis in both modes Q and R and evaluation of formed grouping heteroneity. Was obtained 229 samples element in summer and 232 in winter, which to make clear 47 settlements and 4 ESP. Phytobenthic settlements was most representative in area (55,0%). Cover date to allow observe eight settlements distributed by allong of rock shore in Summer and just two in winter. In four approach was elaborate a sessile and semi-sessile phytobenthos and zoobenthos taxa list encoutered at area in two samples and was analized the possible information loss at specific level by settlement. Were encoutered 131 taxa, 93 phytobenthos and 38 zoobenthos. The taxa number was gratest in winter (117) than Summer (111). The settlement with greater taxa number in Summer was Ectocarpales with Amphiroa and Jania Carpet WITH 31 taxa and in winter Wrangelia with Amphiroa and Jania Carpet with 39. The results reveal with settlements are formed by few dominat taxa.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.