• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2008.tde-03062008-111424
Documento
Autor
Nome completo
Juliane Karine Ishida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Sluys, Marie Anne van (Presidente)
Costa, Ana Paula Pimentel
Mercier, Helenice
Título em português
Estudo do perfil transcricional do retrotransposon Retrolyc1 em mutantes de tomate Micro-Tom e em suspensão celular de fumo
Palavras-chave em português
Retrolyc1
Retrotransposon
Resumo em português
Retrolyc1 é um retrotransposon isolado de uma biblioteca genômica de L. peruvianum (Solanaceae). Análise da região promotora U3 deste elemento indicou a presença de duas subfamílias Retrolyc1A e Retrolyc1B que diferem entre si principalmente pela presença ou ausência de motivos repetidos (Araujo et al., 2001). Este trabalho teve como objetivo geral demonstrar a atividade transcricional de Retrolyc1 A e Retrolyc1B. Os resultados obtidos demonstram que região promotora de Retrolyc1B é um promotor funcional. Sendo que os perfis de expressão de Retrolyc1A e Retrolyc1B são distintos quando induzidos por moléculas mediadoras de resposta a defesa vegetal. Diferenças no perfil de expressão de Retrolyc1A e Retrolyc1B também são encontradas durante o tratamento auxinas naturais e sintéticas. A expressão de Retrolyc1 e do retrotransposon similar à Retrolyc1, Tnt1, é modulada ao longo do ciclo celular. Analises apontam aumento da expressão destes elementos nas fases G1/S. Já o estudo da expressão de Retrolyc1A em mutantes hormonais nas vias de auxina e citocinina reforçam a modulação positiva por auxina e sugerem uma modulação negativa por citocinina. Os resultados descritos sugerem a via de ativação de Retrolyc1A difere de Retrolyc1B. Sendo que Retrolyc1A possui sua expressão modulada durante o desenvolvimento vegetal, em particular nas células que estão em fase de divisão celular ativa assim como nos tecidos onde a auxina endógena é fundamental para a organogênese correta (raízes e frutos).
Título em inglês
Expression Analysis of the Retrotransposon Retrolyc1 in tomato mutants and in tobacco cells
Palavras-chave em inglês
Retrolyc1
Retrotransposon
Resumo em inglês
Retrolyc1 is a retroelemento originally isolated from genomic library of L. peruvianum (Solanaceae). Analysis based on promoter region of this element indicated that Retrolyc1 are composed of two subfamilies Retrolyc1A and Retrolyc1B (Araujo et al., 2001). This study aimed to demonstrate the transcriptional activity of Retrolyc1 A and Retrolyc1B. The results showed the promoter region of Retrolyc1B is functional. In addition, the expression pattern of Retrolyc1A and Retrolyc1B are different when they were induced by signaling molecules of plant defense response. The activity of promoter region of these elements is also activated during the treatment with natural and synthetic auxin. The expression analysis of Retrolyc1 and Tnt1 showed modulation along the cell cycle. Both elements have transcription level increased in phases G1 / S. In order to analyze the modulation of Retrolyc1A by hormone, its transcription level was analyzed in tomato mutants. The lower expression of Retrolyc1A in roots of mutants with defective perception in auxin pathway (dgt) and higher in defective cytokinin pathway (brt), reinforce the positive modulation by auxin and suggest a negative modulation by cytokinin. Our results suggest the route of activation of Retrolyc1A differs from Retrolyc1B. The expression of Retrolyc1A has been modulated during plant development, especially in cells in the process of cell division and active in the tissues where the endogenous auxin is essential for the correct organogenesis (roots and fruits).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
juliane_Ishida.pdf (4.24 Mbytes)
Data de Publicação
2008-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.