• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2007.tde-21122007-140301
Documento
Autor
Nome completo
Danilo Vicensotto Bernardo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Neves, Walter Alves (Presidente)
Araujo, Astolfo Gomes de Mello
Eggers, Sabine
Título em português
Afinidades morfológicas intra e extra-continentais dos paleoíndios de Lagoa Santa: uma nova abordagem
Palavras-chave em português
Análise Multivariada
Craniometria
Paleoamericanos
Resumo em português
O presente trabalho propõe-se a analisar as afinidades biológicas através da comparação estatística multivariada dos dados craniométricos dos Paleoíndios de Lagoa Santa com outras séries esqueletais representativas de diversas regiões do mundo, testando, de forma complementar, as relações biológicas primeiramente observadas por Neves & Pucciarelli (1989). De acordo com a proposta inicial de Neves e Pucciarelli (1989), que sugere que a ocupação do Novo Mundo se deu a partir da chegada de dois componentes biológicos à América, os Paleoíndios, representantes da primeira leva de colonizadores, apresentam morfologia craniana generalizada, semelhante à observada entre as populações australo-melanésicas e africanas atuais e diametralmente oposta à morfologia especializada, característica dos nativos americanos recentes, todos descendentes da segunda leva de colonizadores. Para a execução do trabalho proposto foi utilizado, como base de dados comparativa à série Paleoíndia de Lagoa Santa, uma base de dados alternativa ao banco Howells, classicamente utilizado nas investigações bioantropologicas. A base de dados alternativa, numericamente expressiva e contando com populações originárias de 19 grandes regiões geográficas, foi organizada pelo Prof. Tsunehiko Hanihara, do Departamento de Anatomia da Saga Medical School (Saga, Japão), e cedida ao Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos para a execução deste trabalho. Os resultados gerados através das técnicas estatísticas multivariadas empregadas indicaram que a população Paleoíndia de Lagoa Santa, em escala intracontinental, não se associa com as populações indígenas nativas americanas tardias e atuais e, em escala extra-continental, apresentam, de maneira geral, uma morfologia craniana mais semelhante à apresentada por populações de morfologia craniana generalizada
Título em inglês
Intra and Extra-continental Morphological affinities of the Paleoindians of Lagoa Santa: a new approach
Palavras-chave em inglês
Craniometry
Multivariate Analysis
Paleoamericans
Resumo em inglês
The present work proposes the analysis of the biological affinities, through a multivariate statistics comparison, of the Lagoa Santa Paleoindians´ craniometric data and other skeletal series, representatives of other regions in the world, testing, in a complementary way, the biological relationships first observed by Neves & Pucciarelli (1989). In accordance with Neves and Pucciarelli initial proposal, which suggests that the New World settlement happened with the arrive of two biological components to the America, the Paleoindians, representatives of the first migration wave, who show the generalized cranial morphology, resembling the one observed among the australomelanesian and african current populations, and completely opposite to the specialized morphology of the current native americans, all descendents from the second migration wave. For the accomplishment of this work it was used, as comparative data base to the Lagoa Santa's Paleoindians series, an alternative data set from that produced by Howells, commonly utilized in physical anthropological studies. The alternative data base, numerically expressive and counting with populations derived from 19 great geographic regions, was organized by the Professor Tsunehiko Hanihara, from the Anatomy Department of Saga Medical School (Saga, Japan), and granted to the Laboratory of Human Evolution Studies (Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos - LEEH), for the execution of this project. The results generated through the employee multivariate statistics technics pointed out that the Paleoindian population from Lagoa Santa, in a intra-continental scale, do not associate with the american indigenous populations, neither from the past nor the present and, from the extra-continental scale, they present, in a general manner, a cranial morphology that resembles more that one presented by the populations with the generalized cranial morphology.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.