• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.41.2002.tde-17062002-121701
Documento
Autor
Nome completo
Flávio de Oliveira Francisco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Arias, Maria Cristina (Presidente)
Lama, Marco Antonio Del
Miyaki, Cristina Yumi
Título em português
Diversidade genética de populações da abelha sem ferrão Plebeia remota: análise do DNA mitocondrial e microssatélites.
Palavras-chave em português
DNA mitocondrial
microssatélites
Plebeia remota
Resumo em português
Ferramentas moleculares têm sido amplamente utilizadas em estudos de caracterização de populações. Dentre essas ferramentas destaca-se o DNA mitocondrial (DNAmt) e os microssatélites. Em abelhas Apis mellifera esses dois marcadores têm auxiliado no entendimento da dinâmica de populações, caracterização de subespécie, filogeografia e relações filogenéticas. Neste trabalho, nosso objetivo foi caracterizar populações da abelha nativa Plebeia remota com os marcadores moleculares acima citados para uma possível correlação entre suas composições genéticas e biogeografia. Foram estudadas amostras de quatro populações (SP, PRp, PRc e SC) pertencentes a três estados brasileiros: SP, PR e SC. Foi caracterizado o DNAmt de 70 colméias dessa espécie, e pudemos observar a existência de 15 haplótipos distintos. Diferentes métodos estatísticos revelaram isolamento entre as quatro populações estudadas, indicando a ausência de fluxo gênico via fêmea. Com relação ao uso dos microssatélites, sete locos foram selecionados e analisados em 360 indivíduos de 72 colméias. Análises realizadas com cinco indivíduos por colméia mostraram ser menos eficientes do que as realizadas com um indivíduo por colméia, cujo resultado não mostrou diferenciação entre as populações de SP e PRc, e entre PRc e SC. Essa ausência de isolamento pode ser devida ao pequeno número amostral de PRc. As topologias dos fenogramas construídos com base nos dados do DNAmt e dos microssatélites, relacionando as quatro populações estudadas, foram concordantes.
Resumo em inglês
Molecular tools have been widely applied in studies of population characterization. Among those tools, the mitochondrial DNA (mtDNA) and the microsatellites are the most successfully used. In honeybees Apis mellifera these two molecular markers have added new and important informations about population dynamics, subspecies characterization, phylogeography and phylogenetic relationships. In this work, our objective was to characterize populations of the native bee Plebeia remota using the molecular markers mentioned above and make correlation between their genetic compositions and biogeography. Samples from four populations (SP, PRp, PRc and SC) were studied, belonging to three Brazilian states: SP, PR and SC. The mtDNA from 70 colonies was characterized, and 15 distinct haplotypes were determined. Through statistical methods, isolation among the four populations studied was shown, indicating the absence of female gene flow. For the microsatellites, seven loci were selectioned and 360 individuals from 72 colonies were analyzed. The data obtained using five individuals per colony showed to be lees efficient than the analysis made with one individual per colony. The microsatellite data from one individual did not show isolation between SP and PRc populations neither between PRc and SC populations. The apparent lack of population structure might be due to the small number of samples from PRc. The topologies of the phenograms built based on the data from mtDNA and microsatellites, were similar.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FOFrancisco.pdf (848.33 Kbytes)
Data de Publicação
2002-09-04
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ARIAS, Maria Cristina, et al. Molecular markers as a tool for population and evolutionary studies of stingless bees [doi:10.1051/apido:2006021]. Apidologie [online], 2006, vol. 37, n. 2, p. 259-274.
  • FRANCISCO, Flávio de Oliveira, et al. Isolation and characterization of 15 microsatellite loci in the stingless bee Plebeia remota (Apidae : Meliponini) [doi:10.1007/s12686-010-9369-0]. Conservation Genetics Resources [online], 2011, vol. 3, n. 3, p. 417-419.
  • FRANCISCO, Flávio de Oliveira, et al. Morphometrical, biochemical and molecular tools for assessing biodiversity. An example in Plebeia remota (Holmberg, 1903) (Apidae, Meliponini) [doi:10.1007/s00040-008-0992-7]. Insectes Sociaux [online], 2008, vol. 55, n. 3, p. 231-237.
  • FRANCISCO, Flávio de Oliveira, and ARIAS, Maria Cristina. Inferences of evolutionary and ecological events that influenced the population structure of [doi:10.1051/apido/2009079]. Apidologie [online], 2010, vol. 41, n. 2, p. 216-224.
  • FRANCISCO, Flávio de Oliveira, BRITO, Rute Magalhães, and ARIAS, Maria Cristina. Alelle number and heterozigosity for microsatellite loci in different stingless bee species (Hymenoptera : Apidae, Meliponini) [doi:10.1590/S1519-566X2006000500011]. Neotropical Entomology [online], 2006, vol. 35, n. 5, p. 638-643.
  • FRANCISCO, Flávio de Oliveira, SANTIAGO, Leandro Rodrigues, and ARIAS, Maria Cristina. Molecular genetic diversity in populations of the stingless bee Plebeia remota : A case study [doi:10.1590/S1415-47572013000100017]. Genetics and Molecular Biology [online], 2013, vol. 36, n. 1, p. 118-123.
  • ARIAS, Maria Cristina, FRANCISCO, Flávio de Oliveira, e SILVESTRE, Daniela. O DNA mitocondrial em estudos populacionais e evolutivos de meliponíneos. In MELO, GAR, e ALVES-DOS-SANTOS, I.. Apoidea Neotropica : Homenagem aos 90 Anos de Jesus Santiago Moure. Editor. Criciúma : UNESC, 2003. p. 305-309.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.