• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2001.tde-21012004-113950
Documento
Autor
Nome completo
Jorge Dorfman Knijnik
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Simoes, Antonio Carlos (Presidente)
Alonso, Luiza Beth Nunes
Okuma, Silene Sumire
Título em português
Ser é ser percebido: uma radiografia da imagem corporal das atletas de handebol de alto nível no Brasil.
Palavras-chave em português
corpo
esporte
handebol
imagem corporal
mulher
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo pesquisar, no âmbito das equipes femininas de handebol de alto nível do Brasil, a imagem corporal de suas atletas. Apesar da presença da mulher no meio esportivo nunca ter sido tão grande como na atualidade, vários preconceitos ainda incomodam as atletas de alto rendimento, notadamente aqueles vinculados às imagens e formas de seus corpos. Inicialmente, o estudo aborda a história da atividade corporal e esportiva da mulher nos Estados Unidos e no Brasil, a partir do século XVII até os dias de hoje. Em seguida, utilizando-se um referencial teórico fenomenológico, procura-se compreender o corpo de uma perspectiva não - dualista. O instrumento utilizado na pesquisa foi o “inventário para avaliação da imagem corporal das atletas de handebol de alto nível no Brasil”, o qual, a partir de 65 frases, compara a imagem corporal real da atleta com aquela idealizada por esta. Participaram do estudo 156 atletas de handebol de alto nível, com idades entre 14 e 33 anos (média de 20,26 anos). Como resultados, encontraram-se diferenças estatisticamente significantes entre a imagem corporal real e a ideal em 35 (@ 54%) das proposições do questionário, em diversas dimensões da imagem corporal. Este estudo corrobora pesquisas feitas internacionalmente, que mostram que as mulheres, para se manter no esporte de alto nível, precisam perpetuar características estereotipadas como femininas, mesmo que estas se choquem com as necessidades corporais de sua modalidade.
Título em inglês
Being is to be perceived: an x-ray of the high-level women handball athletes' body image in Brazil.
Palavras-chave em inglês
body
body image
handball
sport
woman
Resumo em inglês
The purpose of this study was to research, within the scope of high-level women handball athletes in Brazil the body image of its athletes. Although the presence of women in the sports world has never before been so significant as it is today, a good deal of discrimination still troubles high-yield women athletes, especially discrimination concerning the image and shape of their bodies. Initially, the study addresses the history of the body and of sports practiced by women in the United States and in Brazil, since the beginning of the 17th century until today. Next, using a phenomenological theoretical reference, one seeks to understand the body from a non-dualist perspective. The tool used in the research was the “inventory for the evaluation of the body image of high-level women athletes in Brazil.” Starting with 65 statements, the study compares the athletes’ real body image with that idealized by them. Hundred and fifty-six high-level athletes, aged between 14 and 33 (average 20.26 years) participated in the study. The results showed statistically significant differences between the real and ideal body images at 35 (@ 54%) of the choices of the questionnaire, in several dimensions of the body image. This study corroborates previous international researches, which showed that women, to be able to stay in high-level sports, must keep stereotyped characteristics considered feminine, even if in conflict with the body requirements of her sport modality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2004-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.