• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Rey Perez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Rubio, Katia (Presidente)
Angelo, Luciana Ferreira
Giglio, Sérgio Settani
Saura, Soraia Chung
Zimmermann, Ana Cristina
Título em português
O entendimento de valores olímpicos por atletas olímpicos brasileiros
Palavras-chave em português
Ética
Narrativa biográfica
Olimpismo
Valores olímpicos
Resumo em português
O esporte na sociedade contemporânea se constitui como uma prática valorizada pautada em tradições, valores e excelências. Esse conjunto de características é próprio de um sistema ético e moral. Pierre de Coubertin, ao criar os Jogos Olímpicos da Era Moderna, pensou o esporte como uma filosofia de vida, o Olimpismo, que exalta e combina, em equilíbrio, as qualidades do corpo, da mente e da alma. O esporte, como fio condutor das relações interpessoais, poderia, de certa forma, expor valores e comportamentos significativos, constitutivos de uma identidade cultural, fornecendo um contexto de potencial educativo, bem como uma plataforma de atitudes éticas e de valores indispensáveis à vida social e individual. Disso surgem os valores olímpicos, entendidos como valores humanos, (amizade, coragem, respeito, excelência, inspiração, determinação e igualdade) que podem ser um meio de reforçar a identidade pessoal e fortalecer a capacidade de alcançar objetivos por meio do esporte. O objetivo deste trabalho é discutir a compreensão que atletas olímpicos brasileiros têm dos chamados valores olímpicos, entendendo estes como virtudes morais. Para tanto, serão analisadas as histórias de vida de dez atletas olímpicos, situando-os em momentos históricos distintos: 1948-1984 (fase do amadorismo); 1988-2016 (fase do profissionalismo). Os atletas procuraram expor o seu conceito sobre cada valor e suas narrativas convergiram para os mesmos entendimentos, muito embora, os atletas da fase do profissionalismo deram uma ênfase maior a questões relacionadas com a competitividade e perfeccionismo, possivelmente fruto do ambiente em que a concorrência e os níveis de excelência exigidos são determinantes para o sucesso em suas carreiras atléticas. Desse modo, é possível afirmar que os valores não foram alterados com a mudança do amadorismo para o profissionalismo, mas revalorizados em função das transformações na sociedade contemporânea
Título em inglês
The understanding of Olympic values by brazilian olympic athletes
Palavras-chave em inglês
Biographical narratives
Ethics
Olimpism
Olympic values
Resumo em inglês
Sport in contemporary society is a valued practice based on traditions, values and excellence. This set of characteristics is characteristic of an ethical and moral system. Pierre de Coubertin, in creating the Olympic Games of the Modern Era, thought that sport as a philosophy of life, Olympism, that exalts and combines, in balance, the qualities of body, mind and soul. Sport, as the guiding thread of interpersonal relations, could, in a way, expose significant values and behaviors, constituting a cultural identity, providing a context of educational potential, as well as a platform for ethical attitudes and values indispensable to social and individual life. Out of this comes Olympic values, understood as human values (friendship, courage, respect, excellence, inspiration, determination and equality) that can be a means of reinforcing personal identity and strengthening the ability to achieve goals through sport. The objective of this work is to discuss the understanding that Brazilian Olympic athletes have of the so-called Olympic values, understanding these as moral virtues. To do so, the life histories of ten Olympic athletes will be analyzed, situating them in different historical moments: 1948-1984 (amateur phase); 1988-2016 (professionalism phase). The athletes try to expose their concept on each value and their narratives converge to the same understandings, although the athletes of the professionalism phase put a greater emphasis on issues related to competitiveness and perfectionism, possibly fruit of the environment where competition and levels Of excellence required are key to success in their athletic careers. Thus, it is possible to affirm that the values were not altered with the change from amateurism to professionalism, but revalued by the transformations in contemporary society
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.