• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2008.tde-27012009-085352
Documento
Autor
Nome completo
Fernando de Campos Mello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Franchini, Emerson (Presidente)
Oliveira, Alvaro Reischak de
Tricoli, Valmor Alberto Augusto
Título em português
Contribuição dos sistemas energéticos na água e em diferentes ergômetros de remo
Palavras-chave em português
Consumo de oxigênio
Desempenho
Lactato
Resumo em português
O remo é uma modalidade que depende muito das condições ambientais para ser praticada, tais como vento, chuva e frio, as quais podem atrapalhar e, dependendo da variação, até impedir a sua prática. Por esses motivos, a realização de atividades em ambiente fechado torna-se importante nesse esporte. A alternativa mais utilizada para treinamento e avaliação é o ergômetro de remo Concept2. Contudo, a dinâmica do ergômetro de remo é diferente da dinâmica na água. Na tentativa de contornar parte dos problemas associados ao uso do ergômetro, a empresa fabricante do Concept2 criou um acessório chamado slide. O objetivo do presente estudo foi verificar as respostas fisiológicas (consumo de oxigênio, freqüência cardíaca e concentração de lactato) do remador em três situações diferentes: ergômetro de remo, ergômetro de remo com o acessório slide e na água, bem como comparar a contribuição energética de cada situação. Oito sujeitos foram submetidos a cinco testes no total, sendo três deles a simulação da prova de 2000 metros em cada situação e outros dois testes progressivos até a exaustão no ergômetro de remo com e sem o slide. Os principais resultados do estudo foram: a) o perfil metabólico, bem como a demanda energética da prova de 2000m no remo é a mesma, independentemente se ela é realizada no ergômetro de remo Concept2 com ou sem slide ou na água, no barco single-skiff; b) o menor gasto energético total na água está relacionado exclusivamente ao maior tempo necessário para percorrer os 2000m nessa situação; c) a utilização do acessório slide no ergômetro de remo Concept2 não implica em alterações no perfil fisiológico da atividade; d) a utilização do ergômetro de remo no treinamento de remadores produz o mesmo efeito, no que diz respeito aos ajustes fisiológicos agudos, que o treinamento na água
Título em inglês
Contribution of different energy systems for rowing on the water and on different rowing ergometers
Palavras-chave em inglês
Lactate
Oxygen consumption
Performance
Resumo em inglês
Rowing is a sport that can be subject to environmental conditions as it is practiced outdoors. Wind, rain and cold climates can disturb or even impede the execution of rowing on the water. For that reason, indoor rowing is considered to be an important means of training. The most used form of indoor training and evaluation of athletes is the rowing ergometer Concept II. Nevertheless, outdoor rowing presents dynamic singularities compared to indoor rowing. In order to minimize differences related to rowing on a machine, the manufacturer of Concept II created a device called the slide. The aim of this study was to verify the physiological responses (oxygen consumption, cardiac frequency, lactate concentration) of rowers in three different situations: rowing on an ergometer without and with the slide and rowing on the water. Also, the energy contribution was evaluated. Eight individuals were submitted to five physical tests each. Three of the tests consisted of the simulation of a race in a distance of 2000m in each of the situations defined above, and 2 of the tests consisted of progressive effort until exhaustion in the rowing ergometer with and without the slide. The results obtained were the following a) metabolic profile, as well as energy demand in the 2000 m test was the same if completed on the rowing ergometer with or without the slide or on the water on a single scull. b) the least energy cost on the water was related to the longer time needed to complete the 2000 m test outdoors. C) the use of the slide on the ergometer did not show any changes on the physiological profile of the activity d) the use of the rowing ergometer for training of rowers has the same effect, in terms of physiological adjustments, as training on the water
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CAPA.pdf (12.65 Kbytes)
sumario_revisado.pdf (48.10 Kbytes)
Data de Publicação
2009-02-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.