• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2007.tde-25062007-102110
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cândida Tocci Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Teixeira, Luis Augusto (Presidente)
Bohme, Maria Tereza Silveira
Valle, Luiz Eduardo Ribeiro do
Título em português
Preferência podal e assimetrias interlaterais de desempenho na tarefa de chutar em crianças
Palavras-chave em português
Assimetria motora
Chute
Desenvolvimento motor
Preferência podal
Transferência interlateral de aprendizagem
Resumo em português
O objetivo desse estudo foi analisar a preferência podal e assimetrias interlaterais de desempenho no chute de potência em crianças. Vinte e quatro meninos praticantes de futsal foram divididos em três grupos etários: seis, oito e 10 anos. A análise da preferência podal foi realizada por meio da observação da preferência de uso por uma das pernas em diferentes tarefas motoras, classificadas nas categorias: estabilização, mobilização geral (sem relação com tarefas do futebol) e mobilização específica (tarefas relacionadas ao futebol). A análise da assimetria de desempenho foi feita em função de parâmetros cinemáticos, após as crianças terem sido filmadas no desempenho do chute com a perna preferida e com a perna não-preferida com marcadores nas articulações do ombro, quadril, joelho e tornozelo. A avaliação da preferência podal indicou diferenças significativas entre as tarefas de estabilização e as de mobilização. Nas tarefas de estabilização os três grupos apresentaram grande variabilidade, o que abrangeu desde preferência esquerda consistente a preferência direita consistente. Nas tarefas de mobilização a grande maioria das crianças apresentou preferência podal direita consistente em todas as idades. Os resultados indicaram que a preferência podal é dependente da tarefa. A avaliação de desempenho indicou vantagem da perna direita na maioria das variáveis e nenhuma alteração da relação de desempenho entre uma perna e outra foi detectada entre as idades. Esses achados sugerem um desenvolvimento bilateral do chute, propiciado por mecanismos de transferência interlateral de aprendizagem. Tais resultados indicam que a preferência podal e as assimetrias interlaterais de desempenho são similares entre crianças de diferentes faixas etárias com prática regular em ações motoras relacionadas ao futebol
Título em inglês
Podal preference and interlateral asymmetries in the performance of kicking in children
Palavras-chave em inglês
Footedeness
Interlateral transfer of learning
Kick
Motor asymmetry
Motor development
Resumo em inglês
This study aimed at assessing podal preference and interlateral asymmetries in the performance of kicking in children. Twenty-four soccer player males were assigned to three age groups: 6, 8, and 10-year olds. Lateral preference was assessed on the basis of frequency of use of the right and the left foot/leg to perform different podal tasks, characteristic of the following categories: stabilization (balance tasks), general mobilization (tasks unrelated to soccer), and specific mobilization (tasks related to soccer). Performance asymmetry was quantified with different kinematic parameters, on the basis of images of kicking of either body side, using markers on the shoulder, hip, knee, and ankle joints. The results from assessment of podal preference indicated that for the stabilization tasks the three age groups presented a great variability, ranging from consistent preference for the left leg to consistent preference for the right leg. In both categories of mobilization tasks consistent preference for the right leg was prevalent in all ages. These results showed that podal preference is task-dependent. Analysis of performance asymmetry revealed a right leg advantage in most variables, and that no modification of the relationship between the legs was detected across ages. These findings suggest a bilateral development of kicking, possibly due to mechanisms of interlateral transfer of learning. These results indicate that both podal preference and interlateral podal asymmetries of performance are similar between children of different ages having regular practice in motor actions related to soccer
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AGRADECIMENTOS.pdf (9.22 Kbytes)
capafolharosto.pdf (10.03 Kbytes)
Data de Publicação
2007-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.