• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2005.tde-16112006-062124
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Martins Meireles
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Cestari, Idagene Aparecida (Presidente)
Mochizuki, Luis
Ushizima, Mauro Roberto
Título em português
Estudo dos efeitos da prática de ioga na variabilidade da freqüência cardíaca e na freqüência respiratória
Palavras-chave em português
Análise espectral
Asanas
Freqüência respiratória
Ioga
Relaxamento
Variabilidade da freqüência cardíaca
Resumo em português
O objetivo deste estudo é avaliar os efeitos da prática da ioga na freqüência cardíaca, na variabilidade da freqüência cardíaca e na freqüência respiratória. Foram estudados praticantes de ioga (IOGA, n = 8) e não praticantes controles (CT, n = 8) com idade entre 30 e 45 anos. Dois sub-grupos de quatro indivíduos cada, com atividade física regular foram também comparados (IOGAativ e CTativ). Os participantes realizaram prática de asanas (IOGA) ou simulação (CT) precedidos e sucedidos por relaxamento, sendo registrados (20 min) o eletrocardiograma e respirograma antes e após os asanas ou simulação. A freqüência cardíaca foi menor no grupo IOGA comparado ao CT (58,9 ± 6,6 e 64,3 ± 5,6 bpm) e no grupo IOGAativ comparado ao CTativ (55,0 ± 3,6 e 63,2 ± 5,5 bpm). Não foram encontradas diferenças na freqüência respiratória. O intervalo de pulso (IP) foi maior no grupo IOGA (1036,0 ± 111,2 ms) comparado ao CT (943,9 ± 85,3 ms) e IOGAativ (1101,6 ± 72,6 ms) comparado ao CTativ (957,8 ± 92,6 ms). Também o desvio padrão do IP foi maior no grupo IOGA (68,8 ± 22,8 ms) comparado ao CT (51,1 ± 21,7 ms) e grupo IOGAativ (77,8 ± 14,1 ms) comparado ao CTativ (41,5 ± 17,8 ms). A potência espectral do IP foi maior no grupo IOGAativ comparada ao CTativ na faixa de muito baixa freqüência (2157,3 ± 1159,4 vs. 876,0 ± 989,4 ms2) e maior nas faixas de baixa (1523,7 ± 964,6 vs. 494,7 ± 417,1 ms2) e alta freqüências (1684,4 ± 847,9 vs. 462,6 ± 375,1 ms2) comparando-se os valores obtidos após os asanas ou simulação. Os resultados sugerem que a combinação de exercícios físicos e ioga pode aumentar os benefícios destes à saúde.
Título em inglês
Effects of yoga practice heart rate variability and respiratory rate
Palavras-chave em inglês
Asanas
Heart rate variability
Relaxation
Respiratory rate
Spectral analysis
Yoga
Resumo em inglês
The objective of this work is to evaluate the effects of yoga practice in heart rate (HR), HR variability and respiratory rate using spectral analysis. We compared yoga students (IOGA, n = 8) with non-practicing controls (CT, n = 8), between 30 and 45 years of age. These groups were subdivided in two subgroups (n = 4) having regular practice of physical activities besides yoga (IOGAactiv and CTactiv). The participants practiced the yoga asanas (IOGA) or physical simulation (CT) preceded and succeeded by relaxation, after which the electrocardiogram and respirogram was recorded for 20 min. Heart rate was lower in IOGA when compared to CT (58,9 ± 6,6 vs. 64,3 ± 5,6 bpm) and in IOGAactiv compared to CTactiv (55,0 ± 3,6 vs. 63,2 ± 5,5 bpm). No diferences in respiratory rate were found between groups. Pulse interval (PI) was higher in IOGA when compared to CT (1036,0 ± 111,2 vs. 943,9 ± 85,3 ms) and IOGAactiv compared to CTactiv (1101,6 ± 72,6 vs. 957,8 ± 92,6 ms). Standard deviation of pulse interval was greater in IOGA when compared to CT (68,8 ± 22,8 vs. 51,1 ± xix 21,7 ms) and IOGAactiv compared to CTactiv (77,8 ± 14,1 vs. 41,5 ± 17,8 ms). The spectral power of the PI was higher in the IOGAactiv group in relation to the CTactiv in the bands of very low (2157,3 ± 1159,4 vs. 876,0 ± 989,4 ms2) and in the band of low (1523,7 ± 964,6 vs. 494,7 ± 417,1 ms2) and high frequency (1684,4 ± 847,9 vs. 462,6 ± 375,1 ms2) after the practice of yoga asanas. These results suggest that combination of physical exercises and yoga may increase their healthy benefits.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MeirelesMestrado.pdf (1.25 Mbytes)
Data de Publicação
2006-12-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.