• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.39.2006.tde-07072006-101231
Documento
Autor
Nome completo
Abdallah Achour Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Barbanti, Valdir Jose (Presidente)
Gobbi, Sebastião
Nahas, Markus Vinicius
Serrão, Julio Cerca
Tricoli, Valmor Alberto Augusto
Título em português
"Validação de testes de flexibilidade da coluna lombar"
Palavras-chave em português
Coluna lombar
Flexibilidade
Teste
Validade
Resumo em português
Esta pesquisa teve como principal objetivo, validar o teste de flexibilidade da coluna lombar (Testprop), utilizando-se da radiografia como teste critério e o teste flexibilidade da coluna lombar de ADRICHEM e KORST (1973) para o sexo feminino e masculino. Participaram 19 mulheres (média de idade= 23,2 anos e desvio padrão= 1,3) e 18 homens (média de idade= 22,3 anos e desvio padrão= 1,4), universitários, saudáveis e ativos do Curso de Educação Física e Ciências do Esporte da Universidade Estadual de Londrina - PR. Inicialmente, verificou-se a fidedignidade e objetividade dos testes de flexibilidade da coluna lombar (Testprop e Testeips). O coeficiente de correlação intraclasse mostrou que o teste de flexibilidade Testprop apresenta fidedignidade elevada para o sexo feminino (R= 0,86) e elevada para o sexo masculino (R=0,85), e demonstrou haver objetividade moderada (R= 0,73) para o sexo feminino e elevada (R= 0,96) para o sexo masculino. Quanto ao teste de flexibilidade Testeips, a fidedignidade foi elevada (R= 0,85) e (R= 0,86) para o sexo feminino e masculino, respectivamente. A objetividade do teste de flexibilidade Testeips foi moderada (R= 0,62) para o sexo feminino e elevada para o sexo masculino (R= 0,91). Em relação à validade, o coeficiente de correlação de Pearson mostrou correlação baixa para o teste de flexibilidade Testprop (r= 0,11) para o sexo feminino e correlação moderada (r= 0,52) para o sexo masculino. No que diz respeito ao teste de flexibilidade Testeips, o coeficiente de correlação de Pearson foi baixo para o sexo feminino (r= 0,24) e moderado para o sexo masculino (r= 0,50). Concluiu-se que os testes de flexibilidade da coluna lombar Testprop e Testeips foram fidedignos e objetivos, mas não foram considerados válidos.
Título em inglês
VALIDATION OF LUMBAR SPINE FLEXIBILITY TESTS
Palavras-chave em inglês
Flexibility
Lumbar spine
Test
Validity
Resumo em inglês
The main goal was to validate the flexibility test for the lumbar spine (Testprop), using x-ray as a criteria and the flexibility test of the lumbar spine designed by ADRICHEM and KORST (1973) for females and males, 19 women participated (mean age= 23,2 years old; standard deviation= 1,3 year old) and 18 men (mean= 22,3 year old and standard deviation = 1,4) healthy and active students from the Physical Education and Sport Science Course at the Universidade Estadual de Londrina-PR. Initially, it was verified reliability and objectivity (Testprop and Testeips) the lumbar spine flexibility. The intraclass correlation coefficient showed that the reliability of test of flexibility Testprop was high for woman (R= 0.86) and high for men (R= 0.85), there was a moderate objectivity (R= 0.73) for women and high (R= 0.96) for men. Concerning the flexibility test Testeips, the reliability was high (R= 0.85) and (R= 0.86) for woman and men, respectively. The objectivity for the flexibility test Testeips was moderate (R= 0.62) for women and high for men (R= 0.91). Concerning the validity, Pearson correlation coeficient demonstrated a low correlation for the flexibility test Testprop (r= 0.11) for women and moderate for men (r= 0.52). About the flexibility test, Testeips, Pearson correlation coefficient was low for woman (r= 0.24) and moderate for men (r= 0.50). It was concluded that the flexibility tests of the lumbar spine Testprop and Testeips were reliable and objective, but they were not considered valid.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.