• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2009.tde-01022010-102903
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Maciel Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Moreira, Alexandre (Presidente)
Arruda, Miguel de
Serrão, Julio Cerca
Título em português
Relação entre parâmetros biomecânicos e a aceleração no basquetebol
Palavras-chave em português
Atletas
Salto vertical
Teste T
Resumo em português
O objetivo do estudo foi investigar o construto da tarefa de múltiplas acelerações a partir de parâmetros biomecânicos de saltos verticais. 19 jogadoras da seleção brasileira adulta de basquetebol feminino realizaram o teste de múltiplas acelerações (teste T), salto vertical com contramovimento (SV) e salto vertical com contramovimento precedido de corrida (SVcorrida). Os parâmetros biomecânicos do SV foram, tempo de fase concêntrica (Tcon), pico de força de propulsão (PFP), tempo decorrido entre início da fase concêntrica e o pico de força de propulsão (TPFP), taxa de desenvolvimento de força (TDF) e impulso (I); para SVcorrida, velocidade média de aproximação (Velmédia), tempo total do movimento (Ttotal), pico de força passiva (PFPa), tempo decorrido entre início da fase de apoio e pico de força passiva (TPFPa), pico de força de propulsão (PFP), tempo decorrido entre início da fase de apoio e pico de força de propulsão (TPFPp), Load Rate (LR) e taxa de desenvolvimento de força (TDF). Para análise dos dados, inicialmente, recorreu-se a análise de componentes principais, revelando que 61,3% da variância total do SV foi explicada pelo componente predominantemente temporal (Tcon, TPFP e PFP) e 20,7% pelo componente predominantemente cinético (I e TDF); para SVcorrida, 58,7% da variância total foi explicada pelo componente predominantemente temporal (Ttotal, TPFPa, TPFPp, LR e TDF), 15,4% pelo componente predominantemente cinético (PFPa e PFP) e 12,8% pelo componente velocidade (Velmédia). Adicionalmente, foram reveladas correlações significantes de 0,55 (Tcon), -0,54 (Velmédia) e -0,49 (PFP) com o teste T, evidenciando um construto determinado pela capacidade de se gerar elevada força na fase concêntrica, reduzir o tempo de fase concêntrica e se aproximar do ponto de mudança de direção com elevada velocidade.
Título em inglês
Relationship between biomechanics parameters and acceleration tasks on basketball players
Palavras-chave em inglês
Athletes
T test
Vertical jump
Resumo em inglês
The main aim of the study was to investigate the multiple-acceleration task construct from vertical jumps biomechanics parameters. Nineteen female basketball players from Brazilian national team performed the multiple-acceleration test (T test), countermovement jump (VJ) and countermovement jump preceded by run (VJr). The VJ biomechanics parameters observed were: concentric phase duration (CPD), propulsion peak force (PPF), time to reach propulsion peak force (TPPF), rate of force development (RFD) and impulse (I); for VJr the parameters were mean velocity (MV), movement total duration (MTD), passive peak force (PaPF), time to reach passive peak force (TPaPF), propulsion peak force (PPF), time to reach propulsion peak force (TPpPF), load rate (LR) and rate of force development (RFD). Data were first analyzed by principal component analysis. The results showed that 61.3% of VJ variance could be explained by time factor (CPD, TPPF and PPF), and 20.7% by kinetic factor (I and RFD). To VJr, 58.7% of total variance could be explained by time factor (MTD, TPaPF, TPpPF, LR, RFD) and 15.4% by kinetic factor (PPF and PaPF) and 12.8% by velocity factor (MV). Furthermore, significant correlations were found between T test with CPD, MV and PPF (0.55, -0.54 and -0.49, respectively), revealing a T test construct related to the ability of generating high level of force in concentric phase, diminishing time of concentric phase, and to reach the change direction point with greatest possible speed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.