• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.31.2018.tde-26092018-122554
Documento
Autor
Nome completo
Elisiane da Silva Quevedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Marcos Antonio de (Presidente)
Abreu, Mirhiane Mendes de
Bordini, Maria da Glória
Lopez, Therezinha Apparecida Porto Ancona
Título em português
Humilhados e ofendidos: os Carés em O Tempo e o Vento, de Érico Veríssimo
Palavras-chave em português
Erico Verissimo
Literatura brasileira
Personagens
Pobreza
Romance
Resumo em português
Esta dissertação tematiza a configuração das personagens de sobrenome Caré na trilogia O Tempo e o Vento, do escritor sul-rio-grandense Erico Verissimo (1905-1975). Lulu Caré, José Caré (Juca Feio), Quincas Caré, Chiru Caré, João Caré, Mingote Caré, Pedro Caré, Mané Caré, Ismália Caré, Lauro Caré, Romualdinho Caré, Antônia, Ondina Caré, Joaninha Caré são representantes de uma classe de indivíduos espoliados presentes nas três partes do romance: O continente, O retrato e O arquipélago. Ladeando o enredo principal, quase despercebidos do leitor, os Carés contrapõem-se aos protagonistas, os representantes da aristocracia. São sujeitos livres, mas "sem eira nem beira", desvalidos, que vivem, inicialmente, errantes, e que, posteriormente, passam a viver nas franjas da propriedade dos Terra Cambará, dependentes da solidariedade dos poderosos. O objetivo desta dissertação é explorar a configuração dos Carés ao longo da trilogia, buscando observar as relações entre ficção e experiência da realidade. Para tanto, a dissertação aborda: 1. a relação entre os Carés e o sentido de "raça" ou mestiçagem, analisando-se a linhagem dos Carés em um viés étnico; 2. a relação entre os Carés e a ideia de "gaúcho", procurando inquirir se eles se enquadrariam ou não em um modelo culturalmente preconcebido - destemido, audacioso, íntegro, com seu cavalo e indumentária típica; 3. a conexão entre Carés e a terra (o Continente de São Pedro, o estado do Rio Grande do Sul, a fazenda do grande proprietário) que os abriga, mas sobre a qual não têm direito; 4, a relação entre os Carés e a guerra, sublinhando a incongruência entre sujeitos rechaçados pela sociedade em tempos de paz e apreciados em tempos de conflito. Focaliza, igualmente, a relação da sociedade descrita por Erico com as mulheres Carés, tratadas como objetos sexuais dos estancieiros.
Título em inglês
Humiliated and insulted: the Carés in The Time and the Wind, by Érico Veríssimo
Palavras-chave em inglês
Brazilian Literature
Characters
Érico Veríssimo
Novel
Poverty
Resumo em inglês
This dissertation thematizes the configuration of the characters surnamed Caré in the trilogy "The Time and the Wind", written by the Rio Grande do Sul State writer, Erico Verissimo (1905-1975). Lulu Caré, José Caré (Juca Feio), Quincas Caré, Chiru Caré, João Caré, Mingote Caré, Pedro Caré, Mané Caré, Ismália Caré, Lauro Caré, Romualdinho Caré, Antônia, Ondina Caré and Joaninha Caré are representatives of a class of stolen individuals present in the three parts of the novel: The Continent, The Portrait and The Archipelago. Besides the main plot, almost unnoticed by the reader, the Carés counterpoint the protagonists, the representatives of the aristocracy. They are free subjects, but without anything to call their own, helpless, who live, initially, wandering, and who, later, live in the fringes of the Terra Cambará property, dependent on the solidarity of the powerful. The purpose of this dissertation is to explore the configuration of the Carés throughout the trilogy, seeking to observe the relations between fiction and reality experience. To do so, the dissertation addresses: 1. the relationship between the Cares and the sense of "race" or miscegenation, analyzing the lineage of the Carés in an ethnic bias; 2. The relation between the Cares and the idea of "gaucho", trying to inquire whether or not they fit into a culturally preconceived model - fearless, audacious, upright, with his typical horse and typical clothing; 3. The connection between Carés and the land (the Continent of Saint Peter, the Rio Grande do Sul State, the farm of the great owner) that houses them, but which they are not entitled; 4, the relationship between the Cares and the war, highlighting the incongruity between subjects rejected by society in times of peace and appreciated in times of conflict. It also focuses on the relationship of the society described by Erico with the Carés women, treated as sexual objects of the ranchers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.