• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.31.2017.tde-21122017-135848
Documento
Autor
Nome completo
Vinícius José Fecchio Gueraldo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Silveira Junior, Walter Garcia da (Presidente)
Nicodemo, Thais Lima
Zan, Jose Roberto
Título em português
Em busca do consenso: Milton Nascimento e a perda dos laços comunitários
Palavras-chave em português
Análise musical
Capitalismo
Crítica de arte
Industrialização - Brasil
Milton Nascimento
Música popular brasileira
Resumo em português
Este estudo se propõe a analisar o LongPlay (LP) que consolidou o músico e compositor Milton Nascimento como sucesso tanto de crítica quanto de público: o álbum Minas (EMI-Odeon, 1975). Por razões estruturais, essencialmente musicais e poéticas, o LP Minas é inseparável do próximo disco na carreira do artista, o LP Geraes (EMI-Odeon, 1976). Juntos, eles formam um curioso "álbum- duplo", cuja estrutura fundamental - como é demonstrada ao longo da pesquisa - consiste em uma tentativa de união entre estruturas estético-sociais de matrizes diversas, em geral, opostas. Uma vez explicitada a lógica ou o princípio estético que organiza esse conjunto de canções, ou seja, a busca pelo consenso, investiga-se o material histórico condensado nos fonogramas. De acordo com a narrativa que se estabelece no transcorrer das faixas, chega-se à constatação de que um possível significado para a obra é a defesa de uma "modernidade não tão moderna". Por apresentarem diversas referências, por vezes explícitas, à história nacional, conclui-se que esse período em questão corresponde ao início do processo de industrialização brasileiro.
Título em inglês
Seeking consensus: Milton Nascimento and the loss of community ties
Palavras-chave em inglês
Art critic
Brazilian popular song
Capitalism
Industrialization - Brazil
Milton Nascimento
Musical analysis
Resumo em inglês
This study aims to analyze the LongPlay (LP) that consolidated the musician and composer Milton Nascimento as a successfull artist, both of critical and sales: the album Minas (EMI-Odeon, 1975). For structural reasons, essentially musical and poetic, the LP Minas is inseparable of his next album, the LP Geraes (EMI-Odeon, 1976). Together they compose a curious case of a "double-album," whose fundamental structure - as demonstrated throughout this research - is an attempt to put together social and aesthetic structures of different sources. Once the logic or the aesthetic principle, that organizes this set of songs is settled, in other words, the seek for consensus, then, the historical material condensed in the phonograms is investigated. According to the narrative that is established in the course of the tracks, it is verified that a possible meaning for this work of art is the defense of a "not so modern modernity". By presenting several references, sometimes explicit, to national history, it is concluded that the mentioned period corresponds to the beginning of the process of Brazilian industrialization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.