• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Luísa Reami Vieira Girardi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Simioni, Ana Paula Cavalcanti (Presidente)
Adamatti, Margarida Maria
Gregori, Maria Filomena
Silveira Junior, Walter Garcia da
Título em português
Cinema sob mulheres. Experiência feminina no cinema brasileiro durante a ditadura militar
Palavras-chave em português
Feminismo
Ficção (gênero)
Governos Militares
Pornochanchada
Relações de gênero
Sociologia
Resumo em português
A presente pesquisa destina-se a compreender o lugar da autoria e da experiência feminina na linguagem cinematográfica dentro de um recorte temporal conturbado da história brasileira: a ditadura militar (1964-1989). O ponto de partida para tal objetivo é a análise de dois filmes brasileiros realizados por duas diretoras: Os Homens que Eu Tive (1973), de Teresa Trautman, e Mar de Rosas (1977), de Ana Carolina. Levando-se em consideração a recepção das obras, a análise dos discursos, as mudanças sociais e culturais que ocorriam no período - concomitantemente à intensificação do autoritarismo político e econômico -, o gênero emana como uma categoria de análise para se pensar nas intersecções, contradições e rupturas experienciadas por mulheres que desestabilizam as hierarquias de gênero a partir da criação artística. Apesar de trabalharem dentro de gêneros fílmicos distintos - Teresa Trautman com a "comédia erótica séria" e Ana Carolina com a narrativa ficcional -, ambos os filmes permitem uma reflexão não convencional sobre as relações de poder ao incentivar leituras que trazem para o centro do debate estratégias de resistência cultural.
Título em inglês
Cinema under women: the feminine experience in Brazilian cinema during military dictatorship
Palavras-chave em inglês
Erotic Comedy
Feminism
Fiction (genre)
Gender relations
Military Governments
Sociology
Resumo em inglês
The present research aims to understand the place of female authorship and experience in cinematographic language within a troubled temporal cut of Brazilian history: the military dictatorship (1964-1989). The starting point for this goal is the analysis of two Brazilian films made by two women directors: Os Homens que Eu Tive (1973) by Teresa Trautman and Mar de Rosas (1977) by Ana Carolina. Taking into account the reception of the movies, the analysis of the discourses, the social and cultural changes that have been occurring during the period - concomitantly with the intensification of political and economic authoritarianism, the genre emanates as a category of analysis to think about the intersections, contradictions and ruptures experienced by women that destabilize the hierarchies of gender with their artistic creation. Although they work within distinct film genres - Teresa Trautman with erotic comedy and Ana Carolina with the fictional narrative - both films allow an unconventional reflection on power relations by encouraging understandings that center around cultural resistance strategies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.