• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Peralta Moraes Ruiz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Lagana, Armando Antonio Maria (Presidente)
Almeida, José Luiz Antunes de
Leonardi, Fabrizio
Título em português
Gerenciamento eletrônico de um motor flex por meio de unidade microcontrolada com arquitetura descentralizada.
Palavras-chave em português
ECU
Engenharia eletrônica
Gerenciamento eletrônio de motores
Microcontroladores
Motores de combustão interna
Resumo em português
A eletrônica embarcada teve um expressivo ganho de espaço dentro dos veículos ao longo dos últimos anos, mais especialmente no que se refere ao gerenciamento eletrônico do motor á combustão, uma vez que a inteligência empregada nesse sistema vem sofrendo constante evolução, sendo uma das evoluções, a utilização da estratégia FLEX de gerenciamento. O domínio das técnicas de controle de um motor á combustão interna torna-se desafiador em sua própria natureza, haja vista que envolve conceitos heterogêneos e concorrentes entre si em se tratando de aspectos de engenharia. Dessa forma, ainda é restrito o número de profissionais com conhecimento e competência para desenvolver atividades relacionadas ao gerenciamento desse sistema. Esse projeto teve por intuito o emprego de um empenho intelectual realizado em equipe a fim de desenvolver uma unidade de gerenciamento referente ao controle de um motor á combustão interna com estratégia FLEX de gerenciamento, tornando possível a inserção da cultura do estudo de gerenciamento de motores FLEX dentro das universidades, tais como, FATEC-Santo André, Escola Politécnica da USP e principalmente, a FATEC- Sorocaba. Para esse desenvolvimento, uma unidade já existente foi utilizada, sendo a mesma aplicada em seu projeto primitivo no Gol 1.6 com gerenciamento à gasolina e totalmente reprojetada na em seu firmware para o veículo VW Polo 1.6 na atual ocasião. Agora em uma aplicação FLEX, a partir de técnicas de controle, foi possível alcançar resultados similares aos observados na unidade original que equipa o veículo. Embora os resultados obtidos tenham limitações devido às condições de uso do veículo, estrutura da instituição e também do tempo disponível para esse desenvolvimento, foi possível entender e compreender diversos fatores antes maculados pela distância do contato direto com um sistema de gerenciamento real aplicado em um motor à combustão interna. Ademais, dentro das limitações citadas, os resultados obtidos mostraram-se bastante satisfatórios.
Título em inglês
Flex engine eletronic management by microcontrolled unit with decentralized architecture.
Palavras-chave em inglês
Control
ECU
Electronic engine management
Internal combustion engines
Microcontrollers
Resumo em inglês
The embedded electronics had an expressive gain of space within the vehicles over the last years, more especially regarding the electronic management of the combustion engine since the intelligence employed in this system has been under constant evolution, being one of the evolutions, the use of the FLEX management strategy. The domain of control techniques of an internal combustion engine becomes challenging in its own nature since it involves heterogeneous concepts and competing with each other in the engineering aspects, in this way, the fluency in activities related to the management of this system is very rarefied in the professional and academic environment. The purpose of this project was the use of an intellectual commitment made in a team to develop a management unit for the control of an internal combustion engine with FLEX management strategy, making possible the insertion of the FLEX engine management study culture within the universities, such as, FATEC-Santo André, Polytechnic School of USP and mainly, FATEC-Sorocaba. For this development, an already started unit was used, being applied in its original design in Gol 1.6 with gasoline management and totally redesigned in its firmware for Polo 1.6 in the current occasion, now in a FLEX application, from techniques of control, it was possible to achieve results similar to those observed in the original unit equipping the vehicle. Although the results obtained have limitations due to the conditions of use of the vehicle, structure of the institution and also the time offered for this development, it was possible to understand several factors previously tainted by the distance of direct contact with a real management system applied in a motor to the internal combustion, in addition, within the mentioned limitations, the obtained results were shown quite satisfactory.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.