• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2007.tde-10012008-094436
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Carlos da Cruz Carvalheira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Gomi, Edson Satoshi (Presidente)
Finger, Marcelo
Rocha, Ricardo Luis de Azevedo da
Título em português
Método semi-automático de construção de ontologias parciais de domínio com base em textos.
Palavras-chave em português
Gestão do conhecimento
Inteligência artificial
Ontologias
Processamento de linguagem natural
Resumo em português
Os recentes desenvolvimentos relacionados à gestão do conhecimento, à web semântica e à troca de informações eletrônicas por meio de agentes têm suscitado a necessidade de ontologias para descrever de modo formal conceituações compartilhadas à respeito dos mais variados domínios. Para que computadores e pessoas possam trabalhar em cooperação é necessário que as informações por eles utilizadas tenham significados bem definidos e compartilhados. Ontologias são instrumentos viabilizadores dessa cooperação. Entretanto, a construção de ontologias envolve um processo complexo e longo de aquisição de conhecimento, o que tem dificultado a utilização desse tipo de solução em mais larga escala. Este trabalho apresenta um método de criação semi-automática de ontologias a partir do uso de textos de um domínio qualquer para a extração dos conceitos e relações presentes nesses textos. Baseando-se na comparação da freqüência relativa dos termos extraídos com os escritos típicos da língua e na extração de padrões lingüísticos específicos, este método identifica termos candidatos a conceitos e relações existentes entre eles, apresenta-os a um ontologista para validação e, ao final, disponibiliza a ontologia ratificada para publicação e uso especificando-a na linguagem OWL.
Título em inglês
Semi-automatic method for the construction of partial domain ontologies based on texts.
Palavras-chave em inglês
Artificial intelligence
Knowledge management
Natural language processing
Ontology
Resumo em inglês
The recent developments related to knowledge management, the semantic web and the exchange of electronic information through the use of agents have increased the need for ontologies to describe, in a formal way, shared understanding of a given domain. For computers and people to work in cooperation it is necessary that information have well defined and shared definitions. Ontologies are enablers of that cooperation. However, ontology construction remains a very complex and costly process, which has hindered its use in a wider scale. This work presents a method for the semi-automatic construction of ontologies using texts of any domain for the extraction of concepts and relations. By comparing the relative frequency of terms in the text with their expected use and extracting specific linguistic patterns, the method identifies concepts and relations and specifies the corresponding ontology using OWL for further use by other applications.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-02-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.