• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2014.tde-22042015-172121
Documento
Autor
Nome completo
Patrícia Sauri Lavieri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Strambi, Orlando (Presidente)
Orrico Filho, Rômulo Dante
Pitombo, Cira Souza
Título em português
Impacto do teletrabalho nos padrões individuais de atividades e viagens: estudo exploratório com empresas e teletrabalhadores.
Palavras-chave em português
Comportamento de viagens
Teletrabalho
Resumo em português
O teletrabalho é uma prática que pode ser utilizada como medida de gerenciamento da demanda por transporte urbano, uma vez que tem o potencial de reduzir a necessidade de realização de viagens através da substituição de atividades presenciais, que exigem deslocamentos, pelas virtuais, realizadas com auxílio de tecnologias da informação e comunicação. Esta pesquisa procura explorar e entender como está ocorrendo a adoção do teletrabalho por empresas em São Paulo e quais são os seus principais impactos nos padrões individuais de atividades e viagens. Para alcançar este objetivo, foi realizada uma revisão abrangente da literatura seguida por dois levantamentos de dados. O primeiro consistiu em entrevistas em profundidade com representantes do departamento de recursos humanos de dez empresas, que adotavam ou não teletrabalho. Já o segundo foi realizado com teletrabalhadores e utilizou ferramentas como questionário online, aplicativo de smartphone (para coletar dados de atividades e viagens por 7 dias) e entrevistas em profundidade. As entrevistas com representantes de empresas revelam que os potenciais benefícios para as empresas e para os funcionários são os aspectos que estão motivando a disseminação do teletrabalho, mesmo que de forma lenta. Porém, por não ser ainda uma prática comum, continuam a prevalecer algumas barreiras, principalmente relacionadas à cultura organizacional. O levantamento de dados com teletrabalhadores indica que a viagem casa-trabalho e o congestionamento em São Paulo têm sido os principais motivadores para adesão, e revela diferenças importantes no comportamento relativo a viagens dos indivíduos nos dias de teletrabalho e nos dias de trabalho convencional. Enquanto o número de atividades realizadas por outros motivos que não o trabalho e o tempo a elas dedicado são similares nos dias de teletrabalho e de trabalho convencional, o número de viagens, a distância viajada e o tempo gasto em transporte se reduzem.
Título em inglês
Telework impact on individual activitiy-travel patterns: an exploratory analysis
Palavras-chave em inglês
Activity-travel patterns
Telecommuting
Telework
Travel behavior
Resumo em inglês
Telecommuting can be considered a measure for travel demand management since it has the potential to reduce trips by replacing a face to face activity, which requires travel, by a virtual one, with the use of information and communication technologies. The objective of this research is twofold: first, to explore and understand the adoption of telecommuting by companies in São Paulo and, second, to identify and to measure the main impacts of telecommuting on individuals activity-travel patterns. To achieve this aim, a comprehensive literature review was conducted, followed by two types of data collection efforts. First, in-depth semi-structured interviews were conducted with individuals responsible for Human Resources policies in ten companies adopting telecommuting or not. Second, a sample of telecommuters was recruited to answer to an online questionnaire and to provide detailed diary data for 7 days using smartphones, after which an in-depth interview was conducted. Interviews with Human Resources personnel revealed that potential benefits for companies and employees are the drivers behind the dissemination of telecommuting, although slow. As a yet unconventional practice, barriers continue to exist, particularly related to organizational culture. Data collection and analysis of telecommuters behavior shows that the congestion faced in the home-to-work trip is the main reason for adoption of telecommuting in São Paulo. Important differences in activity and travel behavior were observed between telecommuting and non-telecommuting days. While the number of participations and the time spent in non-work activities are relatively similar for the two types of days, a reduction occurred in the number of trips, total distance and time traveled on telecommuting days.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.