• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2005.tde-21022006-162205
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cristina Barboza Lobianco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Blitzkow, Denizar (Presidente)
Fonseca Junior, Edvaldo Simões da
Quintas, Márcia Cristina Lopes
Sa, Nelsi Cogo de
Sousa, Mauro Andrade de
Título em português
Determinação das alturas do geóide no Brasil.
Palavras-chave em português
geociências
geodésia física
gravimetria
Resumo em português
Em função da rapidez e precisão na obtenção de coordenadas, o Global Positioning System (GPS) revolucionou o posicionamento espacial. Entretanto, a maior necessidade em aplicações nas áreas de Geodésia, Geofísica e Engenharia, em termos de altitude, é voltada para a altitude ortométrica e não para a elipsoidal (determinada por GPS). Um modelo de ondulação geoidal mais acurado possibilitaria tranformar altitudes elipsoidais em ortométricas, mantendo o mesmo nível de precisão da determinação GPS. Neste trabalho foram gerados modelos geoidais gravimétricos para o Brasil, GEOIDE2005 e STOKES2005, por meio da técnica 'remover-calcular-repor' em conjunto com a modificação do núcleo da integral de Stokes proposta por Featherstone, no caso do cálculo por FFT, e a proposta por Vanicek e Kleusberg, para o cálculo por integração numérica. As informações gravimétricas utilizadas no cálculo, provenientes de diversas instituições brasileiras e sul-americanas, foram compiladas, validadas e homogeneizadas de modo a gerar uma malha de 10' x 10' de anomalias médias de gravidade de Helmert, em continente, e ar-livre, nas áreas oceânicas. A contribuição dos longos comprimentos de onda do geóide, relativa à área externa à calota de integração, é fornecida por um modelo de geopotencial. A escolha desse modelo foi feita a partir de comparações de diferentes modelos de geopotencial para identificar o que melhor se ajusta ao país. O modelo digital de terreno foi selecionado a partir de estudos detalhados e foi utilizado para gerar valores de altitudes médias, reconstituir anomalias Bouguer em Helmert, calcular correção de terreno e efeito indireto. Foram organizadas e analisadas informações sobre estações que possuíam altitude elipsoidal, determinada por levantamentos GPS, e altitude ortométrica, obtidas por meio de nivelamento geométrico. A diferença entre essas duas altitudes forneceu as ondulações geoidais utilizadas para avaliação dos modelos de geopotencial e dos modelos geoidais aqui apresentados. Ao final, são relacionados os resultados das comparações, relatadas conclusões, levantadas as perspectivas futuras e sugeridas recomendações para futuros trabalhos.
Título em inglês
Geoid heights determination in Brazil.
Palavras-chave em inglês
geosciences
gravity
physical geodesy
Resumo em inglês
The Global Positoning System (GPS) generated a revolutionon on coordinates acquisition, considering quickness and precision. However, the major need in Geodesy, Geophysics and Engineering areas, regarding heights, is directed to orthometric height, not to ellipsoidal (determined by GPS). A more accurate geoid undulation model would allow the transformation of ellipsoidal to orthometric heights, keeping the same precision level of GPS determinations. This work generated gravity geoid models to Brasil, GEOIDE2005 and STOKES2005, using the “remove-restore” technique together with the modification of Stokes integral kernel proposed by Featherstone, in FFT computation, and the Vanicek and Kleusberg proposal, in numerical integration computation. The gravimetric informations used in the computations, from several Brazilian and South American organizations, were compiled, validated and homogenized to generate a 10’x 10’Helmert mean gravity grid, on terrestrial areas, and free-air, on ocean. The geoid long wavelength contribution, related to integration cap’s external area, is provided by a geopotential model. The choice of this model was done from comparisons of different geopotential models in order to identify the one that best fits to the country. The digital terrain model was selected from detailed studies and was used to generate mean height values, reconstitute Helmert anomalies from Bouguer, compute terrain correction and indirect effect. Informations about stations with ellipsoidal height, determined by GPS surveys, and orthometric height, obtained by spirit levelling,, were organized and analyzed. The differences between these two heights provided the geoid undulations used to evaluate geopotential models and geoid models presented here. At the end, the results from comparisons and conclusions are informed, future perspectives are raised and recommendations are suggested.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Lobianco_cap1.pdf (292.86 Kbytes)
Tese_Lobianco_cap3.pdf (715.08 Kbytes)
Data de Publicação
2006-04-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.