• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2014.tde-19032015-153303
Documento
Autor
Nome completo
Bianca Bianchi Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Strambi, Orlando (Presidente)
Manzato, Gustavo Garcia
Mazzon, Jose Afonso
Senna, Luiz Afonso dos Santos
Taco, Pastor Willy Gonzales
Título em português
O comportamento de viagens de acesso a aeroportos considerando a confiabilidade do tempo de viagem
Palavras-chave em português
Acesso terrestre a aeroportos
Confiabilidade do tempo de viagem
Métodos mistos
Modelos de demanda
Modelos de Equações Estruturais
Teoria do Comportamento Planejado
Resumo em português
A confiabilidade do tempo de viagem é atualmente considerada como um fator de elevada importância nos estudos de demanda por transportes, com base no reconhecimento que sistemas congestionados são uma realidade inevitável nos grandes centros urbanos, gerando incertezas nas estimativas do tempo de viagem e tornando sua representação através de uma variável de tempo médio excessivamente simplista. O acesso terrestre aos aeroportos em São Paulo constitui um contexto interessante para o estudo da confiabilidade, considerando os altos custos atribuídos à eventual perda do voo e o ambiente de alta variabilidade de tempos de viagem na região. O estudo da confiabilidade do tempo de viagem tem sido em geral desenvolvido com um enfoque exclusivamente quantitativo, usando modelos matemáticos que se baseiam em teorias de maximização da utilidade estimados a partir de dados de preferência declarada. Em geral, são ignorados: (i) os efeitos de fatores latentes no comportamento, (ii) o fato de que o comportamento nem sempre reflete as intenções, (iii) a complexidade dos fatores envolvidos nas escolhas e (iv) os fatores que descrevem o contexto em que ocorre a decisão. O trabalho utiliza métodos mistos para a coleta e análise dos dados, procurando obter um conjunto abrangente de informações sobre o comportamento. Tanto a coleta de dados como os modelos estimados baseiam-se nos fundamentos da Teoria do Comportamento Planejado, que afirma que o comportamento revelado pode ser estimado a partir de uma intenção que, por sua vez, pode ser estimada a partir de atitudes, normas subjetivas e controle percebido. O controle percebido representa a percepção individual quanto à facilidade em desempenhar um comportamento. Neste estudo, a confiabilidade do tempo de viagem é incluída como um fator de controle percebido, assim como outros indicadores de controle não comumente considerados. A análise é conduzida usando-se uma técnica de Modelos de Equações Estruturais denominada Mínimos Quadrados Parciais. O uso desta técnica permitiu uma descrição abrangente dos mecanismos envolvidos no processo de escolha de acesso terrestre ao aeroporto e confirmou a importância dos fatores latentes na escolha, particularmente os relacionados ao controle percebido e real. Foi possível também verificar que conjuntos distintos de fatores influenciam a formação da intenção (e portanto a preferência declarada) e o comportamento propriamente dito (e portanto o comportamento revelado).
Título em inglês
Airports access travel behavior considering travel time reliability
Palavras-chave em inglês
Demand models
Ground access to airports
Mixed methods
Structural equations modeling
Theory of Planned Behavior
Travel time reliability
Resumo em inglês
Travel time reliability is now considered a major factor in explaining travel demand since its underlying cause congestion seems to be an unavoidable reality in large urban centers. This brings uncertainty to travel time estimates, rendering its representation through travel time averages excessively simplistic. Ground access to airports serving the city of São Paulo makes an interesting context to study reliability, given the considerable annoyance and cost associated with the possibility of missing a flight and the high variability of travel times prevailing in the area. Studies of the reliability of travel time have generally been based on a purely quantitative approach, using utility-based mathematical models, mostly estimated with stated preference data. They usually ignore: (i) the effects of latent factors on behavior, (ii) the fact that behavior does not always reflect intentions, (iii) the complexity of factors involved in choice processes and (iv) the factors describing the choice context. This study uses mixed methods for data collection and analysis, aiming to gather a comprehensive set of information about behavior. Both data collection and modeling are based on the Theory of Planned Behavior, which states that behavior can be predicted from intention; intention, by its turn, can be predicted from attitudes, subjective norms and perceived behavioral control. The latter refers to peoples perception of the ease or difficulty of performing the behavior of interest. In this study, we include travel time reliability as a perceived behavioral control factor, in addition to other indicators of control that are not commonly considered. Analysis is conducted using Partial Least Squares, a technique from the family of Structural Equations Models. The use of this technique allowed for a more complete description of the mechanisms involved in the choice process of ground access to airports and confirmed the importance of latent factors on choice, particularly those related to perceived and actual control. The results also indicate that different sets of factors affect the formation of intention (and thus the stated choice) and the behavior itself (and thus actual behavior).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.