• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.1997.tde-08082001-193604
Documento
Autor
Nome completo
Celso Ricardo Denser Pamboukian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1997
Orientador
Banca examinadora
Facciotti, Maria Candida Reginato (Presidente)
Netto, Willibaldo Schmidell
Suazo, Claudio Alberto Torres
Título em português
Influência das condições de preparo do inóculo na morfologia do microrganismo e na síntese de glicoamilase por Aspergillus Awamori.
Palavras-chave em português
Aspergillus
glicoamilase
inóculo
Resumo em português
Neste trabalho foi estudada a influência da forma de preparo do inóculo na morfologia do microrganismo e na produção de glicoamilase por Aspergillus awamori, em cultivo submerso. Foram realizados ensaios variando-se a concentração de esporos utilizada no preparo do inóculo para o fermentador (pré-cultivo de células em incubador rotativo a 200 rpm e 35 oC, por 24 horas) no intervalo entre 9,5 exp 03 e 1,8 exp 07 esporos/mL. Os inóculos preparados com concentração de esporos entre 9,5 exp 03 e 9,5 exp 05 esporos/mL apresentaram-se na forma de uma suspensão de “pellets” e conduziram a um crescimento na forma filamentosa, em fermentador. A produção de glicoamilase, nos ensaios com concentração inicial de substrato de 40 g/L, realizados em fermentador, não foi influenciada pela concentração de esporos nessa faixa, mantendo-se entre 2100 e 2200 U/L. O aumento da concentração de esporos utilizada no preparo do inóculo para 1,8 exp 07 esporos/mL conduziu à formação de um inóculo na forma filamentosa contendo muitos aglomerados de esporos não germinados, que levaram a um crescimento, em fermentador, na forma de “pellets”, reduzindo a produção de glicoamilase para cerca de 1600 U/L e mostrando que o crescimento na forma de “pellets” não é indicado para a produção de glicoamilase. Foram estudadas, também, outras formas de preparo do inóculo, variando-se as condições de germinação dos esporos (pH e tempo de pré-cultivo do inóculo). A forma de preparo do inóculo que conduziu a uma maior produção de glicoamilase, em fermentador, foi o cultivo de esporos em incubador rotativo, a pH 2,5 durante 7 horas, o que evitou a aglomeração de esporos durante a etapa de germinação e a formação de “pellets” em fermentador, conduzindo a um crescimento na forma filamentosa e a uma alta produção de glicoamilase.
Título em inglês
Influence of inoculum preparation on Aspergillus awamori morphology and glucoamylase synthesis.
Palavras-chave em inglês
glucoamylase
inoculum
Resumo em inglês
The influence of the inoculum preparation on Aspergillus awamori morphology and glucoamylase synthesis in submerged cultures has been investigated. A series of runs were performed, varying the spore concentration of the inoculum (inoculum size) in the range from 9.5 exp 03 to 1.8 exp 07 spores/mL. The inoculum was cultivated in shaker, at 35 oC and 200 rpm, for 24 hours. The inoculum prepared with a spore concentration in the range from 9.5 exp 03 to 9.5 exp 05 spores/mL was composed by a pellet suspension. This pellet suspension led to a filamentous growth in fermenter, but did not influence the glucoamylase production, which reached values from 2,100 to 2,200 U/L. The use of a higher spore concentration (1.8 exp 07 spores/mL) produced an inoculum composed by dispersed hyphae and many spores agglomerates, which led to pellet formation in the fermenter and reduced glucoamylase production to 1,600 U/L. Thus, pellet formation is not recommended in the process of glucoamylase synthesis. Some forms of inoculum preparation have been studied, varying spore germination conditions (pH and time of inoculum culture). The form of inoculum preparation that led to the highest glucoamylase activity in fermenter was the spore germination in shaker at pH 2.5 for 7 hours, which avoided pellet formation in the reactor and conducted to a high glucoamylase production.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Pamboukian1997.pdf (751.18 Kbytes)
Data de Publicação
2001-08-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.