• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2014.tde-29122014-171108
Documento
Autor
Nome completo
Jose Roberto do Rego
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Mesquita, Marco Aurélio de (Presidente)
Alliprandini, Dario Henrique
Biazzi, Jorge Luiz de
Francischini, Paulino Graciano
Santoro, Miguel Cezar
Título em português
Gestão de estoques de peças de reposição: simulação e análise de modelos com dados empíricos.
Palavras-chave em português
Controle de estoques
Peças de reposição
Simulação
Resumo em português
Em diversos setores, em especial no automotivo, uma boa gestão dos estoques de peças de reposição tem impacto significativo na satisfação dos clientes e em sua fidelidade aos fabricantes. Neste trabalho foram estudadas diferentes políticas de gestão dos estoques de peças de reposição, para comparar seu desempenho e elaborar recomendações para seu uso. Foram comparados 17 conjuntos de políticas que envolvem diferentes abordagens no registro das demandas (dados individuais de cada pedido versus dados agregados em janelas de tempo semanais e mensais), modelos de previsão (média móvel, Croston modificado SBA) e diferentes formas de modelar a distribuição da demanda durante o Lead-time de ressuprimento (Normal, Gama, Binomial Negativa, composta Poisson-Normal, composta Poisson-Gama). Cada um desses 17 conjuntos de políticas foi simulado sob duas dinâmicas de reparametrização (mensal e semestral) e para quatro objetivos diferentes do nível de serviço (TFR: Target Fill Rate), totalizando 136 simulações para cada item do estoque (SKU). Foram considerados 10.032 SKU's de uma montadora de automóveis instalada no Brasil, com um histórico de seis anos de movimentação. Diferentes recomendações foram elaboradas conforme categorização dos itens já existente na literatura. Os resultados apontaram recomendações distintas para cada TFR, incluindo combinações de todas as alternativas estudadas, descartando apenas o uso das distribuições Normal, composta Poisson-Normal e composta Poisson-Gama. Sugere-se que as recomendações sirvam como guia para o uso desses modelos pelos praticantes.
Título em inglês
Spare parts inventory management: models simulation and analysis with empirical data.
Palavras-chave em inglês
Inventory control
Simulation
Spare parts
Resumo em inglês
In many areas, including automotive, a good spare parts inventory management can substantially affect customer satisfaction and their loyalty to the brands. Different spare parts inventory control policies were evaluated in this study, aiming to compare their performance and write recommendations for their usage. Seventeen policy sets were compared, including different approaches in recording demand data (individual orders data against time bucket records weekly and monthly), different demand forecasting methods (simple moving average, Syntetos-Boylan-approximation SBA) and different models for demand distribution during lead-time (Normal, Gama, Negative Binomial, compound Poisson-Normal, compound Poisson-Gama). Each policy set was simulated under two revision frequencies (monthly and semi-annually) and four different Target-Fill-Rates (TFR), totalizing 136 simulation runs for each SKU. Database included movement of 10.032 SKU´s during last 6 years from an automaker installed in Brazil. Results pointed different recommendations for existing classification schemes and under each TFR. Recommendations included all studied alternatives, discarding only the usage of Normal, compound Poisson-Normal and compound Poisson-Gama for demand distribution during lead-time. Practitioners are stimulated to use these recommendations as a guideline.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ERRATA_JRRego.pdf (290.79 Kbytes)
tese_JRREGO.pdf (4.56 Mbytes)
Data de Publicação
2015-01-15
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • REGO, J. R., e MESQUITA, M. A. Controle de estoque de peças de reposição em local único: uma revisão da literatura [doi:10.1590/S0103-65132011005000002]. Produção (São Paulo. Impresso) [online], 2011, vol. 21, p. 645-666.
  • GIACON, E., REGO, J. R., e MESQUITA, M. A. Advanced Planning and Scheduling (APS) Survey on Brazilian Industry. In 21 International Conference on Production Research, Stuttgart, Alemanha, 2011. Conference Proceedings., 2011.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.