• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Ariana Ribeiro Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Renato de Castro (Presidente)
Almudi, Gabriela Scur
Feitosa, Paulo Henrique Assis
Gonçalves, Eduardo
Piao, Roberta de Castro Souza
Título em português
Mobilidade de trabalhadores qualificados e a inovação regional no Brasil.
Palavras-chave em português
Geografia da inovação
Mobilidade de trabalhadores qualificados
Transbordamentos de conhecimentos
Resumo em português
O entendimento dos fatores locacionais que afetam a inovação ajuda a compreender a localização das atividades inovativas, dentre os quais há a mobilidade de trabalhadores qualificados (trabalhadores com Ensino Superior ou em ocupações técnicas e científicas). Em razão de o conhecimento estar atrelado às pessoas, a transferência desses trabalhadores para outras regiões impacta nas possibilidades e oportunidades de se compartilhar conhecimento. Assim, o objetivo desta tese é avaliar se a mobilidade de trabalhadores qualificados influencia os resultados da inovação no nível regional. A partir dos microdados da Relação Anual de Informações Sociais Identificada (RAIS ID), foi analisada a mobilidade dos trabalhadores formais entre as microrregiões brasileiras em todo o país entre os anos de 2003 e 2008. Os microdados foram inseridos em um banco de dados relacional (PostgreSQL), o que permitiu a criação de indicadores de mobilidade de trabalhadores, construídos para três recortes de trabalhadores: totais, com Ensino Superior e em ocupações técnicas e científicas. Foram calculadas as mobilidades para todas as atividades econômicas e para atividades econômicas selecionadas (Agricultura, Indústria Extrativa e de Transformação), gerando indicadores, a fim de mapear a mobilidade de trabalhadores no Brasil; em seguida, foram realizadas estimações econométricas baseadas na função produção do conhecimento. Entre os principais resultados, observa-se que, em todas as atividades econômicas e ao serem excluídos movimentos de trabalhadores intrarregiões metropolitanas, a entrada de trabalhadores nas microrregiões é benéfica para a inovação. Já para a perda e para a mobilidade bruta de trabalhadores, verifica-se o efeito dos benefícios gerados pela circulação de conhecimento nesses ambientes. Ao se analisar a mobilidade nas atividades econômicas selecionadas, constata-se a importância da mobilidade de trabalhadores qualificados para a inovação, cujo benefício está relacionado com a importância do conhecimento para as atividades inovativas e com a sua exploração nas atividades econômicas selecionadas. O desenvolvimento de capacidades de absorção em determinadas áreas facilita a assimilação e a acumulação de conhecimentos que podem ser derivados da circulação de novos trabalhadores em uma região.
Título em inglês
Mobility of skilled workers and regional innovation in Brazil.
Palavras-chave em inglês
Geography of innovation
Knowledge spillovers
Skilled labor mobility
Resumo em inglês
The analysis of the locational factors that have influence over innovation is the key to understand the localization of innovation. The mobility of skilled workers is one of these factors. The mobility of skilled workers can be important for innovation activities because the knowledge, that is an input for innovation, is embodied in people. So when people move to other location the possibilities to share this knowledge are increased. In this way, the aim of this thesis is to evaluate if the mobility of skilled workers can influence the regional innovation in Brazil. The mobility of workers was analyzed with micro-data of formal workers between the micro-regions of Brazil on the years of 2003 to 2008. The micro-data were inserted in an open source relational database (PostgreSQL). The indicators of mobility were created for workers in general, workers with higher education and workers in technical and scientific occupations and economics activities (Agriculture, Extractive and Manufacturing). With this data it was possible to map the mobility of workers in Brazil. Afterwards the knowledge production function framework at the regional level was used to estimate the impact of the mobility on regional innovation. When the mobility of workers was calculated for all activities and excluding mobility within the same metropolitan region, the empirical approach shows that the influx of workers is beneficial for innovation. Furthermore, for the analysis of the outflow and the gross mobility it was possible to notice the benefits of circulation of people and the benefits of knowledge share. For the evaluation of mobility of workers in selected economics activities, it was possible to notice the benefits of mobility of skilled workers for regional innovation. The benefits of circulation of skilled workers are related with the importance of knowledge in innovation activities and also with the possibilities of exploration of knowledge by local agents. Furthermore, the development of absorption capacity in selected areas ease the assimilation and accumulation of new knowledge derived from circulation of new workers in one region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.