• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2014.tde-26122014-120728
Documento
Autor
Nome completo
Karine Liotino da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Amato Neto, João (Presidente)
Plonski, Guilherme Ary
Ramos, Júlia Baruque
Título em português
Análise do desempenho em inovação das empresas brasileiras produtoras de têxteis e confeccionados e seu impacto no desempenho exportador.
Palavras-chave em português
Desempenho Inovação (Fatores; Impacto)
Indústria têxtil e confecção (Brasil)
Mercado internacional
Resumo em português
As empresas têxteis e de confecção cada vez mais vem perdendo competitividade nos mercados interno e externo. Elas se encontram em um hiato no mercado global, onde não conseguem competir com os preços praticados pelos países asiáticos nos produtos de menor valor agregado e, dentre os artigos de alto valor agregado, concorrem pelos mesmos mercados com grandes marcas europeias e norte-americanas já consolidadas internacionalmente. Diante deste cenário, considera-se a participação no mercado internacional uma relevante alternativa para a sobrevivência de empresas que enfrentam a competição global, pois competir por mercados mais exigentes capacita as empresas a oferecerem melhores produtos e eleva o nível de inteligência empresarial, ou seja, um ambiente desafiador, característico de um mercado global, contribui para a evolução das empresas. Numa economia globalizada caracterizada pela alta competitividade, qualidade dos produtos e concorrência acirrada, cada vez mais o êxito empresarial depende da capacidade da empresa inovar, principalmente, tecnologicamente, lançando novos produtos no mercado, a um preço menor, com uma qualidade melhor e a uma velocidade maior do que seus concorrentes. A fim de avaliar o quanto as empresas estão preparadas para enfrentarem esta competição e se inserirem cada vez mais no mercado internacional, esta dissertação procurou identificar os fatores formadores de valor presentes nas empresas brasileiras produtoras de têxteis e confeccionados que impactam nos seus desempenhos em inovação para, então, analisar como tal desempenho pode influenciar na competitividade internacional, identificando possíveis gargalos e entraves. Para a obtenção dos resultados foi realizada uma pesquisa de avaliação (survey) com uma amostra de 63 empresas dos segmentos têxteis e de confecção participantes do Programa Texbrasil da Abit, exportadoras e não exportadoras. Para a coleta dos dados, foi elaborado um instrumento de - 7 - pesquisa (questionário estruturado) com base na literatura sobre o tema. Para complementar o trabalho, foi realizada uma etapa qualitativa, a partir de entrevistas semi-estruturadas com especialistas do setor. Os resultados indicam que o desenvolvimento de inovações tem relação positiva com o desempenho da amostra estudada no mercado internacional. As empresas exportadoras estão mais estruturadas em relação à presença de fatores facilitadores para o desenvolvimento de inovações, quando comparadas às empresas não exportadoras. Os testes de regressão linear demonstraram que os aspectos relacionados ao porte das empresas, definição e compartilhamento da estratégia, estabelecimento de parcerias e o lançamento de produtos inovadores são fatores que vem impactando positivamente na participação dessas empresas no mercado internacional. Contudo, elas ainda apresentam práticas incipientes com relação à estrutura de gestão para uma estratégia competitiva baseada em inovações. A baixa qualificação da mão de obra; o pouco conhecimento e uso de regras de propriedade intelectual; a ausência de recursos físicos e financeiros; a baixa atividade de P, D & I, e o pouco conhecimento e uso dos recursos públicos destinados ao apoio a inovação, são considerados entraves para o desenvolvimento de inovações nas empresas estudadas, tanto exportadoras, como não exportadoras, sendo este cenário mais evidenciado nas empresas de menor porte e pertencentes ao elo de confecção.
Título em inglês
Analysis in innovation capacity of Brazilian companies producers of textiles and apparel and its impact on export performance.
Palavras-chave em inglês
International market
Performance innovation (Factors; Impact)
Textile and clothing industry (Brazil)
Resumo em inglês
Brazilian textile and apparel companies are losing more and more competitiveness in domestic and foreign markets. They are on a hiatus in the global market, where they are unable to compete with the prices practiced by Asian countries on lower added value products and, among higher added value items, they are competing for the same markets with major European and North American brands that are already established internationally. In the face of this scenario, participation in the international market is considered to be a relevant alternative for the survival of companies that are facing global competition, since competing for more demanding markets enables companies to offer better products and raise the bar on corporate intelligence; in other words, the challenging environment that is characteristic of a global market contributes to corporate growth. In a globalized economy characterized by high competitiveness, product quality and heated competition, corporate success increasingly depends on a company's ability to innovate, especially in technological terms, launching new products in the market faster than its competitors can, at a lower price and with better quality. In order to assess how prepared companies are to take on this competition and mover further and further into the international market, this dissertation sought to identify the value-forming factors found at Brazilian textile and apparel production companies that impact their performance in innovation. Next, an analysis was performed of how this performance could influence international competitiveness, identifying possible bottlenecks and barriers. To obtain results, a survey was applied using a sample of 63 exporting and nonexporting companies in the textile and apparel industries that are members of Abit's Texbrasil Program. To collect data, a survey instrument (structured questionnaire) was created based on literature on this topic. To add to this work, a qualitative stage was carried out, based on semi-structured interviews with industry specialists. - 9 - The results indicate that the development of innovations is positively related to the performance in the international market of the sample studied. The exporting companies are more structured in relation to the presence of factors that facilitate development of innovation, as compared to non-exporting companies. Linear regression tests show that aspects related to company size, definition and sharing of strategy, establishment of partnerships, and the launch of innovative products are factors that have had a positive impact on the participation of these companies in the international market. Nevertheless, their practices are still incipient insofar as the management structure is concerned for a competitive strategy based on innovations. The labor force's low qualifications; little knowledge and use of intellectual property rules; a lack of physical and financial resources; low R, D & I activities; and little knowledge and use of public resources earmarked for support of innovation are considered to be obstacles to development of innovations at the companies studied, both for exporters and non-exporters, with this scenario being more evident at smaller companies that are part of the apparel chain.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-19
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • AMATO NETO, J., and SILVA, F. D. P. Lean production paradigm and the influence of automakers on industrial organization of their suppliers: The case of the Brazilian automotive complex [doi:10.1504/IJATM.2008.020212]. International Journal of Automotive Technology and Management [online], 2008, vol. 8, p. 254-269.
  • AMATO NETO, J., and SILVA, F. D. P. Lean production paradigm and the influence of automakers in industrial organization of their suppliers: the case of the Brazilian automotive complex. In INTERNATIONAL EUROPEAN OPERATIONS MANAGEMENT ASSOCIATION (EurOMA) CONFERENCE ON OPERATIONAL AND GLOBAL COMPETITIVENESS, 12., Budapest, 2005. Operations and Global Competitiveness.Budapest : Diamond Congress Ltd, 2005.
  • BAGNO, R. B., et al. Innovation and technological competence building in Brazilian automotive industry subsidiaries from the perspective of inter-organizational networks. In INTERNATIONAL COLLOQUIUM OF GERPISA (GROUPE D'ETUDE ET DE RECHERCHE PERMANENT SUR L'INDUSTRIE ET LES SALARIES DE L'AUTOMOBILE), 20., Krakow, 2012. Structuring new automotive industries, restructuring old automotive industries and the new geopolitics of the global automotive sector.Krakow : Jagiellonian University, 2012. Abstract. Available from: http://gerpisa.org/node/1646.
  • BAGNO, R. B., et al. Innovation and technological competence building in Brazilian automotive industry subsidiaries from the perspective of inter-organizational networks. In INTERNATIONAL COLLOQUIUM OF GERPISA (GROUPE D'ETUDE ET DE RECHERCHE PERMANENT SUR L'INDUSTRIE ET LES SALARIES DE L'AUTOMOBILE), 20., Krakow, 2012. Structuring new automotive industries, restructuring old automotive industries and the new geopolitics of the global automotive sector.Krakow : Jagiellonian University, 2012. Available from: http://gerpisa.org/acceptedproposals?date_filtervalueyear=&date_filtervaluemonth=0&date_filtervalueday=0&date_filter.
  • SILVA, E. M., LAURINDO, F. J. B., e AMATO NETO, J. Cadeias produtivas virtuais: estudo de caso numa rede de cooperação do setor imobiliário, alavancada na tecnologia da informação. In SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (SIMPEP), 19., Bauru, 2012. Redes globais de suprimentos: desafios e tendências do mundo globalizado.Bauru : Unesp, 2012. Dispon?vel em: http://www.simpep.feb.unesp.br/anais_simpep.php?e=7.
  • SILVA, K. L., and AMATO NETO, J. Analysis of innovation capacity of Brazilian companies producers of textiles and apparel and its impact on exporter performance. In INTERNATIONAL ANNUAL EUROPEAN OPERATIONS MANAGEMENT ASSOCIATION (EurOMA) CONFERENCE, 20., Dublin, 2013. Conference Program & Book of abstracts.Dublin : Trinity College Dublin; European Operations Management Association (EurOMA), 2013. Abstract.
  • SILVA, K. L., and AMATO NETO, J. Analysis of innovation capacity of Brazilian companies producers of textiles and apparel and its impact on exporter performance. In INTERNATIONAL ANNUAL EUROPEAN OPERATIONS MANAGEMENT ASSOCIATION (EurOMA) CONFERENCE, 20., Dublin, 2013. Proceedings: Operations management at the heart of the recovery.Dublin : Trinity College Dublin; European Operations Management Association (EurOMA), 2013.
  • SILVA, K. L., e AMATO NETO, J. Análise bibliométrica sobre capacidade de inovação (innovation capability) das indústrias brasileiras produtoras de têxteis e vestuário. In SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (SIMPEP), 19., BAURU, 2012. Redes globais de suprimentos: desafios e tendências do mundo globalizado.Bauru : Unesp, 2012. Dispon?vel em: http://www.simpep.feb.unesp.br/anais_simpep.php?e=7.
  • CARVALHO, R. Q., et al. Mapeamento da cadeia produtiva aeronáutica brasileira (CAB). In FRANCO MONTORO, G. C., e MIGON, M. N. Cadeia produtiva aeronáutica brasileira: oportunidades e desafios. Organizador. Rio de Janeiro : BNDES, 2009{Volume}, p. 71-196.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-26122014-120728/
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.