• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Lucca Perez Pompeu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Sznelwar, Laerte Idal (Presidente)
Brunoro, Claudio Marcelo
Uchida, Seiji
Título em português
Autogestão da produção, produção da autogestão: elementos da cooperação na Flaskô a partir de uma análise ergonômica do trabalho.
Palavras-chave em português
Autogestão
Cooperação
Empresas
Psicodinâmica
Trabalho
Resumo em português
A presente dissertação teve como motivação geral aprofundar na compreensão do trabalho dentro da Flaskô, uma Empresa Recuperada pelos Trabalhadores (ERT), devido ao interesse nessas experiências de autogestão. A questão de fundo consiste em entender se seriam as ERT's capazes de possibilitar transformações substanciais no trabalho de maneira a apontar para novas relações sociais e de produção. Questão abrangente que permanecerá por muito tempo. A partir de um recorte um pouco mais específico, buscamos compreender como se configura a cooperação entre os trabalhadores em suas atividades de produção. Para isso utilizamos o referencial teórico da Ergonomia da Atividade. Foi feita uma pesquisa-ação na fábrica seguindo a metodologia Análise Ergonômica do Trabalho (AET), que permitiu que nos aproximássemos da atividade e da organização real do trabalho, podendo observar no processo de mudança e projeto de novas formas organizacionais os interstícios, contradições e lógicas do trabalho na fábrica. A partir das vivências que os trabalhadores deixaram emergir na AET bem como dos relatos, entrevistas e observações realizadas, analisamos a cooperação à luz dos conceitos da Psicodinâmica do Trabalho, tentando construir uma interpretação da deontologia do fazer na fábrica, ou seja, dos processos que permitem o reconhecimento intersubjetivo dos trabalhadores através da discussão, deliberação, criação de acordos, normas e regras que envolvem a capacidade de construir confiança, comunicar-se, coordenar as inteligências singulares através de arbitragem e da legitimação de certo tipo de autoridade fundada no saber e na utilidade, e não na dominação.
Título em inglês
Sef-management production, producting the sef-management: aspects of the cooperation at Flaskô from an ergonomic analysis of work.
Palavras-chave em inglês
Activity ergonomics
Cooperation
Psychodynamics of work
Self-management
Work democracy
Resumo em inglês
The present work was motivated by the general interest to understand deeply the work inside Flaskô, a self-management company which was recovered by its workers during the failure process, due to the interest in these self-management and democracy at workplace experiences. The fundamental question behind all the work is to understand if those experiences are able to produce substantial changes in work leading to new social and production relations. But that is a question that will remain for a long time. In this research, more specifically, we tried to focus on in understanding how the cooperation between the workers in the production activities is configured. For this purpose, we use the theoretical reference of the Activity Ergonomics, following the methodology of Ergonomic Analysis of Work in Flaskô, which allowed us to approach the work activity and the real organization of the work. In the process of designing changes in the organization with the workers we were able to observe the interstices, contradictions and logics of work. The workers brought up a lot of experiences from their lives at the factory. That allowed us, along with the reports, interviews and observations that we made, build an interpretation of the cooperation, using as theoretical framework the concepts of Work Psychodynamics. We tried to understand cooperation from the process of "deontology of work" in the factor: the processes that allow the intersubjective recognition of workers through discussion, deliberation, creation of agreements, norms and rules that involve the capacity to build trust, communicate, coordinate the singular intelligences through arbitration and the legitimation of a certain type of authority based on knowledge and in utility, not domination.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.