• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2013.tde-11072014-001021
Documento
Autor
Nome completo
Angela Maria Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Pessôa, Marcelo Schneck de Paula (Presidente)
Fortes, Renata Pontin de Mattos
Gonçalves, Rodrigo Franco
Salviano, Clênio Figueiredo
Spínola, Mauro de Mesquita
Título em português
Proposta de uma estrutura de medição para qualidade do SPB - Software Público Brasileiro.
Palavras-chave em português
Ecossistema digital
Ecossistemas de software
Melhoria de processo de software
Modelo de maturidade
Pensamento sistêmico
Processo de software
Qualidade de software
Sistemas complexos
Software público
Resumo em português
Esta pesquisa trata do desenvolvimento de uma estrutura conceitual para um framework de maturidade, para o domínio de ecossistemas digitais de produção de software, utilizando a pesquisa-ação como paradigma de pesquisa. A estrutura de medição proposta tem como base o critério descrito no item 5 da Norma ISO/IEC 15504-2 Uma Estrutura de Medição para a capacidade de processo, com as adaptações necessárias para o domínio do Software Publico Brasileiro (SPB). O framework tem como objetivo o desenvolvimento de referências conceituais para um modelo de maturidade de um ecossistema público de software, considerando as referências do pensamento sistêmico. A abordagem do pensamento sistêmico permitiu identificar que o ecossistema evolui em ciclos de aprendizado que resultaram em um modelo de maturidade. Foi observado também que a mesma abordagem pode ser utilizada em outros ecossistemas. O objeto de pesquisa, o ecossistema do SPB, é uma experiência inovadora na administração pública, que combina características do modelo de produção de software livre com o conceito de bens públicos e é entregue por um portal que une pessoas e interesses diferentes. O portal do SPB é um espaço virtual para disseminação e aprimoramento de ferramentas de software. Em algumas comunidades acontecem atividades de desenvolvimento de novas funcionalidades ou mesmo de novas versões de ferramentas. Portanto, acontecem processos de desenvolvimento de software, porém ainda sem um processo de qualidade instituído. O desenvolvimento da pesquisa utilizou como referências teóricas frameworks de modelos de maturidade de processos, framework de métodos para construção de modelos, conceitos de sistemas complexos, pensamento sistêmico e ecossistemas digitais. A metodologia de pesquisa utilizada foi a pesquisa-ação e o trabalho de campo teve a duração de dois anos.
Título em inglês
Proposal for a framework for quality measurement to the SPB - Brazilian Public Software.
Palavras-chave em inglês
Complex systems
Maturity model
Public software
Software ecosystems
Software process
Software process enhancement
Software quality
Systemic thin
Resumo em inglês
This research project addresses the development of a conceptual structure to measure the quality of software production in the digital ecosystem domain, using the action research paradigm. The proposed measurement framework is based on the criteria described in item 5 of ISO / IEC 15504-2 - A Measurement Framework for process capability, with the necessary adaptations to the Public Domain Software (PDS). Development of the structure aims to contribute to the creation of conceptual references for a maturity model for a public software development ecosystem, using the literature on Systems Thinking. The Systems Thinking Approach identified the ecosystem evolves in learning cycles that resulted in a maturity model. It was also observed that the same approach can be used in other ecosystems. The research object is the Brazilian Public Software Ecosystem (BPS), an innovative experience in public administration that combines features of the free software production model with the concept of public goods and is delivered by a portal that links different people and interests. The BPS portal is a virtual space for the development, dissemination and enhancement of software by software communities. These communities engage in activities involving the development of new functionality or even new versions of solutions. Thus they involve software development processes but without a minimum of quality assurance. The theoretical references for the research project ranged from frameworks for process maturity models and frameworks for model construction to concepts of complex systems, systemic thinking and digital ecosystems. The research methodology used was action research and the field work had duration of two years.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Corpo_AAlves.pdf (8.12 Mbytes)
Tese_Inicio_AAlves.pdf (104.89 Kbytes)
Data de Publicação
2014-07-11
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ALVES, A. M., and PESSÔA, M. S. P. Gestão do conhecimento e melhoria de processo de software. In IADIS Conferencia Ibero-Americana WWW/Internet (CIAWI 2008), Portugal, 2008. Conferencia Ibero-Americana WWW/Internet 2008 (CIAWI 2008)., 2008.
  • ALVES, M. A., et al. Brazilian Public Software and Complexity. In BusCom, Boston, Estados Unidos, 2010. Published in proceedings of the BusCom 2010., 2010.
  • ALVES, M. A., et al. Brazilian Public Software and Quality. In International Association for Development of the Information Society, Timisoara, 2010. IADIS International Association for Development of the Information Society., 2010. Available from: http://IADIS/WWW/INTERNET 2010.
  • ALVES, M. A., e PESSÔA, M. S. P. Brazilian Public Software: beyond Sharing. In ACM/MEDES 2010, Bangkok, Tailândia, 2010. The International ACM Conference on Management of Emergent Digital EcoSystems., 2010.
  • ALVES, M. A., e PESSÔA, M. S. P. Systemic Maturity Model and Brazilian Public Software. In IEEE/PIC-2010, Shanghai, China, 2010. - International Conference on Progress in Informatics and Computing., 2010.
  • ALVES, M. A., e PESSÔA, M. S. P. Towards a Systemic Maturity Model for Public Software Ecosystems. In SPICE CONFERENCE 2011, DUBLIN CITY UNIVERSIT, IRELAND, 2011. Software Process Improvement Capability Determination.Irlanda : Springer, Heidelberg, 2011. Dispon?vel em: http://www.spiceconference.com/.
  • GONÇALVES, Rodrigo Franco, et al. Ergonomic Challenges in Information System Implantation for Building Design Support: a Brazilian experience. In ODAM IX 2008, Guarujá, São Paulo, 2008. IX Simpósio Internacional em Ergonomia no Projeto Organizacional e Gestão., 2008.
  • GONÇALVES, Rodrigo Franco, et al. Fundamentos de Engenharia Simultânea na Produção de Aplicações Web. In XXVII ENEGEP - ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, Foz do Iguaçu, Parana, 2007. XXVII ENEGEP - ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO., 2007.
  • GONÇALVES, Rodrigo Franco, LAURINDO, Fernando José Barbib, e PESSÔA, M. S. P. Avaliação de Projeto de Inovação Tecnológica e Vantagem Competitiva Baseadas em Tecnologia da Informação em Pequena. In ENEGEP 2009 XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, Salvador, 2009. ENEGEP 2009 XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO., 2009.
  • LAINO, C. P., et al. Uso de ferramenta WIKI para gestão do conhecimento: um estudo de caso em instituição financeira. In ENEGEP, Rio de Janeiro, 2008. XVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção., 2008.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.