• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2013.tde-07062014-121156
Documento
Autor
Nome completo
Karine Lima de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Costa, Reinaldo Pacheco da (Presidente)
Amato Neto, João
Fischmann, Adalberto Américo
Frezatti, Fábio
Laurindo, Fernando José Barbin
Título em português
Uma proposta para o diagnóstico do declínio organizacional.
Palavras-chave em português
Declínio organizacional
Modelo de diagnóstico
Setor automobilístico
Turnaround
Resumo em português
Ao longo das últimas décadas, o declínio organizacional despertou interesse de pesquisadores em função da necessidade de se compreender a dinâmica organizacional por uma perspectiva oposta ao crescimento. Esse desejo surge em função da crescente dificuldade das grandes organizações em conseguir manter sua posição competitiva: acredita-se que a perpetuação do bom desempenho depende cada vez mais de quão adaptáveis estas organizações são às turbulências do ambiente de negócios. Porém, esta flexibilidade não depende apenas da capacidade de antecipar as mudanças estratégicas, mas também de como a sua estrutura organizacional está estabelecida e da sua capacidade empreendedora. Assim, pelo fato da teoria do declínio organizacional ser relativamente recente, inúmeras definições taxonômicas ainda precisam ser debatidas, além de se ressaltar a necessidade de explorar melhor o próprio conceito do declínio e compreender sua origem. Considerando este contexto, o presente trabalho desenvolve um modelo de diagnóstico do declínio organizacional, cujo objetivo central é identificar o estágio de declínio das organizações. Para cumprir com este propósito, estudos de casos múltiplos foram aplicados em empresas do segmento automobilísticos (montadoras), tanto pelo fato de estarem presentes no Brasil há vários ciclos econômicos quanto por se depararem com uma intensa necessidade de reavaliação do modelo de negócio nos últimos anos. Para a definição dos constructos que compõem o arcabouço teórico, foi realizada uma análise bibliométrica e, posteriormente, uma análise cienciométrica, de modo a permitir a compreensão da estrutura cognitiva da teoria do declínio organizacional, a partir da qual foi desenvolvida uma proposta aqui denominada modelo 3E, pois contempla as seguintes dimensões: Estratégia, Estrutura e Empreendedorismo. Os resultados obtidos validam o modelo proposto e permitem inferir não apenas a situação do setor automobilístico, mas também posicionar cada montadora em seu estágio de declínio correspondente com base em uma análise temporal da organização: passado, presente e futuro. Como efeito colateral, o modelo oferece um roteiro para verificar a coerência da estrutura à estratégia, a eficiência da estrutura organizacional e também a capacidade empreendedora destas organizações em definir o horizonte estratégico adequado.
Título em inglês
A proposal for organizational decline diagnosis.
Palavras-chave em inglês
Automotive sector
Model for diagnosing
Organizational decline
Turnaround
Resumo em inglês
Along the latest decades, organizational decline raised interest on the part of scholars due to the need of understanding the organizational dynamics from a perspective opposed to growth. This occurs in function of the increasing difficulty of large organizations in managing to keep their competitive position; the perpetuation of good performance is believed to depend more and more on how adaptable these organizations are to the turbulences of the business environment. However, this flexibility does not only depend on the capacity of anticipating strategic changes, but also on how their organizational structure is established and on their entrepreneurial capacity. Hence, once the organizational decline theory is relatively recent, a number of taxonomic definitions still have to be discussed before the need to better explore the very concept of decline and understanding its source is felt. Considering this context, a model for diagnosing organizational decline is developed herein, the central goal of which is to identify the organizations decline stage. To meet this goal, multiple case studies were conducted in organizations in the automotive sector (assemblers), both for the fact of their being present in Brazil along several economic cycles and for their facing an intense need to reassess their business model in the last years. For defining the constructs composing the theoretical framework, a bibliometric analysis was conducted and, later, a scientometric analysis, so as to allow understanding the cognitive structure of the organizational decline theory, from which a proposal was developed and denominated 3E model here, contemplating the following dimensions: Strategy, Structure and Entrepreneurship (which start with an E in Portuguese). The results validate the model proposed and allow inferring not only the automotive sector scenario, but also placing each assembler in its corresponding decline stage based on a temporal analysis of the organization: past, present and future. As a side effect, the model provides a script for verifying the adherence of the structure to the strategy, the efficiency of the organizational structure, as well as the entrepreneurial capacity of these organizations in defining an adequate strategic horizon.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-06-13
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CARVALHO, K., et al. A contribuição das teorias do ciclo de vida organizacional para a pesquisa em contabilidade gerencial [doi:10.1590/s1678-69712010000400005]. RAM. Revista de Administração Mackenzie [online], 2010, vol. 11, p. 98-130.
  • CARVALHO, KARINE LIMA DE, COSTA, REINALDO PACHECO DA, and Souza, Roberta de Castro. Gestão estratégica dos relacionamentos na cadeia de suprimentos da alface [doi:10.1590/S0103-65132013005000031]. Produção (São Paulo. Impresso) [online], 2013, vol. 22, p. 00-00.
  • CARVALHO, K., and COSTA, R. P. THE PARADIGM OF SUSTAINTABILITY IN PRODUCTION ENGINEERING: A LITERATURE REVIEW. In 21st Production and Operations Management Society (POMS) Annual Conference, VANCOUVER, 2010. 21st Production and Operations Management Society (POMS) Annual Conference.VANCOUVER : POMS, 2010.
  • CARVALHO, K., e COSTA, R. P. Análise das transações na cadeia produtiva da alface. In Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Rio de Janeiro, 2008. Anais do ENEGEP., 2008.
  • COSTA, R. P., e CARVALHO, K. Metodologia de estimação de preço de transferência entre sistemas de produção de cana-de-açúcar e de álcool. In ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO - enegep, FOZ DO IGUAÇU, 2007. ANAIS DO XXVII ENEGEP., 2007.
  • COSTA, R. P., e CARVALHO, K. Return on the Investments in the agricultural and industrial systems: a new methodology for sugar cane and ethanol. In 14th Production Operations Management Congress, Houston - Texas, 2007. Anais do Production Operations Management.Houston : Anais do 14th POMS, 2007.
  • SARAIVA JUNIOR, A. F., CARVALHO, K., and COSTA, R. P. The Contribution of Organization Life Cycle Theories for Management Accounting Research. In 20th Annual International Conference, Orlando, 2009. Anais do POMs 2009., 2009.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.