• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2009.tde-01072009-121438
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Gomes Musetti Munck
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Sznelwar, Laerte Idal (Presidente)
Abrahão, Júlia Issy
Lancman, Selma
Marx, Roberto
Uchida, Seiji
Título em português
Concepções organizacionais e os constrangimentos ao processo de formação e aprendizagem: um estudo à luz do agir organizacional.
Palavras-chave em português
Ergonomia no trabalho
Trabalho
Trabalho em grupo
Resumo em português
As organizações se encontram em ambientes de gradativa competitividade. Conscientiza-se que as respostas a esse cenário passam pelas competências que renovam o aprendizado e por ele são renovadas. Pessoas competentes no sentido de inovar e lidar com imprevistos são cada vez mais exigidas em lugar de pessoas que respondam adequadamente a desafios previstos. Percebe-se que a estrutura e a forma de organizações adotadas favorecem ou prejudicam o aprendizado nessa direção. Este trabalho pretende evidenciar essa relação fazendo uso da perspectiva proposta por Maggi (2006), o agir organizacional, na qual as organizações são vistas como um processo de ações e decisões dinâmico e com possibilidades efetivas de intervenção por parte dos indivíduos. Antes, discutem-se três pontos de vista ou formas de ver a organização para analisar seus constrangimentos à aprendizagem e, conseqüentemente, suas conseqüências. Além disso, buscou-se relacionar os processos de cooperação e coordenação, bem como a coordenação do processo de desenvolvimento de ações em relação à formação. Temas como autonomia, discricionariedade, heteronomia e processo decisório permearam o estudo. Por fim, analisaram-se os constrangimentos que cada concepção de organização impõe sobre os processos de aprendizagem e, a partir daí, discutiu-se as contribuições do agir para a aprendizagem organizacional. Utilizou-se como estratégia de pesquisa o estudo de caso, realizado em um hospital universitário, especificamente em sua diretoria de enfermagem, por apresentar características próximas da economia de serviços e que, por isso, exigiria a postura proposta pelo agir organizacional. Os resultados demonstraram uma vinculação forte das práticas de aprendizagem, bem como das ações de formação com as características de formação apresentadas pelas diferentes concepções organizacionais apresentadas por Maggi (2006).
Título em inglês
The processes of cooperation and coordination, as well as the coordination of the developing of actions process in relation to the formation.
Palavras-chave em inglês
Autonomy
Coordination of actions
Learning
Organizational conception
Resumo em inglês
The corporations are in environments of gradual competitiveness. It has been assumed that the answers to this scenario pass through the competences that renew the learning and are renewed by it. Competent people in the sense of innovating and dealing with the unpredictable are more and more needed replacing those who answer adequately to the predictable challenges. Its apparent that the structure and the form of organization adopted favor or damage the learning towards this direction. This report intends to make this relation evident by using the perspective proposed by Maggi (2006), the organizational behaving, in which the organizations are seen as a dynamic process of actions and decisions and effective possibilities of intervention coming from the individuals. Before, its discussed three points of view or forms of seeing the organization to analyze its embarrassments to the learning and, therefore, its consequences. Besides, it has been tried to relate the processes of cooperation and coordination, as well as the coordination of the developing of actions process in relation to the formation. Themes like autonomy, discretionarity, heteronomy, and decision process are within the study. At last, it has been analyzed the embarrassments that each conception of organization impose over the learning processes and, from there on, it has been discussed the contributions of the behaving in the organizational learning. It has been used as strategy of research the study of case, taken place at a university hospital, specifically in its nursing directory for presenting characteristics resembling to the economy of services and which, by its characteristics, would demand the positioning proposed by the organizational behaving. The results demonstrated a strong relationship of the nursing practices, as well as the actions of formation with the actions of formation presented by the different organizational conceptions presented by Maggi (2006).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE_MARIANA_FINAL.pdf (396.38 Kbytes)
Data de Publicação
2009-07-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.