• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2014.tde-20052015-161710
Documento
Autor
Nome completo
Camila Martini Matos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Diaz, Francisco Rolando Valenzuela (Presidente)
Esper, Fábio José
Hildebrando, Edemarino Araujo
Título em português
Estudo comparativo das propriedades de dois caulins brasileiros.
Palavras-chave em português
Caracterização e organofilização
Caulinita
Resumo em português
A utilização de argila como matéria-prima acompanha a evolução humana desde a Pré-história, ao longo do tempo o ser humano vem utilizando as argilas para produzir objetos variados, como vasos, estatuetas e tijolos. Nos dias atuais muitas indústrias utilizam os diferentes tipos de argilas encontradas na natureza. Neste trabalho foi utilizado um caulim proveniente da Bahia e o outro caulim proveniente de São Paulo. Os caulins foram caracterizados através das técnicas e ensaios de difração de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia por energia dispersiva (EDS), microscopia estereoscópica (MO), infravermelho (IV), análises térmicas (TG e DSC), fluorescência de raios X (FRX), análise química (IQ), análise granulométrica, área superficial (BET), inchamento de Foster, incorporação de solventes, capacidade de troca catiônica (CTC), ensaios cerâmicos, ensaio de adsorção, quantificação da matéria orgânica, ensaio de plasticidade, viscosidade Fann e umidade base seca e base úmida. Todos os resultados foram utilizados para realizar uma comparação entres as propriedades dos dois caulins selecionados para este estudo. Em seguida os caulins foram submetidos ao processo de organofilização. Os resultados mostram que as duas argilas são compostas pelo argilomineral caulinita, todos os resultados apresentaram-se compatíveis com argilas cauliníticas e a organofilização dos caulins foi comprovada principalmente pelos resultados do infravermelho (IV) e teste de inchamento de Foster.
Título em inglês
Comparative study of the properties of two brazilian kaolins.
Palavras-chave em inglês
Characterization and organophilization
Kaolinite
Resumo em inglês
The use of clay as raw material accompanies human evolution since the prehistory, over time humans have been using clays to produce various objects, such as vases, figurines and bricks. Now days many industries use different types of clays found in nature. The clays are formed by a claymineral or a mixture of various clayminerals, there is a certain content of alkali and alkaline earth elements, have low particle size and acquires plasticity when in contact with water, also have impurities such as organic matter, soluble salts, quartz particles, mica and other minerals, and some residual amorphous minerals. In this study was used a kaolin from Bahia and other kaolin from São Paulo. The Kaolins were characterized by X-ray diffraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM), energy dispersive spectroscopy (EDS), stereoscopic microscopy (SM), infrared (IR) , thermal analysis, X-ray fluorescence (XRF), chemical analysis (CA), particle size analysis, surface area (BET), Foster swelling, incorporation of solvent, cation exchange capacity (CTC), ceramic tests, adsorption, organic matter, plasticity, Fann viscosity and humidity. All results were used to make a comparison between the two kaolins properties. Then the kaolins were subject to an organophilization process. The results show that both clays are composed of kaolinite with properties compatible with those of kaolins. Organophilization mainly been proven by the results of infrared (IR) and Foster swelling test.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-27
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • VALENZUELA, M. G. S., et al. Engineering Properties of Kaolinitic Clay with Potencial Use in Drugs and Cosmetics. International Journal of Modern Engineering Research [online], 2013, vol. 3, p. 163-165. Available from: http://www.ijmer.com/papers/Vol3_Issue1/BA31163165.pdf.
  • Magalhães, Orley de Oliveira, et al. Purificação e caracterização de argila caulinítica de Vitória da Conquista, BA. In 56 Congresso Brasileiro de Cerâmica e 1 Congresso Latino-Americano de Cerâmica, Curitiba, 2012. CD 56 Congresso Brasileiro de Cerâmica e 1 Congresso Latino-Americano de Cerâmica.São Paulo : Associação Brasileira de Cerâmica, 2012. Resumo.
  • SILVA A.M.A., et al. Estudo de uma nova aplicação de uma argila vermelha de caruaru. In 57 Congresso Brasileiro de Cerâmica & 5 Congresso Iberoamericano de Cerâmica, Natal, 2013. CD 57 Congresso Brasileiro de Cerâmica e 5 Congresso Iberoamericano de Cerâmica.São Paulo : Associação Brasileira de Cerâmica, 2013.
  • VALENZUELA, M. G. S., et al. Obtaining Nanocapsules from PHBEG/MMT Composite . In TMS 2014 143 Annual Meeting & Exibition, San Diego, 2014. Characterization of Minerals, Metals and Materials 2014.New Jersey : Wiley TMS, 2014. Available from: http://file:///C:/Users/Francisco/Downloads/Characterization2014.pdf.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.