• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Andressa da Costa Santos Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Mugnaini, Rogério (Presidente)
Araújo, Kizi Mendonça de
Cuenca, Angela Maria Belloni
Santos, Marcelo dos
Título em português
Níveis de evidência e níveis de periódicos: análise de impacto de artigos na área de Ortopedia e Traumatologia
Palavras-chave em português
Avaliação
Indicadores bibliométricos
Medicina baseada em evidências
Periódicos científicos
Produção científica
Resumo em português
Introdução: o hábito pela busca de informações que subsidiem a prática clínica e a pesquisa está cada vez mais presente na vida dos profissionais da saúde e o uso das fontes de informação especializadas tornou-se imprescindível. Nesse contexto, destaca-se o profissional bibliotecário, por suas habilidades e o senso do trabalho multidisciplinar, o que permite sua atuação como um elo com o profissional da saúde e as melhores evidências disponíveis por possuírem em seu arsenal de conhecimento técnicas para a busca e recuperação da informação relevante, sendo esta sua oportunidade com a medicina baseada em evidências. Objetivo: avaliar a produção científica dos pesquisadores da pós-graduação em Ortopedia e Traumatologia e a contribuição do bibliotecário no processo da comunicação científica, a partir da avaliação qualitativa e quantitativa de artigos publicados, frente aos requisitos vigentes estabelecidos no sistema de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Metodologia: foram pesquisados os artigos publicados com a autoria vinculada ao programa de Pós-Graduação em Ortopedia e Traumatologia da FMUSP, no período de 2012 a 2014. Descartados os editoriais, os eventos e as cartas aos editores, resultou num corpus de 157 artigos. Para avaliação da qualidade do conteúdo dos artigos, foi aplicado o protocolo de avaliação criado por Amatuzzi e para determinação do nível de evidência foi utilizada a classificação proposta pelo Centro de Medicina Baseada em Evidências de Oxford e adaptado pelo periódico Acta Ortopédica Brasileira. Para a análise bibliométrica foi considerada uma janela de citação de quatro anos dos artigos indexados na base de dados Scopus e como classificação dos periódicos utilizamos o Qualis referente aos anos de 2010 a 2012. Foram analisados, tanto o total de artigos quanto a média de citações na referida janela de citação, segundo as seguintes variáveis: nível de evidência e estrato Qualis do periódico. Resultados: os pesquisadores costumam publicar em coautoria e houve uma nítida preferência por Estudos Terapêuticos, sendo grande parte das publicações em nível IV de evidência, priorizando periódicos nacionais classificados no estrato Qualis B3. Apesar da baixa frequência de publicações de nível I de evidência, sua média de citações se mostrou significativa. Analogamente, Estudos Diagnósticos e Estudos Anatômicos de nível I, em sua maior parte, igualmente foram publicados em estratos Qualis mais baixos, contudo, receberam mais citações. Sobre a qualidade metodológica dos artigos publicados, os Estudos Terapêuticos demostraram maior quantidade de respostas "SIM" no protocolo de avaliação utilizado, no entanto, foram publicados em periódicos com estrato Qualis menor (B4). E quanto à relação entre o impacto dos artigos com os níveis de evidência e os níveis dos periódicos, constatou-se que os estudos classificados com nível I de evidência foram os mais citados, sendo os estudos sobre anatomia, de ciências básicas, que se destacaram nas médias de citações. Percebeu-se ainda que a média de citações apresenta relação mais forte com os estratos Qualis do que com os níveis de evidência. Conclusões e considerações finais: os pesquisadores da Pós-Graduação em Ortopedia e Traumatologia devem acentuar a prática da Medicina Baseada em Evidências e inseri-la no processo da comunicação científica, buscando aperfeiçoamento, de suas pesquisas e, elevando assim, seu nível de evidência para aprimorar sua performance no exercício avaliativo empreendido pela Capes. A relação profissional do bibliotecário em ciência da saúde e dos pesquisadores deve ser estreitada, estabelecendo um esforço conjunto na busca da qualidade das publicações em Ortopedia e Traumatologia.
Título em inglês
Levels of evidence and levels of periodicals: impact analysis of articles in Orthopedics and Traumatology.
Palavras-chave em inglês
Assessment
Bibliometric indicators
Librarian in health science
Scientific journals. Evidence-based medicine
Scientific production
Resumo em inglês
Introduction: the practice for the search of information which underpin the clinical practice and research is increasingly present in the lives of health professionals and the use of information sources specialized has become indispensable. In this context, highlights the professional librarian for their skills and the sense of the multidisciplinary work, which allows them to act as a link with the health professional and the best available evidence they have in their arsenal of technical knowledge for the search and retrieval of relevant information, and this is their opportunity with evidence-based medicine. Objective: to evaluate the scientific production of the post-graduate researchers in Orthopedics and Traumatology and the contribution of the librarian in the scientific communication process, based on the qualitative and quantitative assessment of published articles, in face of the requirements established in the evaluation system of the Coordination of Improvement of Higher Level (CAPES). Methodology: the articles published were searched with the authorship associated to the post-graduation program in Orthopedics and Traumatology of FMUSP, from 2012 to 2014. Discarded the editorial, events and letters to the editors, has resulted in a corpus of 157 articles. To evaluate the quality of the content of the articles, was applied the evaluation protocol created by Amatuzzi and for the determination of the level of evidence was used the classification proposed by the Evidence-Based Medicine Center of Oxford and adapted by the journal Acta Ortopedica Brasileira. For the bibliometric analysis a four-year citation window of the articles indexed in the Scopus database was considered and as a classification of the journals we used Qualis for the years 2010 to 2012. We analyzed both the total number of articles and the mean number of citations in the mentioned citation window, according to the following variables: level of evidence and Qualis stratum. Results: researchers usually publish in co-authorship, and there is a clear preference for Therapeutic Studies, being a large part of the publications in level IV of evidence, prioritizing national journals classified in the Qualis B3 stratum. Despite the low frequency of publications of level I evidence, its average citation proved to be significant. Similarly, level I Diagnostic and Anatomical Studies, for the most part, were also published in lower Qualis stratum, however, they received more citations. On the methodological quality of the published articles, the Therapeutic Studies demonstrated a greater amount of "YES" responses in the evaluation protocol used, however, they were published in journals with lower Qualis stratum (B4). Regarding the relation between the impact of the articles with the levels of evidence and levels of the journals, it was found that the studies classified level I of evidence are the most cited, and the studies on anatomy, of basic sciences, stand out in the averages of citations. It is also realized that the average citation has most strong relation with the Qualis stratum of that with the levels of evidence. Conclusions and final considerations: the researchers of the postgraduate in Orthopedics and Traumatology must emphasize the practice of Evidence-Based Medicine and insert it in the process of scientific communication, seeking enhancement of their research, and thereby raising their level of evidence, thus improving their performance in the exercise of evaluation undertaken by CAPES. The professional relationship of the librarian in health science and researchers should be narrowed, establishing a joint effort in the pursuit of the quality of publications in Orthopedics and Traumatology.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.