• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2018.tde-11092018-164717
Documento
Autor
Nome completo
Edson Pereira da Costa Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Borges, Cristian da Silva (Presidente)
Goldberg, Sonia Salzstein
Guimaraes Junior, Pedro Maciel
Rosa, Carlos Adriano Jeronimo de
Silva, Mateus Araújo
Título em português
A figura humana no cinema: matéria, desejo e comunidade
Palavras-chave em português
cinema contemporâneo
comunidade
desejo
Figura humana
matéria
Resumo em português
O corpo no cinema está associado a uma ausência. A imagem apresenta um ser humano filmado em outro espaço, outro tempo. O contraste evidente é com o teatro, a dança e a performance, artes nas quais o espectador geralmente está diante de um corpo físico. Surge, então, um questionamento: seria possível, e em que termos, falar de uma materialidade da figura humana cinematográfica? A tese esboça uma resposta ao investigar os modos de presença do corpo, com ênfase em sua forma plástica, seu desejo e sua dimensão coletiva. O debate tem como eixo filmes de Philippe Grandrieux, Tsai Ming-liang, João Pedro Rodrigues, Claire Denis e Pedro Costa. A obra destes realizadores é discutida em cotejo com um heterogêneo repertório iconográfico, sobretudo fílmico e pictórico. A hipótese defendida é a de que a gênese, o significado e a pregnância da figura humana são dependentes de um tipo de circularidade manifesta na imagem cinematográfica, seja por sua natureza plástica, seja pela rede de interação entre corpos, seres inanimados e espaços.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
community
contemporary cinema
desire
Human figure
matter
Resumo em inglês
The body in cinema refers to an absence. The image presents a human being filmed in another time, another place. The difference is remarkable in the face of theater, dance and performance, arts in which the spectator is usually in the presence of a physical body. The question that arises is: how it would be possible to speak of a materiality of the cinematographic human figure? In order to answer this question, the thesis investigates modes of body's presence, highlighting its plastic shape, desires and collective dimension. The debate is made from films of Philippe Grandrieux, Tsai Ming-liang, João Pedro Rodrigues, Claire Denis and Pedro Costa. The work of these directors is discussed in comparison with an iconographic repertory, especially film and pictorial. The hypothesis defended is that the genesis, meaning and impregnation of the human figure are dependent on a kind of circularity manifest in the cinematographic image by the plasticity or by the interaction between bodies, inanimate beings and spaces.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.