• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2017.tde-20022017-143733
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Poma Valadão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Rosenthal, Dália (Presidente)
Pallamin, Vera Maria
Rizzi, Maria Christina de Souza Lima
Título em português
Educação Estética e Design: paixões articuladas sob uma perspectiva das relações
Palavras-chave em português
Bruno Latour
Design
Educação Estética
Emancipação
Jacques Rancière
Resumo em português
Este trabalho surge da inquietação frente aos diálogos entre educação estética e design, observados por anos em experiências profissionais dentro de educativos de museus e centros culturais da cidade de São Paulo. Decorrente da vontade de analisar mais detidamente estes diálogos, a finalidade deste trabalho é de estuda-los por meio de uma análise histórica do design, com a qual o caso do educativo do sistema britânico de ensino, South Kensington, guarda importantes interlocuções, mesmo que em chave crítica de análise. A partir desta crítica, ampliam-se os estudos em direção à filosofia, permitindo a investigação destes diálogos sob a lente do conceito de "emancipação", de Jacques Rancière e, simultaneamente, sob as perspectivas teóricas de Bruno Latour, especificamente aquelas voltadas ao design. É do reexame da ideia de design e de educação estética que esta pesquisa parte para uma reflexão sobre como o modus operandi do primeiro, articulador por essência, impulsiona o segundo no sentido de possibilitar regimes emancipatórios, a partir da ideia de estética enquanto configuração de paisagens sensíveis de determinados sujeitos. Tendo em vista essa atualização das duas disciplinas, este trabalho pretende analisar a potência de trabalha-los sob uma perspectiva transdisciplinar, segundo a hipótese de que, para permitir a emancipação, faz-se necessário considerar tanto regimes constituídos por ímpetos de elaboração quanto os constituídos por paixões e afetos.
Título em inglês
Aesthetic Education and Design: Passions articulated from one perspective of relation
Palavras-chave em inglês
Aesthetic Education
Bruno Latour
Design
Emancipation
Jacques Rancière
Resumo em inglês
This work arose from the restlessness felt when facing the dialogues between aesthetic education and design, observed for years in professional experiences within museums and cultural centers educational programs in São Paulo. From the will to analyze more closely these dialogues derived the purpose of this work, to study them through a historical analysis of design, in which the case of the British educational system, South Kensington, holds important connections, even in a critical way. From this point, the studies extend toward philosophy, allowing us to investigate these dialogues under Jacques Rancière's concept of "emancipation" and, simultaneously, under Bruno Latour's theoretical perspectives, specifically those focused on design. It is from the reexamination of the ideas of design and aesthetic education that this research proposes a reflection about how design's modus operandi, an articulator by essence, boosts the aesthetic education in order to incorporate emancipatory schemes based on the definition of aesthetics as the sensitive landscape of certain individuals. Considering this update of both disciplines, this work aims to analyze the power of approaching them from a transdisciplinary perspective, according to the hypothesis that, to allow emancipation, it is necessary to consider both schemes, those consisting of the impetus of elaboration as those consisting of passions and affections.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.