• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2012.tde-03032015-124408
Documento
Autor
Nome completo
Fabíola de Almeida Salles Mariano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Giannotti, Marco Garaude (Presidente)
Monteiro, Katia Canton
Tavares, Ana Maria da Silva Araujo
Título em português
Corpo cor: entre o visual e o tátil
Palavras-chave em português
artes performativas
cor
percepção
processo
Resumo em português
A presente dissertação trata de três ciclos de trabalhos poéticos realizados entre 2009-2012 (vermelho, verde e cinza-cor-de-pele). A vivência do corpo com a cor nos três ciclos fez emergir, a partir de tonalidades e de balizas estipuladas a priori, processos de sensibilização do corpo no cotidiano, que foram entendidos em si como poética, bem como geraram desdobramentos: pinturas, objetos, ações... Nos ciclos, importaram as transformações que aconteceram no corpo, nas obras e num certo entre. Onde o dentro e o fora se encontram? O que separa um corpo do outro? No embate direto com a matéria, com o pigmento, a percepção tátil-visual foi ativada e, neste texto, entendida como chave conceitual para uma abordagem do corpo do artista nas artes visuais. Tal estudo deu-se principalmente a partir da Fenomenologia da Percepção de Maurice Merleau-Ponty, da Doutrina das Cores de Joahnn Wolfgang Goethe, do infra-mince descoberto por Marcel Duchamp e do Corpo do Artesão descrito por Pamela H. Smith. Além do estudo teórico, foram analisadas obras e manifestações culturais como auxílio reflexivo para toda a pesquisa: a pintura corporal do rito de passagem dos meninos da nação Kadiwéu, as Antropometrias da Fase Azul de Yves Klein e a performance e instalação Roda dos Prazeres de Lygia Pape. Ainda, fazem parte desta dissertação duas entrevistas com artistas que têm a cor e a atitude corporal diante do fazer artístico como foco de seus trabalhos.
Título em inglês
Body Color: between the visual and the tactile
Palavras-chave em inglês
color
perception
performance art
process
Resumo em inglês
This essay analyzes three cycles of poetic works made between 2009-2012 (red, green and skin-gray color). The interaction of color and body in the three cycles emerged from hues and goals stipulated a priori, affecting the behavior of the body, what was perceived as poetry, in that they stimulated paintings, actions, objects... The main focuses of attention in each cycle were the transformations that took place in the body, in the pieces and somewhere inbetween. Where the inside and the outside toutch each other? What separates one body from the other? In direct confrontation with materials, with pigments, the visual-tactile perception was activated and, in this text, understood as a conceptual key of the artist's body in the visual-art's field. The conceptual approach was mainly driven by the Phenomenology of Perception by Maurice Merleau-Ponty, the Theo-ry of Colors by Joahnn Wolfgang Goethe, the infra-mince discovered by Marcel Duchamp and the Body of the Artisan described by Pamela H. Smith. Besides the theoretical study, were analyzed some works and cultural manifestations: body painting of the rite of passage for boys in the nation Kadiwéu, the Antropometries of the Blue Períod by Yves Klein and the performance and installation Roda dos Prazeres of Lygia Pape. Still part of this dissertation, two interviews with artists that have the color and human attitude as artistic focus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.